Concurso Público: o que não pode faltar no dia da Prova?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

De vez em quando, era normal algum aluno me confrontar com essa dúvida. Às vezes eu dizia “água”, em outras eu dizia “um bizuário para revisar antes de entrar na sala”, mas o fato é que eu nunca respondia a mesma coisa. Traduzindo, eu não tinha clareza sobre a resposta mais adequada.

Até que um dia um aluno acabou comentando comigo que ia deixar de prestar determinado concurso passar para se concentrar no próximo do mesmo órgão, o que me causou estranheza e me levou perguntar o porquê. Ele me respondeu prontamente que ainda “não se sentia apto” para aquele concurso. E eu (chato pra caramba…) emendei perguntando porque não aproveitar a primeira prova para ganhar experiência. E ele respondeu que não adiantava, pois com o conteúdo adquirido até então não seria suficiente para passar. 

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Pensei logo comigo. Ele não deve ter assistido Transformers

“O destino raramente nos chama no momento de nossa escolha”. (Optimus Prime)

Bom, mas aí eu perguntei o que aconteceria na outra prova então. E ele me disse que já teria o conteúdo necessário. Mas e quanto à experiência?

Sem dúvida o conteúdo é base. Sem conteúdo praticamente não dá para sonhar com a aprovação. Só que ele pode não ser suficiente, na medida em que muitas coisas podem nos impedem de migrá-lo de nosso cérebro para a folha de resposta. E creiam, a Lei de Murphy não perdoa!

Dando continuidade ao diálogo, metralhei:

  • Quantas canetas você vai levar no dia da prova? Só uma? E se ela falhar?
  • Em que local você vai sentar na sala? Qualquer lugar serve? E se for bem de frente para o ar condicionado?
  • Como você vai chegar ao local de prova? De carro próprio? E se não houver estacionamento no local?
  • O que você vai comer no dia da prova? O que tiver para o dia? E se for comida pesada e der sono na hora da prova? Ou pior…
  • Quanto tempo no final você vai reservar para um preenchimento do gabarito sem correria?
  • Qual a sua sequência de prova? A da própria prova? E se no final restarem justamente as questões de cálculo e/ou discursivas, quando seu cérebro já estiver estourado?
  • Quanto tempo você vai dedicar a cada seção da prova? “Vai indo”? E se você consumir tempo de mais em uma seção e acabar não atingindo o corte na outra?
  • Etc.

- Peraí, Peraí, Peraí… Eu preciso saber disso tudo, Walter?!?

Sim, pois tudo isso faz parte da prova, mais especificamente da aprovação.  

E como se chama isso? Bom tem vários nomes: paranauês, manha, malícia, maldade, etc. Eu chamo, estar preparado para tudo isso, de experiência. 

- Walter, mas isso não seria planejamento?

Gente, planejar é importante, mas colocar em prática é indispensável. Como dizem por aí: “Não adianta apenas saber fazer, tem que ser capaz de fazer o que se sabe”. Se não fosse assim, bastava eu ler um monte de livro sobre futebol, que acabaria jogando como um craque no dia do jogo, sem nunca ter participado de outra partida de verdade. 

- E o treino em casa, não vale não?

Aí, conjuro outro ditado futebolístico: “Treino é treino, jogo é jogo”. Ora, uma coisa é eu treinar no conforto da minha casa, sem tensão, sem os concorrentes ao lado, sem a pressão emocional de “desta vez está valendo”. Posso te garantir, na hora da prova o buraco é mais em baixo, bem diferente até do que qualquer simulado, mesmo os presenciais. É claro que eles ajudam muito, mas, por mais fidedigno, não vão passar de alguns “amistosos”. 

Enfim, só prestando novos certames – mesmo sem ser o seu objetivo final, ou sem conteúdo suficiente – é que você vai conseguir internalizar a rotina específica de um dia prova. E, de tanto fazer isso, aquele “aia” vai acabar se aproximando de mais um dia na sua vida de concurseiro. Você vai passar a encará-lo com normalidade, com um nível de tensão cada vez mais baixo. 

É isso… Agora, quando me perguntam sobre o que não pode faltar no dia da prova, eu já tenho a resposta na ponta da língua: “Conteúdo” e “Experiência”. Esse é o kit, O Kit Aprovação ou o famoso Kit Passa!

Bons Estudos e até o próximo artigo! (Aceito sugestões)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

9 Comentários

Renato Viana
1

Excelente artigo Walter.
Esses dias fiz uma análise e cheguei a conclusão de que a jornada de um concurseiro é semelhante a de um lutador de jiu jitsu, por exemplo. Quanto mais se treina (estudo, revisões e questões) mais perto estamos de conquistar a próxima faixa (maturidade) e consequentemente estaremos preparados para o combate (provas e aprovações), de acordo com a faixa conquistada com empenho e constância. E como dito no artigo, é no combate que se adquiri experiência e o aprendizado necessário para melhorar continuamente.

Ps. Eu quero ser um Khan dos concursos! Rs

Bruno
2

Excelente artigo Walter, assim como o artigo do pai concurseiro, este artigo falou comigo, não comentei no artigo anterior mas não poderia deixar de comentar neste, falou tudo o que eu precisava de ler, meus parabéns novamente, principalmente a citação de “Transformes”, ótimo exemplo

André
4

Muito bom o texto Walter!
Realmente muita gente “bomba” pq se contém “apenas” em estudar o conteúdo!
O buraco é mais embaixo!! rsrs

Abraço!

Tássia Kalliny
5

Ótimo artigo Walter, o pior é que ainda tem gente que não leva isso tão a sério um por um detalhezinho se enrola na hora da prova!

Daniela Cordeiro
6

Muito bom artigo, faz todo o sentido. Já cansei de chegar tremendo para fazer a prova, mas de tanto fazer provas o negócio está começando a ficar comum e a cada prova me sinto um pouco mais tranquila!

Abraço!

Jefferson
7

Texto muito mal escrito, falou, falou e não teve um começo, meio e fim… óbvio que a experiência é essencial e só pega na prática…

Mário Rosinski
8

Texto muito legal, Walter.

Você poderia fazer pra gente um artigo sobre algumas técnicas para relaxar antes da prova (no dia e na véspera). Acredito que muitos aqui, como eu, ficam nervosos antes da prova. Acho que isso atrapalha bastante meu desempenho nos concursos.

Abraços.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">