Linux Mint: Por liberdade e elegância!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Está cansado(a) de ter que mandar seu computador para o técnico “formatar” por causa de vírus? Que tal trocar de sistema operacional?

Por muito tempo no Brasil o Windows da Microsoft® domina o mercado de software para computadores, aliado ao pacote Office que contém Word, Excel, Power Point entre outros. Saiba que existem algumas opções, e entre elas uma que é gratuita e bem “user friendly” (amigável para o usuário).

Linux Mint1

Imagem: Linux Mint 17.2 ‘Rafaela’ – MATE – Jefferson Astuti

Conheça o Linux Mint, uma distribuição irlandesa do sistema operacional Linux, baseada no Ubuntu e Debian, que disponibiliza versões com os principais desktops atuais (Cinnamon, MATE, KDE e Xfce). Oferece ainda uma Área de Trabalho elegante e confiável, além de poderoso e fácil de usar.

Diferenciais do Linux Mint:

  • Visual muito bonito, simples e, ao mesmo tempo, fácil de usar;
  • Ferramentas próprias, apesar de baseado no Ubuntu e no Debian;
  • Os principais e mais usados ambientes desktop;
  • Suporte em Português;
  • Comunidade ativa.

 Outro ponto importante contemplado por esse sistema operacional é a grande quantidade de drivers e codecs, que o torna compatível com computadores e impressoras atuais.

Writer

Imagem: Writer OpenOffice versão: 4.4.3.2 – Jefferson Astuti

Muitos usuários deixavam de utilizar o sistema Linux, porque ao realizar transações bancárias é obrigatória a utilização do módulo de segurança, que só era compatível com o sistema operacional Windows. Pensando nisso o Banco Santander criou um módulo de segurança para o Linux Mint e seus derivados, e agora os clientes podem usar o sistema sem problemas após sua instalação.

Desafio você leitor(a) a trocar seu sistema operacional para Linux Mint, deixo aqui meu e-mail [email protected] para, caso queira, trocarmos experiências. Ou, claro, deixe seus comentários abaixo para complementar o conteúdo.

Quem ainda está na dúvida em trocar o sistema operacional, vão aqui alguns comparativos de aplicativos:

  • Word da Microsoft – use Writer do OpenOffice;
  • Excel da Microsoft – use Calc do OpenOffice;
  • Power Point da Microsoft – use Impress do OpenOffice;
  • Access da Microsoft – use Base do OpenOffice;
  • Gravador Nero – use Brasero;
  • TeamViewer – use o próprio TeamViewer;
  • Outlook da Microsoft – use o Thunderbird;
  • GoogleChrome – use o próprio Google Chrome;
  • Mozilla Firefox – use o próprio Mozilla Firefox;
  • Conexão de Área de Trabalho Remota – use o Remmina;
  • Existem muitas outras comparações, mas deixo para você leitor(a) explorar!
Brasero

Imagem: Brasero versão 3.10.0 – Jefferson Astuti

Neste link http://www.linuxmint.com.br/download você encontra as versões do Linux Mint para escolher, baixar e instalar no seu computador. Sugiro que faça uma cópia de segurança de todos os seus arquivos importantes e guarde em um local seguro, grave o Linux Mint em um DVD-R e depois comece a instalação. Eu escolhi a versão MATE 32 bits que é bem leve e bonita.

Seja livre e elegante, use Linux Mint!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

37 Comentários

Saulo
1

É isso aí Jefferson, o linux tem um grande potencial que muitas pessoas não conhecem. O negócio é abrir a mente para um novo mundo. Já ouvi falar muito bem do Linux Mint, dizem que é uma distribuição fantástica. Sou usuário do Lubuntu, gosto muito dessa distribuição com interface LXDE. Essa distribuição Linux Mint MATE 32 bits é feita para pc’s mais fracos que nem o Lubuntu?

Jefferson Astuti Autor do Post
2

Boa noite Saulo, foi muito bom para mim que estou começando, receber seu comentário, obrigado. Respondendo sua pergunta, para usar essa distro da mesma forma que eu (MATE), recomendo que utilize um computador com pelo menos: Processador Intel Core Duo, 2 GB de Memória RAM, 500 de HD (SATA), a placa de vídeo pode ser onboard com pelo menos 64 GB de memória compartilhada. Essa mania de falar que Linux pode ser instalado até em 486 é coisa do passado, e eu penso que a mentalidade dos usuários deve mudar, pois o sistema está bem gráfico, o que define a obrigatoriedade de usar um hardware a altura. Fico a disposição para demais dúvidas ou troca de experiência, abraço!!!

