Para ser um profissional de TI, é necessário saber programar?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Eis uma pergunta bastante comum, principalmente para estudantes de Sistemas de Informação.

Todos nós sabemos que a arte de programar não é um tarefa tão fácil de executar, requer habilidades que demandam muito estudo e dedicação. Há quem se apaixone por esta atividade e há quem não consegue de maneira nenhuma se adequar.

Mas, afinal, como um estudante de SI (ou cursos correlatos), sou obrigado a saber programar?

Níveis de Conhecimento

Primeiramente vamos separar o conhecimento em programação em três níveis:

Nível básico: se baseia em conhecimentos mínimos de lógica de programação, sintaxe, operadores lógicos e aritméticos, além de saber manipular todos os tipos de dados. O programador será capaz de criar pequenos sistemas, mas ainda com várias dificuldades estruturais que ele só saberá quando se tornar intermediário ou avançado.

Nível Intermediário: podemos dizer que um programador deste nível deve ter alguns conhecimentos mais aprofundados, tais como lógica de programação orientada a objetos, operadores binários, conexão com banco de dados, manipulação de vetores, matrizes, etc.

Nível Avançado: como um sênior da área, este profissional terá conhecimento bastante aprofundado na linguagem de atuação, características próprias de tecnologia, além de dominar metodologias de desenvolvimento.

Ao que interessa…

O nível básico pode se dizer sim que é obrigatório, pois é a melhor maneira de conhecer as propriedades da informática e ter noções de lógica (que é muito importante em nossa profissão), além de ser necessário para conseguir realizar os trabalhos e provas da faculdade.

O saber programar ou não nos níveis intermediário e avançado dependerá muito de qual caminho você quer seguir na área de Tecnologia de Informação, já que esta área nos possibilita um leque enorme de opções. Se você deseja ser um programador, obviamente que não terá escapatória, porém, temos algumas profissões que não dependem totalmente deste conhecimento. Abaixo listarei algumas e suas necessidades de conhecimento.

Analista de Suporte: este profissional será responsável por manter toda estrutura física de computadores, redes e sistemas operacionais dentro de uma TI. Podemos dizer que seu conhecimento não dependerá de programação, visto que suas atividades se basearão em tecnologias voltadas a hardware.

Analista de Sistemas: seu conhecimento sobre programação deverá estar em um nível intermediário. Este profissional tem como responsabilidade analisar, projetar, documentar e até muitas vezes programar e testar sistemas de informação. Diferente do programador, esta profissão está mais voltada para conhecimentos de negócios do que para conhecimentos técnicos. Este profissional deve ter a habilidade de identificar problemas e apontar soluções sobre processos específicos ou uma organização como um todo.

Administrador de Banco de Dados: é o profissional responsável por gerenciar, instalar, configurar, atualizar e monitorar um banco de dados ou sistemas de bancos de dados. Seu conhecimento sobre programação está em nível básico, porém, sobre sintaxe e estrutura SQL (ou outra linguagem de BD) deve estar em um nível avançado.

Para concluir, a programação é a maneira mais fácil de um estudante de SI entrar no mercado de trabalho. A procura por estes profissionais está cada vez maior, mas, se você não se encaixa nisto, não se preocupe, há muito mercado para você também.

O importante é saber escolher bem qual rumo seguir, não só pelo salário, mas pelo que gosta de fazer e o que faz de melhor.

Compartilhe conosco a carreira que decidiu seguir e se a mesma lhe exigiu conhecimentos em programação. Deixe seu comentário!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

30 Comentários

Sérgio
1

Muito boa sua análise, Genizis. Mas no que diz respeito a gestão de TI (ou governança de TI)? Estou fazendo esse curso e confesso que não me adaptei a disciplina de algorítimos e espero que não necessite utilizá-lo com muita frequência, apesar de não ter me saído muito mal. Você acha que devo prosseguir no curso ou pensar melhor antes?

