Por que Cientistas de Dados Devem Ser Bem Remunerados?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Cientista de Dados é a profissão mais sexy do século XXI. Essa frase foi primeiro dita por Thomas Davenport e DJ Patil (atual Cientista de Dados Chefe na Casa Branca, sede do governo dos EUA) em 2012 em um famoso artigo da Harvard Business Review.

Desde então, a profissão de Cientista de Dados tem estado em alta demanda em todo o mundo e o site de empregos Glassdoor apontou o Cientista de Dados como o profissional mais requisitado pelas empresas em 2017, pelo quarto ano consecutivo. O LinkedIn também listou a profissão de Cientista de Dados entre as 10 profissões mais quentes para 2017. E como acontece com tudo em alta demanda, os salários destes profissionais apresentaram crescimento acima da média na comparação com outras profissões. Mas qual a razão pela alta demanda destes profissionais e por que eles devem ser bem remunerados? É o que vamos discutir neste artigo.

analise-informacoes-graficos-bigdata

Data Science

Análise estatística, Data Mining e apresentação de dados são todas habilidades que fazem parte do que chamamos de Data Science, termo cunhado pela primeira vez em 2001 por William S. Cleveland Professor de Estatística na Purdue University nos EUA. William defendia a junção de Ciência da Computação e Estatística como uma nova ciência, que hoje conhecemos como Data Science.

Data Science, ao contrário de muitas outras atividades acadêmicas, não é um único campo – é uma área multidisciplinar diversa e complexa, que inclui matemática, estatística, programação de computadores, inteligência artificial, computação de alto desempenho, visualização de dados, visão computacional, inovação e muito, muito mais. A definição é tão ampla que não é possível para qualquer indivíduo ser considerado como um perito em cada área. Normalmente, um Cientista de Dados pode ser um especialista em 2 ou 3 subseções diferentes de Data Science, tais como programação e estatística, enquanto tem uma boa base em uma série de outras áreas, como visão computacional, inteligência artificial e visualização de dados. Isso é o que muitos não entendem. O Cientista de Dados não precisa ser perito em todas as áreas em Data Science, mas sim dominar 2 a 4 áreas e ter bom conhecimento nas outras.

O que fazem os Cientistas de Dados?

Os Cientistas de Dados possuem uma combinação única de técnicas analíticas e habilidades de apresentação, tornando-os difíceis de encontrar. Esses profissionais compreendem estatística e matemática aplicada. Eles podem testar hipóteses. Eles sabem programação suficiente para desenvolver aplicações analíticas, realizar processamento e armazenar os dados. Eles conhecem diferentes algoritmos de Machine Learning e sabem como trabalhar com Big Data. E eles comunicam suas descobertas através de visualizações de dados e contando as histórias por trás dos dados. Algumas das linguagens e frameworks que eles usam incluem: linguagem SQL, R, Python, Scala, Java, SPSS, SAS, Apache Hadoop e Apache Spark.

Os Cientistas de Dados utilizam seus conhecimentos de estatística e modelagem para converter dados em insights, desde o desenvolvimento de produtos até a retenção de clientes para novas oportunidades de negócios. Sim, conhecimento de negócios é um componente chave na carreira de um Cientista de Dados. Por ser um campo em rápida expansão, que requer conhecimentos em diferentes áreas e especialidades, as empresas enfrentam o desafio de encontrar profissionais habilitados e muitas apostam no treinamento de universitários como forma de preparar seus próprios Cientistas de Dados. E por se tratar de uma área tão diversa, a melhor forma de buscar capacitação é encontrar outros Cientistas de Dados dispostos a ensinar tudo aquilo que aprenderam (e que continuam aprendendo). E existem cursos online de alto nível, como os fornecidos pela Data Science Academy, totalmente em português.

Mas uma característica é fundamental no Cientista de Dados: a paixão por tecnologia. Acima de tudo, Data Science é aplicação de tecnologia para a análise de dados e criação de modelos preditivos. Se você não é apaixonado por tecnologia, nem pense em seguir a carreira de Cientista de Dados.

E os salários?

Nos EUA um Cientista de Dados tem remuneração entre 100 e 130 mil dólares por ano. No Brasil os salários estão acima dos 15 mil reais mensais. E esta remuneração é merecida? Vejamos:

O Cientista de Dados deve conhecer bem matemática, estatística e programação. São necessárias muitas horas de estudo e prática para se adquirir proficiência e uma boa dose de experiência para saber como aplicar o conhecimento adquirido. E esta experiência passa por conhecer o negócio para o qual um problema deva ser resolvido. De nada adianta dominar um conhecimento, se ele não for usado para resolver problemas. Aliás essa é outra característica do Cientista de Dados: o conhecimento de muitas ferramentas diferentes. E quanto mais ferramentas você conhece, mais problemas será capaz de resolver.

Para se tornar um especialista em uma área é necessário muita dedicação e o conhecimento deve ser estabelecido em bases sólidas. A capacidade de saber quando aplicar uma solução preditiva advém de experiência e muita prática e isso leva tempo. Um profissional que estuda, se dedica ao aprendizado e sabe aplicar o conhecimento de forma correta, deve sim ser muito bem remunerado! Além disso, o Cientista de Dados estará aplicando seu conhecimento para resolver problemas que podem fazer a diferença entre sucesso e fracasso de uma empresa ou projeto.

O Cientista de dados também possui uma característica única que o diferencia não apenas de outros profissionais, mas de outras pessoas: a paixão pelo aprendizado. Aqueles que acham que o estudo termina na última avaliação da faculdade, não tem o perfil para se tornar Cientista de Dados. Profissionais apaixonados por aprender conhecem bem suas limitações técnicas e estão sempre em busca de aperfeiçoamento profissional. E no mundo conectado que vivemos hoje, não há desculpa para não aprender algo novo todos os dias. O Cientista de Dados é um “Lifetime Learner”.

Os Cientistas de Dados precisam aprender múltiplas disciplinas em sua jornada de aprendizado para se tornarem especialistas e ao longo do caminho precisam ainda aprender diferentes técnicas e algoritmos, como se comunicar, como compreender a linguagem dos negócios e como aplicar tudo isso para resolver problemas.

É por isso que os bons Cientistas de dados são e devem ser muito bem remunerados.

E nós podemos ajudá-lo na sua caminhada em se tornar Cientista de Dados. Com um currículo de alto nível e cuidadosamente elaborado, a Data Science Academy oferece uma Formação online, 100% em português, composta de 6 cursos que abordam as principais ferramentas usadas por Cientistas de Dados. Venha se juntar a milhares de alunos em todo Brasil e no exterior que estão encantados com o que estamos oferecendo.

Inscreva-se hoje mesmo: http://www.datascienceacademy.com.br/pages/formacao-cientista-de-dados

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

1 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">