ERP: cuidados a serem tomados na sua implantação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O mercado empresarial vem, a cada dia, sofrendo mais com as intempéries do comércio. Seja ele local, regional, nacional e principalmente mundial, a busca por melhores condições de se manter os negócios é praticada a todo o momento, aumentando progressivamente a necessidade de diferenciais.

Com as transações comerciais cada vez mais globalizadas, capitalistas e desenvolvidas, algumas tendências surgiram no meio empresarial e uma que se firmou mais acentuadamente nos últimos anos foi à competitividade. Em outrora, a competitividade era regida pelo produto. Na atualidade, encontra-se em outro contexto, voltado ao cliente.

Frente a tudo isso, as empresas buscam melhores ferramentas de suporte a informação e readequação de processos internos que possam, ao mesmo tempo, reduzir custos operacionais e trazer maior eficiência na gestão. Para isso, tornou-se essencial que as empresas adotem um ambiente de análise de informação. Novas metodologias e ferramentas devem ser incorporadas ao cotidiano da corporação afim de se gerar informações consistentes a partir dos sistemas de retaguarda.

Diante disso, adquirir um sistema gerencial de apoio à decisão, conhecido popularmente como ERP (Enterprise Resource Planning), é de vital importância para se consolidar no mercado. Mas, antes de uma empresa seguir com a implantação de um sistema ERP, ela tem que alinhar seu planejamento estratégico ao mesmo.

Muitas empresas implantam sistemas gerenciais mas esquecem de adequá-los e alinhá-los com sua estratégia empresarial. Separam o sistema ERP do foco do negócio, querem apenas informatizar processos sem ter uma visão estratégica e global dos mesmos. Por isso, listo abaixo alguns fatores dos quais as empresas devem se ater para uma correta adesão a um sistema ERP.

O primeiro fator que uma empresa deve dar atenção antes de implantar um sistema ERP, é ter claro que terá que fazer uma re-engenharia em todos os processos internos e que o sistema impactará em todos os setores da empresa. Dentro deste contexto, é importante que a empresa antes liste os setores e mensure quais serão os mais impactados, afim de traçar estratégias para fazer essa convergência das rotinas de trabalho antigas para as atuais de forma menos danosa possível, tanto para a própria empresa como para colaboradores.

Outro grande problema que as empresas enfrentam quando implantam um sistema gerencial – ERP, é a falta de customização ou adequação do mesmo à realidade da mesma. Esse é um ponto que determina o sucesso ou insucesso da implantação. Cada empresa tem uma metodologia de trabalho, então saber adequar o sistema a esta metodologia determina a eficiência do mesmo como ferramenta de apoio à decisão.

Lembre-se que o sistema ERP adquirido de uma software house é único, mas a forma de trabalho das empresas são diferentes umas das outras.

Outra questão que as empresas encontram é quanto à resistência dos funcionários para aderirem à nova forma de trabalho. É muito importante que a empresa deixe clara a importância de todos os colaboradores aderirem à nova ferramenta e que a mesma trará maior eficiência e resultados mais concretos para todos.

Lembre-se que trabalhar de forma correta os recursos humanos é de extrema importância para a implantação e correta utilização de um sistema gerencial, pois são eles (os colaboradores) que vão alimentar a base de dados do mesmo. Informações incorretas, inadequadas ou imprecisas podem trazer sérios problemas a qualquer empresa! 

Diante da vivência que tenho com a implantação de sistemas gerenciais, digo que essas são as maiores restrições que uma empresa encontra quando implanta (ou desejar implantar) um sistema de apoio a decisão.

Se você já passou por algum processo de implantação de ERP, por favor, compartilhe suas experiências e opiniões abaixo :)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

4 Comentários

Rodrigo Oliveira
1

Boa tarde!

A implantação de ERP muitas vezes é prejudicada devido ao cliente acreditar que o sistema vai se adequar as suas necessidades e não ele (cliente) aos processos do sistema, falando no caso de sistemas fechados (sem customizações). Na minha experiência com sistemas para pequenos negócios o cliente esta iniciando saindo do Excel e adquirindo seu primeiro sistema, isso é mais difícil ainda, pois o cliente tinha total liberdade de “criar” no Excel agora ele se vê obrigado a seguir uma metodologia com processos um ligando o outro.

wellington
2

Participei de implantações de ERP e as maiores dificuldades que tive foi fazer os colaboradores entenderem que o trabalho tem que ser feito de acordo com um planejamento e não do jeito que eles acham ser correto. Uma questão que dificultou muito em uma ocasião foi a padronização de nomes dos produtos e isso afetava diretamente setores como almoxarifado,vendas,e faturamento, simplesmente eles não conseguiam ver a importância disso dentro do processo.

Mateus Silva
3

Já tive a oportunidade de participar de uma única e impactante migração/implantação de um ERP e como descrito no post o maior problema que tivemos foi justamente nas adequações as nossas necessidades relacionadas as rotinas da empresa, resistência dos funcionários ao novo, falhas de customização, usabilidade quase que zero dentre diversos outros pontos um deles a persistência dos funcionários em realizar os processos de forma incorreta, isso se não o principal problema dificultou de forma relevante o processo.

Edson Rodrigues
4

Participei e participo de varias implantações algumas com excelentes resultados e outras nem tando o ponto principal que gostaria de comentar das implantações bem sucedidas e a importância da comunicação com todos os envolvidos e também não envolvidos as pessoas devem se sentir parte do projeto ouvidas e orientadas, sempre terão os mais resistentes que são sempre o tipo fácil de mapear e devem ser tratados de formar especial desprendendo um poucos mais de atenção principalmente para os que tem cargo de gestão ou posição de influencia entre os grupo.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">