Joel
3

Comprei um notebook da samsung com i3 5ª Geração logo veio o lançamento do windows 10 atualizei meu notebook para windows 10 ao perceber vários bugs desisti do sistema voltei para windows 8.1 só que esse meu note estava tendo vários travamentos no windows por exemplo: O HD subia a 100% de uso toda hora isso esquenta muito meu note e causa travamentos no sistema, meu mousepad travava meu navegador sempre parava de funcionar, desisti do windows instalei o Linux Ubuntu logo de cara senti a diferença é muito leve o sistema intuitivo e meu notebook não trava mais o unico ponto negativo e que minha placa de rede não tem drivers bons para linux assim o wifi fica “fraco”.

Até mas…

Alex
4

Realmente uma excelente distro do linux, bem fácil de instalar, configurar e usar. Mesmo quem nunca mexeu com linux vai gostar. Já testei outras distros antes mas foi com o mint que tive o melhor resultado. recomendo.

Rodrigo Peleias
5

Sou usuário do Linux Mint há 2 anos já, e não tenho do que reclamar! Simples, bonito, fácil de usar, seguro e estável. Na minha opinião, muito melhor que os softwares da Microsoft, para mim não deve nada.

REINALDO
7

Sou usuário de diversos S.O baseados em Linux há quase 20 anos. O sistema vem melhorando a usabilidade consideravelmente e, para mim serve mais para uso doméstico, por causa da segurança. No trabalho, infelizmente, sou refém do Windows.

Gosto e acho bonito o Linux Mint e o Ubuntu.

Abelardo Costa de Oliveira
8

Parabens pelo ppst. Muito bom.
Estou querendo implantar o Linux Mint no laboratório de informática de uma escola. São computadores básicos (celeron/dual core) de 2 a 4 GB de RAM no máximo. Qual versão seria melhor para o ambiente, MATE ou CINNAMON? !

abraços.
Abelardo Costa

Jefferson Astuti Autor do Post
10

É Joel, experiência triste a sua com o Windows, eu já testei o Linux Ubuntu, mas em todas as máquinas que instalei, em minha opinião, ficou muito lento, por isso resolvi instalar o Linux Mint.

Jefferson Astuti Autor do Post
11

Eu também não tenho muitos conhecimentos em Linux Alex, penso que se o Linux quer realmente competir com o Windows, tem que ser mais automatizado, o que vem acontecendo lentamente com o tempo, e devemos todos começar a dar mais espaço ao Linux em nossos computadores, isso não quer dizer que devemos crucificar o Windows.

Jefferson Astuti Autor do Post
16

Importante seu interesse Abelardo, tenho um amigo que cuida de vários Laboratórios de Informática em Escolas, ele comentou que o Linux Educacional não está atualizando se não me engano o navegador de internet, ele perguntou a mesma coisa, ou falei para ele instalar a versão mais leve e que é a qual indico a você também: Linux Mint MATE 32 bits. Caso você faça a troca, depois nos conte aqui nos comentários!

Marcos Aurelio
18

Não tive boas experiências com o Mint, em casa tive problemas com driver para minha placa de video, chegando ter problemas de iniciar a interface gráfica.

No trabalho estamos instalando essa distro no setor administrativo, mas o meu colega de trabalho já teve problemas e teve que ser reinstalado umas duas vezes por problemas de iniciar, comigo de repente parou de iniciar com dual boot, claro que pode ter sido imperícia do usuário (eu… rsrs).

Mas estamos utilizando a distro e o Linux a pouco tempo, ainda estamos testando possibilidades e acredito que seja adaptação e aprendizado mesmo.

Lendo os usuários com boas experiências mostra que pode ser uma boa opção.

Tiago Oliveira
19

Sou usuário Linux há muitos anos, já não acompanho o que acontece no Windows e suas atualizações, sou apaixonado pelo mundo open source e não troco distros Linux por nada, atualmente tenho instalado em meu notebook o Xubuntu 14.04, no trabalho usamos o mesmo no setor de desenvolvimento e não trocamos, vale muito a pena, para o usuário comum no começo pode ser uma mudança impactante, mas com o tempo vai perceber os benefícios, quanto ao pacote office, você sugere o OpenOffice, eu prefiro o LibreOffice.
Parabéns pela atitude do post.

