Certificação CAPM: Seu Ingresso para o Mercado de Gerenciamento de Projetos

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Olá pessoal, tudo bem?

Desde que lancei o curso gratuito preparatório para a certificação CAPM, tenho recebido muitos e-mails de jovens que desejam entrar na área de gerenciamento de projetos de TI. A principal “reclamação” dos estudantes é que não há estágios na área. Será que isso é verdade? Com certeza. Não preciso nem abrir o site do CIEE para validar a hipótese porque sei que este é um fato. Cargos de gestão são limitados por natureza: na Stefanini, onde trabalhei como Gerente de Projetos, eu era o único Gerente de Projetos em uma operação com mais de 200 colaboradores.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Se os cargos de gestão são limitados, de onde vem esses profissionais? Em geral, o Gerente/Gestor de Projetos ou de Serviços é aquele profissional que foi evoluindo, dependendo da organização, a partir das áreas técnicas. Ele começou suportando as tarefas e atividades de algum gerente de operações ou de projetos e assim foi se qualificando para a vaga. Não existem tantas empresas no país com cultura de gestão de projetos, por isso as vagas para assistente de projetos – pelo menos a partir das minhas pesquisas – tendem a ser menores do que as vagas para gerente de projetos em si.

O segredo é abrir os olhos e se preparar para a oportunidade de trabalhar ou como assistente de projetos em uma empresa que já tenha esta cultura gerencial ou, então, tentar ascender a esta posição a partir de uma área técnica “se colando” nos gerentes e declarando sua intenção de entrar para o time de gestores. A especialização na área também é fundamental. Existem diversos “pós” e “MBAs” sobre o assunto.

A boa notícia é que o mercado de gerenciamento de projetos está aquecido e existem vagas para assistentes de projetos abrindo de forma sistemática. Aqui na Softplan, onde atualmente trabalho como GP, acabamos de contratar 3 assistentes de gerenciamento de projetos. Minha unidade conta com 14 gestores de projetos e 5 assistentes – em uma operação de 600 colaboradores. Nossa cultura em gerenciamento de projetos é forte, por isso contratamos mais gerentes do que a média geral por colaborador (que eu percebi) no mercado e, respectivamente, mais assistentes de gerenciamento de projetos.

Minha dica para você que quer entrar neste mercado é a seguinte: prepare-se. Nossos assistentes de gerenciamento de projetos são, em geral, pós-graduados em gerenciamento de projetos e se prepararam para a posição e para esta carreira. Não adianta se formar em administração de empresas (tampouco em gestão de TI ou ciências da computação) e achar que você está pronto. Gerenciamento de projetos é uma ciência oriunda da administração de empresas com inputs fortes da engenharia. A especialização na área já é uma condição sine qua non para o profissional – tanto o Gerente de Projetos como o Assistente.

Caso você ainda esteja estudando e deseja se diferenciar, cobrir este gap entre sua experiência, sua formação e seu desejo de entrar neste mercado, certifique-se. A certificação CAPM é sua porta de entrada para o mercado de gerenciamento de projetos. Na última seleção que participei para Assistente, nenhum candidato tinha a certificação. Caso tivesse, com certeza teria um ingresso garantido para nossa seleção. A certificação vai te abrir portas, você vai ter mais “entrada” nas empresas. Sem experiência na área, você precisa de um “voucher”, uma bandeirinha que mostre para o seu possível contratante que você entende o vocabulário.

Oferecemos um curso preparatório para as certificações PMP e CAPM no Site Campus. Abaixo, listarei alguns pontos importantes a respeito da certificação CAPM – ou Certified Associate in Project Management – ou, em uma tradução oficial do PMI, “Técnico Certificado em Gerenciamento de Projetos”:

  • É uma prova que fala sobre o PMBoK e sobre o que está no livro, não sobre práticas e comportamentos de forma geral ou ainda sobre outros livros e materiais de referência, como na certificação PMP;
  • As perguntas não são situacionais, são objetivas e mais “simples”, pois exigem que você conheça o livro. Não é uma prova com viés prático e sim teórico;
  • Para ser CAPM você precisa ter o ensino médio concluído e um curso de formação profissional em gestão de projetos com um mínimo de 23 horas;
  • Caso você tenha 1.500 horas de experiência em gerenciamento de projetos, pode utilizar esta experiência comprovada ao invés de fazer o curso de formação;
  • A prova custa U$ 300 para não-membros do PMI e caso você não seja aprovado na primeira tentativa, paga U$ 200 na nova tentativa;
  • Pode tentar mais de uma vez a prova de certificação CAPM;
  • A prova conta com 150 perguntas e a média de aprovação, estimada, é de 65% de acertos;
  • O PMI não divulga a média necessária para a aprovação pois ela flutua de acordo com as médias de todos os alunos e ainda outros parâmetros;
  • A certificação tem validade de 5 anos;
  • Caso você queira utilizar sua experiência em gerenciamento de projetos, pode acabar caindo na auditoria e precisará enviar seus documentos para o PMI validar;
  • Você pode fazer a prova em um centro de certificação em diversas cidades do país pelo computador, como outros exames normais. Não precisa ir em centros específicos monitorados por câmeras como no caso da prova PMP; e
  • Está curioso? Visite o curso que oferecemos sobre a certificação e descubra muito mais!

Um grande abraço e nos vemos na sala de aula!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

16 Comentários

Stephan Nascimento
1

Frederico, show de bola seu artigo. Sou fã de GP, porém iniciante na área. Me tira uma duvida: Esse curso de de no minimo 23 horas em gestão pode ser qualquer curso voltado para gestão de TI ou é algum curso especifico?? Se você puder orientar qual curso é esse serei grato.

Att.

Frederico Aranha
2

Oi Stephan,

Legal sua pergunta. Talvez eu não tenha deixado claro no texto, vou revisar ele. O curso PRECISA ser de gerenciamento de projetos e cumprir alguns requisitos, como oferecer todo o conteúdo cobrado na prova, ter uma prova final para aprovação e emissão do certificado e ainda outros.

O curso que ofereço no Udemy é gratuito e você pode utilizar como preparatório e como educação formal. Estou trabalhando no último requisito para a aceitação do curso pelo PMI que é a prova final, mas é algo que já está pronto e preciso só de tempo para implementar.

Espero ter respondido tua pergunta.

Obrigado por ler e comentar,

Frederico de Azevedo Aranha

Ricardo Texeira
3

Frederico, gostei muito do texto, bem esclarecedor, mas tenho algumas dúvidas a respeito da profissão e queria que você me ajudasse, por favor.

Com a certificação CAPM, quais são os ramos que eu poderei atuar?
Qual o 1º cargo posso almejar após a certificação?
E qual, a média salarial, para quem estar começando?

Abraços.

Frederico Aranha
4

Oi Ricardo,

Fiquei feliz com teu comentário, obrigado!

Vamos as respostas, na mesma ordem em que perguntastes:

1) Gestores e assistentes de projetos atuam nas mais variadas áreas. Você pode trabalhar em um projeto de construção de um prédio residencial ou de um software, de um novo processo comercial ou de um produto alimentício. As melhores práticas são para projetos e projetos ocorrem em todas as áreas profissionais.

2) O primeiro cargo é o de Assistente de Projetos, mas dependendo de sua experiência já podes atuar como Gestor de Projetos.

3) A média salarial varia de estado para estado, mas ouso dizer que varia entre R$ 1.500,00 a R$ 3.500,00 para um assistente de projetos.

Um abraço,

Frederico

Ricardo Texeira
5

Frederico, muito obrigado pela resposta.

Mas, te alugando um pouco mais.

1º) Eu sei que através da PMI você consegue adiquirir knowhow através do trabalho voluntário, mas queria saber se só com a certificação CAPM, consigo uma posição como assistente de projetos? Eu sei que com voluntariado aumenta a minha qualificação, mas muitas vezes o horário se choca com o horário do meu trabalho.

2º) Qual o ramo mais promissor? O de TI, engenharia…
Eu particularmente gosto de egenharia e construções. Seria interessante esse ramo para mim?

PS. Acompanho seu blog e os seu vídeos no Youtube sobre a Certificação CAPM, e sua iniciativa está me servindo de exemplo e de insipiração para seguir nesta profissão.
Parabens pela iniciativa.

Abraços.

Frederico Aranha
6

Oi Ricardo,

Tudo depende. Se você tiver boas relações profissionais no PMI, provavelmente vai conseguir a posição sem a certificação – só no networking. Se você contar MENOS com o networking e MAIS com a qualificação, então a certificação vai te ajudar a abrir portas onde você não tem qualquer contato.

