Como perdi 30kg com Scrum

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Desde que escrevi o artigo sobre como perder peso usando agilidade e a gravação do vídeo para o Dia da Agilidade, muita coisa rolou com o meu projeto de emagrecimento com métodos ágeis, o qual chamei de Dieta Scrum. Foram seis meses de muito trabalho e dedicação e agora quero compartilhar com vocês neste artigo os resultados!

Afinal, do que você está falando?

Vou explicar o projeto para quem não acompanhou. Existe uma discussão antiga e constante de que o Scrum e os métodos ágeis podem ser utilizados em diversos setores – profissionais e pessoais – e não somente na área de Software. Sabemos que isto é verdade – apesar de muitos ainda discordarem.

Para muitos, emagrecer é um ‘projeto‘. Possui objetivos a serem atingidos, metas, valores, atividades, entregas, datas, marcos, riscos e tudo mais que você encontra em qualquer projeto. Se é um projeto, porque não posso utilizar uma técnica, ferramenta ou metodologia de gestão de projetos para ajudar?

Escolhi então para o meu projeto de emagrecimento o Scrum e os métodos ágeis, onde buscaria ferramentas, técnicas e práticas que pudessem me ajudar à alcançar meus objetivos. Além disso, como trabalho com isso – sou Gerente de Projetos – estaria colocando meu trabalho na balança, afinal, se eu posso gerenciar projetos, também posso gerenciar meu corpo e minha saúde.

O que usei no projeto

Já tinha ido à diversos nutricionistas e médicos na vida e sabia o básico do que tinha que fazer. Já tinha uma meta – perder muito peso antes de Abril/2017, quando sairia de férias. Selecionei então algumas ferramentas para me ajudar nesta gestão. As principais foram:

  • Excel, onde criei um gráfico burn down – os ‘pontos’ entregues eram os kilos perdidos.
  • As três perguntas clássicas do Scrum – O que fiz, o que farei e o que está me atrapalhando.
  • Sprints – Criei Sprints de 15 dias onde, diariamente, respondia às 3 perguntas, planejava as próximas ações e, ao final da Sprint, registrava uma retrospectiva para ter uma próxima Sprint ainda melhor.
  • Outras práticas - Adotei algumas idéias do Lean, também usei um pouco de OKRs e outras práticas para evitar a sabotagem no dia-a-dia.

Manifesto Ágil

Quando você visita um(a) nutricionista, em muitos casos, ele(a) vai tirar uma dieta da gaveta. Vai entregar pra você um plano e dizer: Siga isso que será sucesso. Mas isso nunca funciona! Nós devemos responder a mudanças mais que seguir um plano. Nem sempre encontramos tudo o que o nutricionista recomenda, temos que fazer substituições nos alimentos ou nem sempre gostamos de nos exercitar conforme a recomendação.

Quando você está de dieta, a vida das outras pessoas continua! Nós temos que adaptar nossa rotina e nossa dieta ao que acontece ao nosso redor, pois devemos valorizar os indivíduos e interações mais que processos e ferramentas. Não podemos nos fechar em casa e nunca mais ir para eventos sociais alegando que estamos de dieta e seguir somente o processo que o nutricionista definiu, mas também não podemos usar isso como fuga do que estamos buscando.

Você pode até gostar de ler, mas comprar todos os livros de receita e de dieta não vai ajudar no seu processo. É melhor você ter um sistema simples que funcione do que uma literatura abrangente que, na prática, não irá lhe ajudar em nada – livros na prateleira não emagrecem!

Com todas as mudanças no seu dia-a-dia, você irá cometer erros e acertos. Sofremos interferência de todos os lados e as coisas mudam em um piscar de olhos. Seu nutricionista pode ajudá-lo à criar uma rotina flexível pois é mais importante a colaboração dele com você, ao invés de ficarem negociando os termos da dieta que você aceitou seguir. Você conhece seu corpo e sabe os limites dele!

Vamos aos Resultados do Projeto?

Em Abril/2016 cheguei aos 142kg e resolvi mudar. Comecei diminuindo a quantidade de comida e a introduzir alimentos mais saudáveis. Quando comecei o Dieta Scrum, criando o Projeto 45kg no dia 05/11/2016, estava com 134.5kg.

Comecei academia no dia 09/01/2017 para ajudar neste processo.

Tenho histórico de pedras nos rins e tomava um medicamento de uso contínuo para diminuir a incidência delas. Com a mudança de hábito, após alguns exames, meu urologista removeu o medicamento, por não ser mais necessário já que a alimentação estava bem melhor!

Atingi em fevereiro a meta intermediária - chegar aos 108kg – 40 dias antes do prazo, que era Abril/2017 – da-lhe Scrum!!. 

Já em 10/03/2017, após reduzir mais ainda o peso, mudei a faixa do IMC, ficando na faixa “Sobrepeso”. Deixei a faixa Grau II para a Sobre Peso. Além disso, no mesmo dia, descobri após uma consulta com meu cardiologista, que estava livre da hipertensão! Estava portanto oficialmente dispensado de tomar qualquer medicamento de uso contínuo!