Rafael Ferreira
2

Genizis, parabéns gostei da sua postagem pois me identifico no caso de não programar.
Também aproveitando para responder para o Sérgio; A disciplina de algorítimos parece ser complicada mais no final tudo se resume apenas em lógica, tanto um programador como um analista de sistemas, analista de infraestrutura e redes ou seja, qualquer cargo relacionado ao T.I é necessário que se tenha uma lógica razoavelmente excelente pois tudo envolve a lógica, claro que existem muitos casos bizarros no decorrer do tempo que desafiam a lógica, porém matematicamente falando tudo ocorre para a lógica do algoritmo. No caso dos programadores esse requisito tem que ser bom para ter um código bem elaborado. E no caso da gestão e governança é importante saber também para ser aplicada nos procedimentos e nos planejamentos.
Um abraço a todos!

Fabiano Alves
3

Isso mesmo, entrei pra área de TI pela infra, por curiosidade e autodidatismo vou estudar um pouco de programação…mas falta profissional em todo o universo de TI. To adorando a infra e aprendendo muito de Redes.

Guilherme
4

Olá Genizis, muito bom artigo.
Mas acredito que você tenha deixado algumas profissões passar desapercebidas.
Algumas delas:
– Gerente de TI (acredito que seria o melhor ponto contra aprender programação, apesar de ser interessante que se tenha conhecimento intermediário)
– Analista de Redes
– “Front Ender”
– Webdesigner
etc.

Ao Sérgio, eu digo que persista no curso, pois o seu conhecimento em Algoritmos é auxiliar, no sentido de compreender a dificuldade de se programar uma funcionalidade ou algo do tipo, então acredito que você não codificará muito.

Heráclito Neto
5

Muito bom o texto. Sou estudante de sistemas de informação -UFPB e pretendo seguir uma área mais voltada aos negócios, claro que para chegar lá a programação é a porta de entrada. Programação no nível básico creio que seja obrigação de qualquer profissional em nossa área(minha opinião).

[]s

Rafael
6

É só se formar em Ciencia Ciência da Computação …. Eu Trabalho com Analista de TI … Tenho todos esses requisitos ai, e nem preciso programar, mas é lógico que quando as coisas apertam, é hora de colocar em pratica todo conhecimento, necessário (Redes, Programar, problemas em hardware… ) Mas é assim mesmo, depende muito de onde você vai trabalhar.

Douglas
7

Muito bom post Genizis!

Porém, na minha opinião, poderia ser ampliado um pouco as informações de carreiras a seguir. Para que não aconteça a dúvida do nosso colega Sérgio. (Mesmo você tendo deixado claro que seria listado algumas necessidades).

Na minha visão, por exemplo, um analista de negócio, não precisa ter conhecimentos em programação, ele necessita ter o máximo de conhecimento voltado ao negócio.

Outro exemplo, é o curso em que o colega está fazendo, Gestão de TI, não vejo a necessidade de ter a expertise em programação.

Acredito que essa maneira em que você coloca, vem muito ao encontro das metodologias ágeis, por exemplo o Scrum, que preferencialmente, toda equipe seja multifuncional.

Abraços.

MARCOS
8

Muito se discute sobre programação, mas a grande verdade é que não precisa mais de programadores nas empresas. Hoje em dia tudo é comprado e já vem pronto, as grandes empresas não querem que desenvolva nada, apenas aprenda a usar as ferramentas que ela compra(SAP ou protheus) apenas coloquei essas duas empresas porque elas detem juntas quase que 70% do mercado. Se quer ganhar aprenda a programar em cima dessas duas plataformas, caso contrario esqueça.

Fernando
9

Colocando mais uma profissão, sou analista de segurança em TI, e só uso conhecimentos básicos de programação, muito raramente aliás.