Luiz Gustavo
20

Ótimo artigo Jefferson. Além do seu post, tenho visto bastante comentários a respeito dessa distro. Instalarei uma VM com o Mint para ver como é.

[off-topic] Eu sou beginner em Linux, estava iniciando um curso neste semestre mas a faculdade apertou e acabei pausando. Pretendo retornar quando acabar as aulas.
No entanto, é um SO que desperta muito minha curiosidade, inclusive estava pensando em fazer meu TCC com algo relacionado a Linux, alguma sugestão?

Abraço!

Jefferson Astuti Autor do Post
21

Marcos Aurélio, infelizmente o Linux em geral ainda peca um pouco com Drivers, outro dia instalei o Linux Ubuntu e não funcionou a placa de rede do pc, após instalei o Mint e consegui usar. Claro que tudo depende do Hardware, mas os mais novo em geral costuma funcionar. Tomara que dê tudo certo na sua missão de implantação, na internet tem bastante material pra solucionar muitas dificuldades, tenha paciência que você vai conseguir.

Jefferson Astuti Autor do Post
22

Luiz Gustavo, instale sim, se já usou outra distro vai notar muitas diferenças. Eu também sou usuário beginner nesse mundo Linux, mas estou gostando bastante. Minha sugestão é: a criação de um sistema de Gestão para Prefeituras Municipais, mas que não seja necessário a instalação nos terminais, apenas em um Servidor Linux, que seja totalmente web, pois assim, qualquer sistema operacional poderá ser utilizado, podendo ser implantado Windows, MACOS, Linux, etc.

Jefferson Astuti Autor do Post
23

Abelardo Costa de Oliveira, tem uma matéria no site Dio Linux que conta a experiência da cidade Senador Canedo, na implantação do Linux Mint em laboratórios de informática, me envie um e-mail que te encaminho a matéria!

Jefferson Astuti Autor do Post
24

Pessoal corrigindo um erro meu grotesco, a suite de aplicativos writer, calc e outros é LibreOffice e não OpenOffice.

Onde se lê: “OpenOffice” leia-se “LibreOffice” em todas as partes do texto.

Nildo
27

Não gostei muito da matéria pois em primeiro lugar o Linux Mint é derivado do Lunux Ubuntu e não do Linux Debian.
Segundo que o Linux Ubuntu é derivado do Debian.
Terceiro o termo Linux Mint: Por liberdade e elegância! concordo sim sobre o termo elegância mas por liberdade ?
Não devem estar por dentro de que o Linux Ubuntu monitora o que os usuários fazem no sistema ?
Como o Linux Mint é derivado do Linux Ubuntu suas raízes não deixa de ser as mesma do Ubuntu por se tratar de uma distribuição com fins lucrativo como o Linux Ubuntu.
Se não estiver a parte disso por gentileza reescreva a matéria com dados mais correto.
Grato.

Jefferson Astuti Autor do Post
28

Nildo, obrigado pelo seu comentário, mas sinto em desapontá-lo que não tenho nada a mudar nesta matéria a não ser a questão do LibreOffice que já mencionei no comentário acima, abraço!

Luan Da Silva Ramalho
30

Olá Pessoal, boa tarde, eu gostaria de tirar uma dúvida com vocês. Quais são os melhores sistemas operacionais do Linux atualmente? Uma vez eu entrei no site do linux e vi uma lista com mais de 25 sistemas linux diferentes e eu gostaria de saber quais deles são os melhores a serem utilizados.

arnaldo
31

Sobre Linux Mint 17.2 mate 64 bits
Jefferson, gostei muito de seu posts, mais penso que no quesito instalar impressora epson L210, está difícil! Poderia ser mais fácil, mais é uma incógnita instalar impressora no Línux!
Sou novo no línux, estou gostando da interface do Mint, tenho muitas outras questões para resolver no Mint, mais o que está me deixando inquieto é a instalação da impressora!

Jefferson Astuti Autor do Post
32

Boa noite Luan, atualmente existem várias “distribuições” do Sistema Operacional Linux. A questão de melhor ou pior fica por conta do nível de seu conhecimento e também para que aplicação você quer, por exemplo, para Desktops, recomendo Linux Mint ou Ubuntu, se for para Servidor, poderá utilizar Debian ou CentOS. Trabalho atualmente com um Servidor de Internet baseado na distribuição Slackware, o qual tenho suporte de Profissionais com vasto conhecimento, desta forma não fico na mão. Espero ter lhe ajudado!