Em Abril estive de férias e, ao voltar, fiquei animado com os resultados do meu treino em Londres, decidi entrar para um grupo de corrida!

Na minha última medição oficial, em 10/05/2017, estava com 105.5 kg, ou seja, 36,5 kg perdidos no total, sendo 29Kg desde que comecei a gerenciar minha dieta com Scrum e métodos ágeis.

Meu primeiro objetivo era perder 45kg no total, chegando aos 97kg. Mas não vou parar por aí! Comecei um novo projeto, o Projeto 55kgonde quero atingir o IMC saudável e também melhorar o meu condicionamento físico!

Abaixo, atualizada, a tabela com os resultados mais recentes e a coluna em andamento:

2017-05-12_082740

Este foi um controle no Excel que criei para acompanhamento das Sprints:

2017-05-12_132200

E abaixo o clássico “Antes e Depois”

IMG_20170512_081336_847

CYMERA_20170512_082318

Conclusões: Como o Scrum me ajudou à atingir os meus objetivos

Em um primeiro momento você pode pensar:

Mas é claro que você perdeu peso! Começou a comer direito, fazer exercícios e mudou todos os seus hábitos, não tem nada a ver com Scrum.

Quando um projeto é um sucesso, o que aparece para a empresa? A metodologia que você usou – PMI, Scrum ou papel de pão – ou os resultados do seu projeto? Geralmente, quando o resultado é positivo, elogiam primeiro a entrega, os números, depois o projeto como um todo e sua equipe. Quando é negativo, primeiro criticam o método de gestão, depois o gestor e em seguida a equipe.

Então é natural que, com o sucesso do projeto de emagrecimento, questionarem se o Scrum e os métodos ágeis foram realmente relevantes – se não tivesse funcionado, certamente culpariam o uso destes métodos de gestão.

Quando mudamos nossa alimentação, nossa rotina, nosso estilo de vida, o que precisamos fazer? Precisamos nos adaptar, já que estamos acostumados a fazer tudo do mesmo jeito. E o que melhor para lidar com projetos com alto índice de mudanças e adaptação que os métodos ágeis?

Então durante todo o projeto, o Scrum está sendo fundamental, pois consigo focar no que interessa: Entregar valor, no caso, perder peso e melhorar a saúde. Existem milhões de maneiras de conquistar isso mas focar no que interessa me ajuda a identificar as melhores ferramentas e testar o que funciona ou não.

Podemos até mesmo aplicar o conceito de Spike, simulando alguma coisa nova para ver os resultados, como uma rotina desconhecida de exercícios, uma nova combinação de alimentos ou uma nova dieta, sabendo que pode não funcionar mas aprendendo com os resultados para melhorar ainda mais seu trabalho com seu projeto.

Próximos passos

Vou continuar firme e forte no projeto, pois ainda não atingi todos os meus objetivos. Estou melhorando cada vez mais minha rotina de exercícios e alimentação conforme vou aprendendo. Continuarei buscando na minha profissão ferramentas e técnicas que possam ajudar na continuidade desde projeto.

Além disso, vou continuar escrevendo e reunindo materiais no meu site para ajudar outras pessoas que, como eu, querem perder peso e melhorar de vida sem recorrer a cirurgias ou a produtos milagrosos de MMN que não funcionam.

Espero que tenham gostado do artigo e que a minha experiência o ajude em seus projetos pessoais de alguma forma. Muito obrigado pela leitura!

Publicação Original: http://agilidade.org/blog/2017/05/12/como-perdi-30kg-com-scrum/

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Alexandre Luis Vignado

Mais artigos deste autor »

Gerente de Projetos na Elsys, responsável por projetos de desenvolvimento de hardware inovadores em telecomunicações. Utiliza os métodos ágeis para aproximar as pessoas de sua equipe e ajudá-las a encontrar o valor do seu trabalho. Gosta de escrever e conversar sobre a área, principalmente sobre modelos ágeis, híbridos e gerenciamento de riscos. Adora viajar e sonha em conhecer cada canto desse mundo e, quem sabe, levar um pouco de ágil por aí.

Certificações: PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, ASM, ASF, PSM, ITILF, CI-ASP, COBIT, ISO20000, ISO27002, GREENITCITIZEN.

Site Pessoal: http://www.vignado.com.br


3 Comentários

Waldemir Ferreira Costa Junior
2

Parabéns pela determinação em seu projeto e pela abordagem prática de como o Scrum pode ser utilizado em diversos tipos de projetos, seja profissional ou pessoal! Abraços e sucesso!

Fabio Sant'Anna
3

Parabéns Alexandre! Agora você só precisa se juntar ao seu scrum team: 3 a 9 pessoas que querem atingir os mesmos objetivos que você… #Fica-a-dica ;)

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">