Carreira de TI na Europa: Qualidade de Vida e Ótimos Salários!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A explosão de empregos ligados às Tecnologias da Informação (TI) por todo o mundo está deixando os gestores das empresas preocupados com a escassez de talento.

No Brasil, assim como na Europa, este assunto vem dominando a mídia e os fóruns de tecnologias. É neste contexto que muitos brasileiros buscam oportunidades na Europa.

Rhaica Silva, Talent Developer na Landing.jobs, uma plataforma de empregos para profissionais de tecnologias, fala da sua experiência, semelhante às de muitos dos seus compatriotas:

“Os profissionais brasileiros vêm para a Europa a procura de novos desafios que possam abrir seus horizontes, condições financeiras favoráveis para gerar poupança e uma qualidade de vida ímpar que só é possível conseguir na Europa. Em Portugal é possível conseguir muito disto sem abdicar do clima ameno, dos dias cheios de sol e com uma cultura que não é assim tão diferente do Brasil, pelo menos comparando com países do norte da Europa.”

Um dos problemas de adaptação mais engraçados tem a ver com a língua:

“Ainda que falemos todos o português, por vezes é preciso alguma prática para fazer aquele “switch” entre português do Brasil e português de Portugal. Pode parecer estranho, mas é algo que acontece com frequência. Mas não é tão difícil de adaptar assim”.

Rhaica acrescenta:

“Também é importante dominar um pouco o inglês, pois muitas vezes os profissionais de TI têm de lidar com equipes internacionais. Saber várias línguas é um grande diferencial para os candidatos.”

Norberto Junior, desenvolvedor de software de 28 anos, está em Portugal trabalhando na WireMaze, uma empresa que desenvolve soluções online para entidades estatais e redes de hotelaria/turismo. O contato com a empresa foi realizado através da plataforma da Landing.jobs, onde Norberto teve o auxílio de Rhaica para conseguir o lugar:

“Eu tive a felicidade de encontrar a Landing.jobs ao chegar em Portugal. Eu fiquei bastante surpreso com a dedicação por parte da Rhaica, do David e do Pedro em me ajudar, pois fui acolhido como um membro da família. Ao me registrar na plataforma da Landing.jobs logo fui contactado pelo Pedro para uma conversa pelo Skype, me convidando a ir até o escritório deles para uma conversa com a Rhaica e o David. Eles são assim, te acolhem pra te conhecer e e então fazer o melhor possível. A Rhaica ficou o tempo todo cuidando do meu processo, enviando emails, conversando, me indicando vagas e dando dicas. O lema sempre usado por eles “Let’s make it happen” (Vamos fazer acontecer) é um dos pontos que compõem a essência da empresa. Toda empresa tem uma identidade, e a da Landing.jobs, tenho sentido que é esta.”

Helder Robalo mal pode esperar por começar a trabalhar na Talkdesk, uma das mais promissoras startups portuguesas no Vale do Silício (Estados Unidos). Após um processo de seleção bastante rigoroso, Helder conseguiu a vaga e vai trabalhar em Portugal como Front- end Engineer. Aqui fica a sua versão da sua experiência com a Landing.jobs:

“Foi uma experiência única do princípio ao fim. Após me cadastrar na plataforma, recebi um e- mail do Pedro Oliveira (um dos fundadores) avisando que ele faria uma mágica na Landing.jobs para o time encontrar uma oferta para mim. Logo recebi um e-mail da Rhaica para termos uma conversa por Skype. Ela me explicou sobre algumas vagas, eu escolhi aquela com que me identifiquei e então ela falou sobre o processo seletivo e que estaria o tempo todo disponível, inclusive para me ajudar a praticar inglês antes das entrevistas. Quanto ao fuso horário, não foi preciso acordar de madrugada, sempre havia uma boa flexibilidade. O que me chamou mais a atenção foi perceber que todos estavam trabalhando por mim, sempre num ambiente de positividade na Landing.jobs, onde o “Let’s make it happen” é levado muito a sério. Essa positividade é algo que contagia e levo comigo para a Talkdesk este lema.”

Norberto reforça esta ideia:

“Concordo com o Helder que essa energia e positividade deles é algo que contagia. E tem me contagiado, já apresentei o nome e o trabalho deles para outros brasileiros, me coloquei à disposição para fazer este trabalho se expandir, dispondo-me a ser uma contribuição de mão dupla e a retribuir a ajuda que recebi. Por fim, estou contente na Wiremaze, pois quem não estaria? Temos projetos em Rails (linguagem de programação), além de regalias, como massagem e frutas!”

Por que Portugal?

Portugal é uma porta de entrada privilegiada para os profissionais do Brasil que querem trabalhar na Europa. Além da proximidade linguística, Portugal tem mais de 30 mil brasileiros residindo no seu território, o que torna a adaptação ainda mais simples.

O custo e a qualidade de vida também são indicadores muito positivos, pois não são cobrados preços exorbitantes pelos aluguéis ou bens de consumo, algo bastante caraterístico de outros países europeus, como o Reino Unido, a França ou a Alemanha. A criminalidade também é bastante reduzida, como é possível ver nestes quadro comparativos (em inglês) Lisboa/São Paulo e Porto/Rio de Janeiro.