Jefferson Astuti Autor do Post
33

Boa noite Arnaldo, legal que você gostou, tentei explanar da forma mais simples possível, eu também venho batendo bastante cabeça no mundo Linux, mas com isso aprendi muitas coisas que nem imaginava, consegui inclusive integrar o Linux Mint no Active Directory do Windows 2008 Server e também mapear as pastas do Servidor. Vejo que o Linux Mint é bastante compatível com impressoras HP, instalei também uma Brother DCP 8080DN pela rede, a impressão funcionou corretamente, mas para escanear sem chance, somente consegui com o Software VueScan, o qual não é gratuito. No seu caso, tente este site, colocando o modelo de sua impressora e também o Sistema Operacional Linux: http://download.ebz.epson.net/dsc/search/01/search/searchModule
Boa sorte!

Jefferson Astuti Autor do Post
34

Arnaldo, eu instalei os arquivos aqui e a impressora apareceu, só não sei se vai funcionar pois não tenho esta impressora, faça o seguinte, no link acima que te mandei, baixe o arquivo: ESC/P Driver (full feature) – epson-inkjet-printer-201207w_1.0.0-1lsb3.2_amd64.deb e depois baixe o Epson Printer Utility – epson-printer-utility_1.0.0-1lsb3.2_amd64.deb . Esses arquivos instalam automaticamente, só é necessário digitar a senha de root para liberar a instalação.

Ricardo
35

Para drivers Epson vá ao site indicado no post nº 33, localize sua impressora e baixe apenas o “print driver” e o “print utility” ambos em formato “.deb”, não baixe driver para scaner, ainda mais no formato “.deb.tar.gz” porque não funciona direito, o simples scan nativo do Mint funciona muito melhor. O “print utility”, se existir para a sua impressora, será instalado mas pode acontecer do sistema não criar um lançador (atalho) para ele automaticamente e nesse caso o lançador deve ser criado manualmente. obs: existe vários modelos de L210, verifique qual é o correto para sua impressora.

Para drivers HP vá em “http://hplipopensource.com/hplip-web/index.html” é oficial da HP.
obs: a versão “3.16.3.” do hplip se mostrou um pouco instável no Mint 17.3 Xfce (Rosa).

Arthur Bruno
36

Fala pessoal…

Gostaria de compartilhar um pouco da minha entrada no mundo linux !

Sempre era resistente ao Linux, pois achava a barra lateral do Ubuntu ruim de mexer e os ícones na barra acima do desktop.

Quando um amigo do trabalho levou o netbook com Linux Mint e sempre falando na minha cabeça para conhecer e tals…

Apos o dia que ele me apresentou, por 5 minutos, a distribuição, fiquei apaixonado pelo Linux Mint. Corri para fazer o download e testar em ks.

Confesso que foi meses mexendo na máquina virtual, até que dei um louco e coloquei o Linux Mint no meu notebook e estação de trabalho.

É isso, fico por aqui. Um grande abraço. Até a próxima !

Bruno Aderaldo
37

Ótimo artigo.

Nunca tinha usado Linux, porém, estava com um notebook HP pavillion g6, muito antigo. O Windows 7 dele estava travando muito mesmo formatando, taldz pelo tempo do aparelho, é muito velho. Resolvi instalar o Linux, acabei decidindo pelo Mint por sua leveza e por já vim com vários programas úteis o que facilitaria muito pra um usuário iniciante. O ganho de performance foi incrível, achei muito bacana essa distribuição. Comprei um notebook Dell i7, 16 gb Ram e placa da NVidia 930M 4gb Ram. Mesmo com um equipamento muito bom pra rodar Windows optei pelo dual boot com Linux Mint e mantendo o Windows apenas para jogos.
Estou tendo problemas apenas com o Driver da NVidia nesse notebook novo, mas tenho esperança que dê certo.
No começo é um pouco complicado mesmo, pra quem tá acostumado e acomodado a dar 2 cliques e instalar um programa (.exe), mas muitos programas famosos (Chrome, Skype entre outros) ja disponibilizam arquivos com extensões .deb, é como se fosse o .exe do Windows.
Outro fator importante é que várias empresas optam pelo Linux, então é bom se familiarizar com o ambiente.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">