Como se preparar para os desafios da Gestão de Projetos?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Hoje em dia para continuarem no mercado corporativo e serem competitivas, as empresas precisam “fazer mais com menos”, entregar mais qualidade com prazos curtos a um custo cada vez menor.

Nesse contexto, surge uma figura muito importante dentro das organizações, o Gerente de Projetos, que tem como missão principal gerenciar e entregar os projetos dentro do prazo, custo e com a qualidade esperada pelo cliente.

Um Gerente de Projetos precisa saber se comunicar muito bem com as partes interessadas do projeto, pois irá passar 90% de todo seu tempo se comunicando. Precisa também ter um perfil de liderança para influenciar e motivar sua equipe no desenvolvimento do projeto.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

São vários desafios de um Gerente de Projetos, entre eles, prazos muito curtos, falta de recursos, equipe muitas vezes desmotivadas, etc.

Para enfrentar todos esses desafios, o Gerente de Projetos precisa estar muito bem preparado e para isso existem diversas certificações técnicas e MBA’s especializados em Gestão de Projetos que o mercado oferece.

A certificação mais cobiçada em gestão de projetos é a PMP (Project Management Professional) do PMI (Project Management Institute) para os profissionais que já possuem experiência. Uma outra certificação é a CAPM (Certified Associate in Project Management), também do PMI para quem tem menos experiência. O PMI oferece outras certificações.

Para quem está iniciando na área de Projetos, existem outras certificações que não exigem experiência e que podem ser feitas apenas estudando ou fazendo alguns cursos, tais como ASF (Agile Scrum Foundation) da Exin, SFC (Scrum Fundamentals Certified) da ScrumStudy, PSM (Professional Scrum Master) da Scrum.org,  CSP (Certified Scrum Professional) da Scrum Alliance, PRINCE2 (Project in Controlled Environments) da APMG,  MCTS (Managing Projects with Microsoft Project 2013 Specialist) da Microsoft, entre outras.

Muitas empresas, na contratação, exigem além das certificações, uma especialização MBA em Gerenciamento de Projetos. O que fazer primeiro? Vai depender do contexto em que você se encontra. Se você já tem uma graduação, pode fazer uma especialização e em paralelo as certificações. Se você não tem uma graduação, então faça as certificações para ter um retorno mais rápido, mas não deixe de fazer depois a graduação e a especialização.

Atualmente tem se falado muito da importância do fator humano dentro dos projetos, recentemente o PMI criou um capítulo para tratar somente das partes interessadas do projeto. Já existem no mercado certificações em Gestão de Mudanças com foco em Recursos Humanos, entre elas o HCMBOK (Human Change Management Body of Knowledge) e o HCMP (Human Change Management Professional) da HUCMI (Human Change Management Institute).

Uma outra preparação muito útil para o Gerente de Projetos é o treinamento e certificação em Coach. O profissional certificado em Coach tem mais facilidade para conhecer e lidar com pessoas. Existem no mercado diversas certificações em Coaching.

Se você quer ser o melhor Gerente de Projetos, faça todas as certificações relacionadas com gestão de projetos, assim você poderá conhecer a visão de todas elas e poderá utilizar o melhor de cada uma delas, fazendo um gerenciamento híbrido de projetos. Em relação a especialização, não economize dinheiro, invista, faça em uma instituição de primeira linha, faça o MBA mais reconhecido, o melhor do mercado!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Fábio Mourão

Mais artigos deste autor »

Bacharel em Análise de Sistemas com MBA em Gestão Empresarial pela FGV e Pós-MBA em Gestão Executiva de Projetos também pela FGV, atua na área de tecnologia há 20 anos, sendo 10 anos com Gestão de Projetos e Serviços de TI em empresas de pequeno, médio e grande porte • Possui diversas certificações em gerenciamento de projetos e serviços, dentre elas: PMP, PRINCE2, PSM-I, ASF, SFC, MCTS, CI-ASP, COBIT, ITIL V3, ISO20000, ISO27000, CCF, CI-SCS, GRITC e CCSP • Certificado em Personal & Professional Coach e Analista DISC pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC) • Certificado pela HuCMI (Human Change Management Institute) em HCMP (Human Change Management Professional) e HCMBOK (Human Change Management Body of Knowledge) certificações com foco no Fator Humano para Gestão de Mudanças organizacionais • É Empreteco, tendo participado do Seminário Empretec com foco em Empreendedorismo, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e realizado pelo Sebrae-RJ •• Linkedin: https://br.linkedin.com/in/fabiomourao ••


4 Comentários

Alex Rubens
1

Eu sempre tive aptidão pela área de gerenciamento de Projetos, sempre fui bastante comunicativo e tenho facilidade em lidar com pessoas (não que seja fácil rs). Porém tenho 21 anos e ainda estou na faculdade de Sistemas de Informação. É possível já ingressar nessa área? Ou melhor esperar me formar para ter maior “respeito”?

Outra dúvida, ouvi falar sobre Gerente de Projetos Júnior, é uma realidade no mercado?

Obrigado!

Alex Rubens

Fábio MourãoFábio Mourão
2

Oi Alex, tudo bem?
Saber se comunicar e lidar com pessoas é um dos principais requisitos para um bom Gerente de Projetos! Você pode sim entrar na área de projetos, mesmo sem estar formado. Um bom início pra você, pela sua idade, é começar como Analista de Projetos, e com a experiência você consegue a certificação CAPM do PMI, e depois que você se formar, quando tiver mais experiência pode fazer o PMP também do PMI, aí você já pode se tornar um Gerente de Projetos Junior ou Pleno. Gerente de Projetos Junior é realidade sim!
Espero ter esclarecido suas dúvidas! Qualquer outra dúvida é só falar! Se quiser me adicione no linkedin para mantermos contato! Abs.

Elisabeth
3

Boa Tarde Fábio!

Tenho pesquisado muito sobre a área de Gestão de Projetos, e algo que considero muito difícil são informações sobre Pós Graduação na área. Me formei a alguns anos atrás, e creio que a Pós Graduação é um próximo passo importante para mim. Por isso, pensei em fazer algo direcionado a Gestão de Projetos.
A importância das Certificações são incontestáveis, e com certeza estão em meus planos. Mas como não tenho um extenso conhecimento teórico no assunto, me preocupa já fazer a Certificação sem ter este know how. Pelo que andei pesquisando, a Pós pode ser uma boa oportunidade para agregar este conhecimento.
Muitas instituições são extremamente conhecidas no mercado e tem nome de peso, mas não necessariamente significa que sejam boas opções para este curso. E analisando a grade curricular (o que acaba sendo um pouco superficial), as diferenças entre as instituições não são tão grandes assim.
Enfim, gostaria de saber sua opinião a respeito deste assunto, Pós x Certificações.
Obrigada e parabéns!

Fábio MourãoFábio Mourão
4

Olá Elisabeth, tudo bem?
Hoje em dia o mercado quer que você tenha tudo, MBA, inglês, certificações, experiência e por aí vai… Não tem jeito, temos que estar o tempo todo estudando e nos atualizando para poder competir no mercado, pois existem muitos profissionais bons. Em relação ao MBA e certificações eu diria para você fazer o MBA em Projetos (indico a FGV) e em paralelo estudar para a certificação PMP durante o MBA e ao final do MBA fazer o exame PMP. Outra opção é fazer a certificação CAPM, que é uma certificação mais “básica” em projetos, também do PMI. Espero ter respondido sua dúvida! Qualquer coisa entre em contato comigo pelo Linkedin. Abs.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">