Ver ofertas de trabalho no site da Landing.jobs (em inglês)

Os salários na área de TI em Portugal são bastante elevados, variando entre 1000 e 2500 euros (R$ 3.460 e R$ 8.650) mensais, após descontar impostos, conforme a experiência do profissional. Tendo em conta que o salário português médio é de 750 euros líquidos (R$ 2.580), podemos afirmar que os profissionais de TI têm um poder de compra muito elevado. A inflação bem controlada, sempre inferior a 2% (neste momento é cerca de 1%), também ajuda a preservar o valor das poupanças que realizar em euros. Há muitos fatores envolvidos, mas fato é que o Real desvalorizou 40% em relação ao Euro em apenas quatro anos.

Se somarmos a isto o fato de que em Lisboa e Porto os aluguéis e os bens de consumo são ainda mais baratos que no Rio e em São Paulo… fique descansado que dinheiro não será problema!

Como trabalhar em Portugal

Ainda que o processo para obter o visto de residência não seja tão simples ou rápido como seria desejável, ele está bastante facilitado para cidadãos brasileiros, que não precisam de visto para entrar em Portugal na condição de turista, sendo ideal para quem quiser conhecer o país antes de aceitar uma proposta de trabalho.

Em caso de dúvidas, pode encontrar uma série de perguntas e respostas comuns fornecidas diretamente pelo Consulado-geral do Brasil para questões burocráticas relacionadas a Portugal: http://www.consulado-brasil.pt/faq.htm

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

13 Comentários

maxwell
1

Nunca que $1000 euros é salário alto na Europa. É salário de fome, isso sim. Estão é procurando mão de obra estrangeira barata.

KLEBER
2

2500,€ Bruto tambem é passar fome na Europa, Portugal é caro demais para um pais com tao baixos salarios.. Va para Alemanha, Holanda, Belgica, Suica e Austria. O resto paga miseria!

Rafael
3

Meu Deus não sabem nem o que tão dizendo. Portugal é EXTREMAMENTE barato de se viver e com um salário desses da pra viver muuuuuito bem.. Bem melhor que esses países ai que citou.. Já foi/mora na Europa? pera ae né Alemanha é boa? É, e muito! Vai receber mais que em Portugal? Vai, mas as coisas são bem mais caras que Portugal

Eduardo dos Santos
4

Pessoal, parem de chupar o pau dos alemães se nunca viveram aqui em Portugal. Eu mudei pra ca a 3 anos, trabalho com T.I e ganho 3.000€ mensalmente, minha mulher ganha mais 2.000€ na area de trabalho dela. Pagamos 400€ de aluguel em um ap muito confortavel e bom, moramos em um bairro muito legal aqui em lisboa, nao gasto mais que 200€ em agua, luz, gas e internet, em media nao gasto mais que 250€ mensais em mercado, ainda nao deixando faltar comida e vinho de meu agrado. Mantenho uma poupança abastecida mensalmente em EUROS nao essa porcaria de real ae, e ainda viajo de vez em qnd pela europa. Então menos ae rapazeada, na alemanha iria dar na mesma, a diferença e que alemão é tudo fdp e a comida lá é uma bosta.

Gabriel Santos
5

Bom dia,

Gostaria de saber como é a área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas em Portugal. Quais as perspectivas e qual o salário para área?

Jessica silvestre
6

Olá , pessoal !Estava na internet pesquisando sobre o assunto , gostei muito do site . Gostaria de saber quanto ganho ganha um profissional de TI na Holanda , imigrante e holandês .
Desde já agradeço

Liv
7

Estou indo morar em Portugal no inicio de 2018, quais cursos posso fazer aqui no Brasil durante o ano de 2017 para poder conseguir uma vaga como TI? Pode ser curso técnico do SENAC ou tem que ter Graduação em informática?

Rodrigo
8

Galera quem poderia dizer como funciona a ida de um profissional independente freelancer em Portugal. Estou iniciando o processo mas cheio de dúvidas.
Grato

Carlos Marcel Mendes Araujo Costa
9

Estou indo morar em Portugal em 2018. Sou formado em Sistemas de Informação e minha esposa em Enfermagem. Gostaríamos de ter um direcionamento. Outrossim também sou representante de produtos e poderia distribuir alguns dos produtos em supermercados em Portugal.

Andre Laranjo
10

É possível receber 3.000 euros por mês (média) sendo programador .NET sênior em Portugal???

Luiz Chalola
11

Prezados(as) Colegas,

Boa Noite à todos,

Gostaria por meio deste de apresentar-me, meu nome é Luiz Chalola, sou analista de sistemas, com especializações em Auditoria em Tecnologia da Informação e em Tecnologia e Projeto de Redes de Computadores. Atuei em diversas empresas nacionais e multinacionais de pequeno,médio é grande portes. Infelizmente, em nosso país, um profissional com 50 anos de idade que é o meu caso, com toda minha experiencia e capacitação não tem emprego e não é dado o valor que mereço por isso mesmo, estou pondo a venda o apartamento que moro com minha esposa e sogra, além de dois “filhos de quatro patas” para emigrarmos para Portugal, lá tenho certeza que serei respeitado e valorizado como ser humano e como profissional que sou, esse país de m… já deu o que tinha que dar, nosso colega Eduardo dos Santos é que está correto, nada de Alemanha o caminho certo é Portugal.

Oseas Firmino
12

Estou indo para Portugal talvez ainda esse ano 2017, quais cursos posso fazer aqui no Brasil para poder conseguir uma vaga como TI? Sou Formado Tecnólogo em Processamento de Dados, trabalhei muito anos na área de Suporte TI

lucas
13

Realmente a qualidade de vida na Europa é muito superior ao do Brasil, sem contar que o profissional é bem mais valorizado que no Brasil.

Ótimo artigo me tirou bastante dúvidas.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">