Marcos, não posso concordar contigo, a empresa que trabalho, por exemplo, possui mais de 400 programadores só para desenvolver e dar manutenção aos sistemas internos. Muitas empresas tem sistemas específicos que só desenvolvendo internamente mesmo!

Leon Altarrugio
10

Ia escrever um longo texto caracterizando este artigo falho, porém resolvi não perder muito do meu tempo e vou resumir.

1º – Este artigo não consegue descrever o que é programador (de verdade) apenas o que um programador medíocre deve saber pra se sentir menos medíocre em uma entrevista de emprego, basicamente este artigo leva as pessoas que procuram conhecimento a usar a wikipédia como fonte base de aprendizado.

2º – Caracteriza mal os pontos de conhecimeto em “programação”, deixando totalmente de lado muitos aspectos que influênciam em saber ou não programar (IA, conhecimento em algorítmos, lógica matemática e etc…).

3º- “Seu conhecimento sobre programação está em nível básico, porém, sobre sintaxe e estrutura SQL (ou outra linguagem de BD) deve estar em um nível avançado.”
Falhou miserávelmente ao discorrer sobre um DBA, este é o erro de muitos, achar que um bom DBA conhece só sobre SQL, é bem ao contrário, o cara deve saber dominar muito de áreas como conhecimento em estruturas de armazenamento, algoritmos de armazenamento, algebra relacional, otimização de algorítmos entre outras áreas.

4º –
“Para concluir, a programação é a maneira mais fácil de um estudante de SI entrar no mercado de trabalho. A procura por estes profissionais está cada vez maior, mas, se você não se encaixa nisto, não se preocupe, há muito mercado para você também.

Isso resume a alta rotatividade no mercado de TI, a formação de profissionais medíocres com o pensamento minimalista sobre o que se deve adiquirir ou não conhecimento, aquela velha pergunta de alunos do ensino fundamental “porque to aprendendo isso se não vou usar?”. Um retrato da realidade deste mercado chamado TI, o brasil forma profissionais de TI com o pensamento “preciso saber o mínimo pra mostrar serviço e continuar um almeidinha, vamos lá.”

5º – “O importante é saber escolher bem qual rumo seguir, não só pelo salário, mas pelo que gosta de fazer e o que faz de melhor.”

O importante é saber como fazer melhor, aprender como fazer melhor e ultrapassar seus limites e dificuldades, e mais, não achar que você domina sobre um assunto apenas por ter um cargo X em uma empresa Y.

Joel Queiroz
11

As atividades descritas em “Analista de Sistemas”, por vezes são citadas em anúncios de vagas para o cargo de Analista de Negócios.

Genizis Vinicius Gonçalves Autor do Post
12

Olá colegas,

Realmente, apesar de focar nas áreas tradicionais, cabia ao post mais profissões e a necessidade de conhecimento sobre programação.

Sergio, dificilmente você irá utilizar algo relacionado a algoritmo trabalhando como um Gestor de TI, entretanto, ter uma boa visão lógica é essencial. Não precisa se dedicar a esta disciplina, apenas aprenda os conceitos e claro, seja aprovado. rs

Marcos, muito interessante sua análise, encontramos no mercado poucos profissionais com conhecimento em ABAP, ADVPL ou até mesmo em Progress, e muitas empresas utilizam essas tecnologias em seus ERPs. Trata-se da lei da oferta e da demanda e quanto menos profissionais qualificados maior o custo para mantê-los.

Abraços.

Fábio Holliday
13

Marcos, lêdo engano, sou administrador de redes com forte atuação no mundo opensource, e programamo em nível básico em C, java, e nível avançado em shell script. Já trabalhei em diversas aqui no maranhão a masi recente agora, umas da maiores empresas de alimentos do nordeste, ela desenvolve todo o seu sistema em c++, e muitas outras que conheço, e lá falta programamores tanto é que contratam com bons salários alunos de faculdade ainda na metade do curso. Mas concordo com o post que pelo menos é obrigação de qualquer profissional de Ti, saber o básico da programação.

