10 Mandamentos da Gestão de Pessoas

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Todos os gestores (independente da área ou empresa) buscam funcionários com extrema qualidade e ótimo desempenho. Porém, nem sempre isso é possível, e as principais razões geralmente caem sobre os próprios gestores. Citarei 10 “mandamentos” em que acredito que fazem a diferença na gestão de pessoas.

1. Você deve garantir que sua empresa tenha um foco claro e uma meta específica. Em todos os negócios bem sucedidos, foco e meta frequentemente são discutidas e deixadas bem claro para os empregados. Se você não tem certeza sobre essas questões, o desempenho pessoal de cada um será impactado sem dúvidas. Como diz um velho amigo: “Marketing não é tudo, mas tudo é marketing”. Planeje todos os seus objetivos. Elabore um plano de ação para atingir o resultado esperado para a missão. Tenha estratégias e táticas.

2. Escolha sua equipe com muito cuidado. O desempenho da sua equipe começa com a escolha de pessoas que vão lhe dar os resultados que você espera. A entrevista de seleção não irá mostrar isso. Você não pode dizer o que as pessoas podem ou não fazer, apenas por falar com eles. Garanta que os candidatos demonstrem que eles podem fazer o que você deseja, de forma eficaz antes de contratá-los. Utilize sempre um período de “estágio” antes de confirmar uma contratação.

3. Saiba exatamente o desempenho que você espera da sua equipe. Se você não sabe exatamente o que quer, os funcionários não irão saber. É simples assim. Naturalmente, você deve se reunir individualmente ou coletivamente e informar claramente o que você espera de cada um deles. Explique claramente qual é o trabalho e deixe que as pessoas decidam se querem participar dele ou não.

4. Medição de desempenho. Sempre realize periodicamente a medição de seus funcionários, utilizando sistemas de desempenho totalmente claras. Também crie padrões de bonificações ou promoções, isso mantem o funcionário motivado e sempre desafiado a melhorar. Seus padrões precisam ser claros para que a equipe possa medir o próprio desempenho e saiba exatamente o que precisa para alcançar os objetivos.

5. O desempenho da equipe sempre é mais importante que o desempenho individual. Você contrata pessoas, que formam equipe. Portanto, procure por funcionários que trabalham bem em equipe e que estão satisfeitos por fazer parte de uma equipe eficaz e bem sucedida. Defina o papel e a importância de cada um, exaltando o time. Se tiver alguém desmotivado, ele puxa os outros para baixo. Da mesma forma, se tiver alguém interessado apenas em fazer sua parte, ele pode passar por cima de outros para isso, desestabilizando a equipe.

6. A cultura da empresa deve sempre ser bem definida. Os funcionários que apresentam melhor desempenho são sempre aqueles que se “adaptam à cultura da empresa”. Essas são as pessoas que gostam do que você faz e da maneira que você faz. Isso faz com que seus funcionários trabalhem POR você e não PRA você. Cada empresa e gestão tem uma cultura e é sua obrigação desenvolver as pessoas para se adaptarem a ela. Mostre o valor do trabalho, pois apenas enxergando o valor daquela tarefa é que as pessoas vão se dedicar o suficiente para alcançar os resultados desejados.

7. Forme um profissional. Realize treinamentos e faça reuniões com a equipe transferindo conhecimentos e auxilie-os nas dificuldades. Com isso seus funcionários sempre farão algo melhor e a mais para a empresa. Porém, antes do início de cada treinamento, deixe bem claro o que você espera deles após o término do mesmo.

8. Para todas as atividades vitais da sua empresa, sempre tenha um plano B. As vezes o principal plano ou atividade pode falhar ou não ser executado, geralmente por limitações de tempo e financeiras. Por isso, tenha caminhos alternativos que levem ao objetivo.

9. Tenha um padrão de qualidade na sua equipe, esse padrão de qualidade não deve ser baseado no melhor integrante da equipe e, sim, no pior. Afinal, se ele faz parte da equipe, deve ser considerado. Portanto, sempre trabalhe nos funcionários com maiores dificuldades ou menores rendimentos, tente entender as dificuldades e sempre arrume tempo para ajudá-lo.

10. Recompense bons desempenhos com boas recompensas. Realize boas recompensas para objetivos alcançados, sejam eles individuais ou coletivos. Esteja preparado para mostrar que o alto desempenho colhe altas recompensas. Já ouvi falar de empresas que bonificam seus funcionários dando “recompensas” como sabonetes, tapoeres, enfim, brindes. Isso ao invés de motivar, desmotiva o funcionário, portanto, quanto maior a recompensa recebida, maior será o empenho e dedicação do seu colaborador

Fonte: Site Lucas Brino Gentile Freitas

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Lucas Brino Gentile Freitas

Mais artigos deste autor »

Profissional na área de TI a mais de 08 anos com grande conhecimento e habilidade na área de projetos. Com cinco anos dedicados ao gerenciamento de projetos, riscos e portfólios. Já realizou trabalhos voluntários, palestras, trabalhos acadêmicos, treinamentos e cursos práticos relacionados a área de projetos e gestão de pessoas.


2 Comentários

Daniel Valle
2

Muito bom mesmo Lucas, parabéns por compartilhar conhecimento e informação. Lendo seu artigo consegui compreender melhor o dia-a-dia de uma rotina de trabalho desgovernada e assim buscar resultados mais eficazes.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">