Aconteceu isso comigo: não tinha amigos nem conhecidos atuando na organização onde trabalho hoje, cheguei com meu currículo, minha vontade de trabalhar e minhas certificações. Consegui a posição pela minha competência e demonstração prática dos meus conhecimentos em gestão de projetos (sou PMP).

Na minha opinião, conte sempre com o networking, mas ainda mais com o seu conhecimento técnico. Amigos podem te levar até certo ponto, o resto você precisa fazer por conta própria.

Respondendo agora sua pergunta sobre o campo mais promissor, essa é fácil: o campo mais promissor é o campo onde você se destaca. O mundo está cheio, tem gente em todas as áreas e fazendo de tudo. Se você for medíocre como engenheiro, terá um salário medíocre. O mesmo se aplica para tudo na vida, por isso seguir seu coração e sua vocação é o tiro certo. Só os competentes se destacam.

Abraços,

Frederico Aranha

Douglas
7

Olá,

Sou programador sênior mas quero mudar para gerenciamento de projetos, apenas com a certificação é possível?

Frederico Aranha
8

Olá Douglas, tudo bem?

Você precisa estar pronto para as oportunidades, mas apenas a certificação não é uma garantia. Você precisa buscar uma promoção interna ou então empregos no mercado. A certificação vai te diferenciar, com certeza, mas não é o bastante.

Você precisa ter experiência, mesmo que seja como voluntário ou em projetos pessoais. Já tens projetos voluntários para que possa contar como tempo de projeto? É importante!

Abraços,

FA

Rafael Trevizani
9

Frederico, sei que a postagem é um pouco antiga, mas quero saber se há ainda uma valorização no mercado para os profissionais que procuram essa certificação, atuo como Gestor de T.I. e já uso algumas metodologias de gestão de projetos. Meu próximo projeto profissional é ingressar na área de Gestão de Projetos de T.I. e de inicio pensei na CAPM e depois no PMI-ACP e quando eu tiver currículo partiremos para o PMP.

Qual a sua opinião, vale a pena ainda o CAPM?

Frederico A Aranha
10

Oi Rafael,

O plano parece ótimo! Se não tens experiência suficiente, é melhor fazer a CAPM do que mentir no formulário de inscrição do PMI.

Muitas pessoas tentam fazer isso e acabam perdendo a chance de se tornarem PMPs, pois a auditoria é pesada!

A certificação CAPM é para quem ainda está começando a trabalhar com projetos, melhor do que não ter certificação alguma em projetos.

Abraços,

FA

Vinícius
11

Boa noite Frederico,

Para quem faz faculdade de engenharia civil e está no 6 período, a certificação CAPM será válida nesse momento? Ou o correto é deixar mais para o final e focar em outros cursos?

Outra questão: A certificação ajuda na seleção de pessoas para estágio e trainee, por exemplo?

Obrigado.

Frederico A Aranha
12

Oi Vinícius,

A certificação é muito válida justamente no momento em que você se encontra, pois vai te ajudar a entrar no mercado. Faça ela agora mesmo! E sim a certificação vai te ajudar a entrar em vagas de emprego como Assistente de Projetos, por exemplo.

Trainee talvez seja um pouco diferente, vai depender do tipo de trainee.

Abraços,

FA

Mariana
13

Oi Frederico!
Estou me formando este semestre em Processos Gerenciais e pretendo me certificar logo. No meu curso tive a matéria de Gestão de Projetos, dentre outras na mesma linha. Você saberia me dizer se satisfaz o pre-requisito da Capm?

Frederico A Aranha
14

Oi Mariana, não sei dizer, só analisando o currículo do curso. Recomendo que faça meu curso gratuito no Site Campus – ele sim atende aos requisitos do exame, além de ser de graça!

Abraços,

Frederico

Lucas Moreira
15

Boa noite,
Estou prestes a iniciar os estudos para obter a certificação CAPM, e utilizarei suas aulas como base para obtenção de conhecimento. Entretanto, não conseguirei finalizar e estar preparado antes que o PMI comece a aplicar a prova utilizando a 6ª edição do PMBOK.
Considerando isto,o que você me recomenda? Posso utilizar seu material fazendo as devidas alterações utilizando a nova edição do PMBOK, ou isso me deixaria confuso?

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">