Sérgio
14

Agradeço muito às pessoas que sanaram minhas dúvidas e isso me deu até uma certa empolgação a continuar no meu curso. Na verdade programar não é mesmo o que eu quero e sim gerir uma estrutura de TI. Mas também estou ciente que é preciso ter um conhecimento básico para essa área. Abraços à todos!!!

Thiago
15

Na verdade, não sei se posso ser considerado um programador de nível básico ou intermediário, já que eu tomei gosto por programação; já vi diversas linguagens, estudei por mim mesmo durante um bom tempo, mas como iniciei o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, tive que começar de baixo, com Pascal e vendo Algoritmos. Fui muito bem, mas ainda tenho uma certa dificuldade com vetores e matrizes, portanto, será que eu tenho mesmo futuro? Eu também tenho um grande interesse na parte de redes e segurança, claro, sem contar que o espírito de gestão e empreendedorismo deve estar no sangue.

Milton
16

Sou Administrador de Banco de Dados e SEMPRE aconselho aos interessados em entrar nessa área que aprendam SIM a programar antes de partir pra Banco de Dados (no meu caso, especificamente Oracle). É essencial trabalhar como programador antes de resolver se aventurar com banco de dados, por diversos motivos.

Eu diria que é necessário sim ter pelo menos o nível intermediário.

Jefferson Areias
18

Opa Genizis, td bem?
Cara, seu artigo falando sobre programação é muito bom, eu estou querendo aprender algumas coisinhas de programação, mas como tem de começar pela Lógica de programação, aonde vc me indicar achar um documento abordando sobre isso!?

Abração amigo.

Marco
19

Pelo que tenho visto na área de TI, acho que o nível intermediário deveria ser OBRIGATÓRIO para TODOS os cargos. O que vejo é que a área de programação é totalmente ignorada em diversos cargos, o que faz com que tenhamos “profissionais” ignorantes neste assunto. A programação é a base de TODAS as áreas de TI

Mayquel
20

Sou estudante de Sistemas de Informação, pela Universidade do Estado de Goiás, tenho paixão por programação, principalmente programação Web, mas temo não conseguir entrar no mercado de trabalho, devido a falta de experiencia. Moro em uma cidade pequena que não me permite vislumbrar grandes coisas na área.

Leandro Pereira
21

Não minha opinião, um profissional de TI que ter um mínimo coerente de domínio de estruturas de de fluxo e controle presentes nas mais diversas linguagens. Interpretadas ou compiladas. Isso independe da área.

Bitetti
22

Boa sua análise. Costumo dizer que saber programar não é realmente obrigatório, principalmente pq conheço bons técnicos em manutenção que tem horror a código da mesma forma q eu tenho ódio de mexer no hardware. E há bons designers de interface que se preocupam com a interação homem-máquina-ferramenta muito bem.
De todas as diferentes áreas só posso destacar q é imprescindívelque que uma sub-área respeite a outra de forma q todas atinjam um objetivo em comum.

frank aguilieri
23

Muito bom esse texto.
Estou concluindo minha formação em SI, porém nao seguirem na área de desenvolvimento, por questão de gosto.
Trabalho na área de infra e bancos de dados há alguns anos, mas o conhecimento em lógica e programação frequentemente vem a calhar. Seja por um script que eu precise fazer, corrigir ou alterar algum programa que precisei pegar na NET ou resolver algum conflito com algum setor de desenvolvimento (que é frequente).
Então este conhecimento é sempre útil mesmo que não siga na área e também todo conhecimento agregado nunca é perdido!
Abraços galera!

Nigum
24

Olá Pessoal, gostaria da opinião de vocês.

