Nova startup resolve um grande problema para viajantes: os trocados de moeda local que sobram ao voltar pra casa

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A grande maioria dos viajantes já passou por essa situação: as moedas estrangeiras que pesam nos bolsos, e a frustrante tentativa de gastar tudo no aeroporto antes de sair do país. O dilema passa a ser entre gastar este dinheiro em cafés ou objetos de menor valor. A única certeza é que este valor não será aceito em seu país.

Mas você já pensou em aproveitar essas moedas e notas para algo realmente útil? Mais dinheiro em sua conta PayPal, por exemplo? Crédito extra no Skype? Talvez até mesmo em cartões de presente nas lojas Nike?

Foi pensando nisso que nasceu a startup israelense TravelersBox, que tem como objetivo fazer com que você não tenha que consumir apenas por consumir, pois entendemos o valor do dinheiro “suado” e o prazer de gastá-lo em algo útil.

Travelersbox portugues

Em alguns aeroportos do mundo já podemos encontrar máquinas desenvolvidas e administradas pelo TravelersBox em que são permitidos aos viajantes depositar seu dinheiro trocado e transformá-los em dinheiro Online (PayPal, iTunes, Google Play, etc), Cartões de Presente de lugares como Starbucks, H & M, Gap, etc, ou mesmo ter a possibilidade de doar para organizações que necessitam. Não há necessidade de pré-registro para o serviço ou passar por processos de verificação burocráticos.

Como nasceu esta ideia?

A idéia originou-se através de uma necessidade pessoal de um dos fundadores. Foi o que aconteceu em 2010. Zussman (fundador CEO) retornou a Israel depois de alguns anos em Nova York, onde trabalhou como vice-presidente da DVTel. Durante o primeiro ano em Israel, ele ainda estava trabalhando para a empresa norte-americana e estava viajando para os EUA a cada 2 semanas. “Cada vez que retornava de uma viagem estava com meus bolsos cheios de moedas e sempre esquecia de levar comigo na minha próxima viagem. Comecei a contar as moedas de cada viagem e eu descobri que era aproximadamente entre 10 a 15 dólares. Sei que há 3 bilhões de passageiros por ano e eu percebi que este é um grande mercado”, diz Zussman. Ele compartilhou seus pensamentos com Blumenthal e Deshe e os três tentaram encontrar a melhor solução.

Os três se encontraram com os principais bancos e empresas de cartão de crédito e todos rejeitaram a idéia, argumentando que operar micro-pagamentos é muito caro e complexo. Eles se reuniram regularmente durante dois anos, tentando encontrar uma maneira de colocar a idéia em prática. Depois de mais de 2 anos, decidiram que ou já tinham perdido dois anos de suas vidas ou tentariam modificar a visão do sistema bancário. Assim, a idéia de transferir dinheiro para o PayPal apareceu. As contas online e as pequenas transações são números valiosos, e podem ajudar as pessoas a obter o valor do seu dinheiro.

Persuadir os viajantes

Apesar de superar o primeiro obstáculo, o lançamento teve que enfrentar outros obstáculos, uma das questões mais difíceis foi comunicar de forma convincente como seria a solução para os viajantes. “Nunca antes haviam conhecido um serviço semelhante. Levamos meses para entender como definir a solução para passageiros”, admite Blumenthal.

Para entender o público-alvo, conversou com centenas de pessoas, milhares de e-mails foram enviados para que o processo fosse da forma mais simples possível. “O que descobrimos depois de conversar com os usuários é que, quando falamos sobre o problema, eles entendem a solução muito facilmente, se dizemos em um cartaz: “Retornando com moedas turcas? Transfira para o seu PayPal”. As pessoas entendem”, explica ele.

As máquinas estão em Inglês como primeira opção, mas você tem a possibilidade de usar em 10 idiomas diferentes. Os usuários podem optar por alterar a língua em que se sentem mais confortáveis ​​simplesmente tocando na tela com sua preferência.

Determinado o idioma, a máquina também recomendará produtos que são mais propensos a usar no país selecionado. Por exemplo, se alguém escolhe russo, as primeiras opções que aparecem são Qiwi e Yandex Money.

O processo de transação também é simples e eficiente. Se, por exemplo, você depositar cerca de U$ 10 em dinheiro trocado, uma tela irá confirmar a quantidade e orientar a um número de opções disponíveis para resgatar o dinheiro. Após indicar a sua preferência, a tela pede que você digite um e-mail ou número de telefone móvel. TravelersBox utilizará o e-mail ou SMS para redirecionar o usuário às exigências específicas da marca. Se você optar por PayPal, então você tem que digitar as informações de sua conta existente para o dinheiro a ela ligada. Da mesma forma, se um usuário optar por receber um cartão de presente da Nike, em seguida será gerada uma correspondência que será enviada para a conta de e-mail cadastrada.

Para garantir que não seja cobrado nenhum montante mínimo sobre os depósitos, o comissionamento só funciona com marcas que têm a mesma opinião. “Se os usuários tem apenas quatro centavos e querem depositar esse montante, eles podem. Nós não podemos trabalhar com empresas que trabalham com valores mínimos, assim permitimos que possa ser depositado de um centavo para cima”, ressalta.

A opção mais popular é o PayPal, que representa cerca de 60% de todas as transações.

pantalla kiosko 2

Em que países funciona?

TravelersBox opera atualmente 50 quiosques em aeroportos da Itália, Israel, Filipinas, Turquia e Geórgia, e está finalizando a instalação no Japão. Entre dezembro e janeiro está programado para ser instalado no Brasil, Canadá e Índia. Em cada país, as máquinas aceitam moeda local e outras moedas populares da região. Uma lista completa de aeroportos com os quiosques TravelersBox pode ser encontrada em www.travelersbox.com/#map.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">