Disciplinas que normalmente caem nos Concursos Públicos de TI

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Saudações Colegas de TI,

Hoje venho expor as disciplinas que normalmente são cobradas nos concursos de TI, ressaltando que as listas apresentadas a seguir são bem abrangentes mas não são exaustivas. De modo a facilitar a exposição, vou dividi-las em categorias de minha própria autoria.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Disciplinas Mão-na-Massa

São aquelas disciplinas com as quais você vai se identificar (quase) de imediato, uma vez que normalmente são ministradas nos cursos de tecnologia da informação de nível médio e superior. Resumindo, são aquelas com as quais quando você se deparar, você terá a falsa impressão de que vai ser “mole”.

  • Infraestrutura (Física ou Virtualizada)
    • Redes de Computadores;
    • Seguranças da Informação;
    •  Sistemas Operacionais;
    • Arquitetura dos Computadores;
    • Arquiteturas de Armazenamento (Storage).
  • Desenvolvimento
    • Paradigmas de Programação (Estruturada, OO e WEB);
    • Linguagens de Programação (Java, PHP, etc);
    • Engenharia de Software;
    • Arquitetura de Sistemas (Servidores de Aplicação, CMS, MVC, etc);
    • Banco de Dados;
    • Arquitetura da Informação (DW, DM, BI).

Disciplinas Gerenciais

São aquelas disciplinas para as quais você torce o nariz pelo fato de serem burocráticas (muio papel, pouco teclado), mas que ainda sim são familiares por que, em algum momento da sua carreira de TI, você participou de algum treinamento corporativo sobre elas, ou pelo menos já foram pauta em alguma reunião de trabalho.

  • Governança de TI (PMBoK, ITIL, Cobit, BSC-TI, etc);
  • Gestão de Segurança (Família 27000 e outras complementares);
  • Planejamento de TI (PETI, PDTI, etc);
  • Licitações e Contratos de TI (8.666, IN 04, etc);
  • Processos de Negócio (BPM, GED, Workflow, etc).

Disciplinas Não-TI

Quanto às mais básicas, você já deve tê-las visto em algum ponto de sua vida de estudante, embora eu recomende fortemente que você não cometa o erro clássico de achar que já (ou ainda) as domina. Quanto às ditas “Básicas” mas que de básicas não tem nada, como Direito e Administração, não tem para onde correr. É começar a aceitar a máxima “não se passa em concursos de TI, estudando só TI” e “cair pra dentro”. Contudo, queira ou não queira, são disciplinas que em algum momento de QUALQUER carreira pública vão ser requeridas, pois dão uma noção geral do que você vai encontrar lá dentro. Então, pense nelas como uma ajuda para o futuro.

  • Básicas (Português, Inglês, Raciocínio Lógico Matemático, etc);
  • Direito Básico (Constitucional, Administrativos, PELO MENOS);
  • Administração (Geral, Pública, Financeiro-Orçamentária).

Disciplinas Exclusivas

Aqui, não dá para negar, sinta-se à vontade para ficar desesperado. São disciplinas muito específicas e que só fazem sentido para determinado cargo, e só para ele mesmo. Como um profissional da área de TI, você pode até se empolgar quando ver “Perícia” relacionada abaixo. Contudo, consigo imaginar poucas coisas de se estudar mais intragáveis do que um Regimento Interno. Paciência, afinal, ninguém disse que seria fácil.

  • Regimentos Internos (Ex RITCU, da Câmara, do Senado Federal, de cada Tribunal);
  • Lei Orgânicas (Ex LOTCU, Leis Orgânicas dos Fiscos, etc);
  • Direitos Específicos (Tributário, Penal, Internacional, Ambiental, etc);
  • Técnico-Operacionais (Perícia, Auditoria, Regulamentos de Atividades Econômicas, etc).

A minha ideia nesse artigo foi apresentar de forma “nua e crua” as disciplinas requeridas para aqueles que estão cogitando optar pela carreira pública. Apesar de entender porque essas disciplinas são cobradas, não vou ficar defendendo as ementas, até porque muitas delas são exageradas mesmo. Portanto, usar os comentários para desabafo é até recomendado, mas já adianto que não vai mudar muita coisa.

Por fim, gostaria apenas de lembrá-lo que os concursos não cobram tudo isso de uma vez, mas apenas um sub-conjunto do que foi apresentado, e depende totalmente da área.

E aí, o que achou? Dá pra encarar? Se sim, então conte comigo!

Bons Estudos a até o próximo artigo (aceito sugestões)!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

5 Comentários

Saulo
1

Olha só que legal, o famoso Walter Cunha aparecendo por aqui! Pois é Walter, essas matérias que não são da nossa área e essas mais burocráticas são bem intragáveis mesmo! Mas fazer o que né, o jeito é estudar até passar e depois tentar (se é que vai ter jeito de fazer isso totalmente) se livrar, pelo menos na medida do possível, delas kkkkkkkk. Walter, gostaria que você fizesse algum artigo falando sobre estratégias de estudo para mais de um concurso de TI com matérias diferentes. Como você disse cada concurso tem suas matérias específicas e suas peculiaridades e pelo que vejo muitos concursos de TI são subdivididos por cargos por exemplo:
Analista de Sistemas com foco em Engenharia de Software
Analista de Sistemas com foco em Desenvolvimento de Sistemas
Analista de Sistemas com foco em Redes e Infraestrutura
Analista de Sistemas com foco em Banco de Dados
Analista de Sistemas com foco em Governança de TI…

É possível ter um bom desempenho, estudando para concursos de instituições diferentes, disputando cargos de TI com matérias diferentes?

Valeu! Até mais!

Walter CunhaWalter Cunha Autor do Post
2

Oi, Saulo! Na verdade, cronologicamente eu já sou autor relativamente “antigo”, muito embora nunca tenha conseguido me dedicar muito, falta que pretendo suprir definitivamente esse ano. E, como aqui quem manda é o Leitor, o meu próximo post já vai ser sobre o seu pedido. Abraços!

Toni
3

Olá Prof. Walter

Ótimo post! Oportuno para a minha atual situação. Ele veio esclarecer muitas dúvidas que estavam me assolando. Estou muito “enferrujado” para os mundo dos concursos, mas já sinto que estou engrenando da forma correta, procurando saber, de fato, pelo menos o que costuma cair nas provas, não tenho dúvidas que isso também faz parte da preparação. Vou ser recompensando no trajeto por essa “perca” de tempo.
Obrigado.

Lucas
4

Prof. Walter,

Sempre dando aquela força pra agente. E como Pedrosa fala: “Dando os caminhos das pedras”. Forte Abraço Professor.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">