Faço sistemas de informação, estou na sexta-fase, nunca reprovei em nenhuma fase, termino meu curso no final do ano que vem. Porém tenho alguns problemas acadêmicos, minha universidade é muito fraca no ensino da programação, já tive programação orientada 1 e 2, web, mobile e agora estou tendo integração de sistemas, porém em todas essas fases, eu e meus colegas fomos sucateados no quesito professor, nossos professores sairam, foram sendo trocados, enfim, ficou uma zoeira gigante e ninguém conseguiu aprender nada de programação.

Pois bem, sei que programar é importantíssimo para um profissional de TI, sei que os melhores salários da area, estão junto com os programadores, analistas, dbas, etc. Tudo envolve alguma linguagem de programação propriamente dita.

Minha dúvida é a seguinte, o que vocês fariam no meu lugar? Estão quase acabando o curso e não sabem nada de programação?

Nota: Já estagiei em vários lugares, mas nunca como programador, somente como suporte, tester ou assistente de projetos/documentação.

O que vocês sugerem?

Obrigado!!

aparecido
25

Ola boa tarde! Olha tenho muito interesse em cursar SQL mas o que é preciso para iniciar este curso!! E qual o grau de conhecimento básico para ingressar neste curso!?

Fabio Aragão
26

Cara, sempre vai ter alguém de mimimi quando outro se propõe a escrever um artigo ??

O artigo ficou bacana sim, falta informação sim, mas o cara se propôs a fazer.. e não fez de maneira incorreta falando abobrinhas…. foi sucinto e falou o que devia.
Não vejo ninguém postar que na MAIORIA das faculdades não é ensinado como deveria, que os professores só colocam o básico e você tem que se virar para aprender.. ninguém posta sobre isso……….. quero ver um mimizeiro desse colocar isso em um post….
Genizis fez um post super bacana, que dá uma noção legal para quem quer começar… continue assim mano, e um dia que você quiser escrever um post ALTAMENTE TÉCNICO A NIVEL DO MIT OU HAVARD faça, voce tem condições a gabarito pra isso… não é porque voce não estudou no MIT que você não pode escrever algo do nivel…

Leon, quero ver um post seu dentro de um site conceituado como este.. se tiver e for bom vou ser um dos que vou elogiar da mesma maneira que estou elogiando o Genizis, o que precisamos é de incentivo, de criticas já bastam os invejosos e hipócritas que acham que sabem demais….

Abraços

Lucas Barbosa
27

Sem desculpas, aprenda a programar, um dia você vai precisar, mesmo que não seja no dia a dia, nem de desculpas seja um profissional completo!

Lorrayne
28

Oi bom diaa, eu estou procurando maiores informações sobre o curso de sistemas gerencias, li em alguns lugares q seria necessário saber informática é curso de inglês básico. Alguém poderia me dar mais informações ? Gosto de informática mais não sei muita coisa sobre, mais sou bastante curiosa.. Desde já agradeço

bruno fernandes
29

já fiz de tudo um pouco, mas me senti realmente trabalhando com TI quando passei a trabalhar com desenvolvimento,gostei muito dessa época
Hoje em dia sou funcionário publico, voltei a trabalhar com redes,mas fica uma sensação que mexo com um suporte apenas mais bem remunerado.

Fernando Palhares
30

Parabéns pelo texto. Apesar de algumas críticas insistirem nos pontos de amplitude do artigo, os “gedies” críticos poderiam focar mais no contexto da idéia do autor. Saber programar é importante em TI sim, mas vc pode direcionar seu potencial para diversas áreas do guarda chuva TI. Precisamos incentivar mais os estudantes de TI para ampliarem seus conhecimentos, sejam programadores, analistas, gestores ou CIO, mas seja o melhor sempre. Faça o melhor sempre e estude sempre, não sabemos tudo e nunca saberemos….

O raciocínio lógico que utilizamos para programar pode ajudar em escrever mais e melhor e acredito que isso é o que falta em nossa área, compartilhar mais e colaborar mais. Sucesso a todos!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">