Google disponibiliza novo App de realidade virtual com quase 600 viagens

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Google deu mais um passo na corrida pela realidade virtual ao lançar o Expeditions App.  O aplicativo, antes restrito para o mercado de educação, agora está disponível para o público na Google Play. Com ele é possível visitar quase 600 lugares históricos em ambientes virtualizados.

O lançamento faz parte da estratégia da empresa de alavancar o seu Cardboard e se consolidar como uma das lideranças no setor de realidade virtual.

O Google Cardboard e o Expeditions

O Google Cardboard é a opção mais barata para ter acesso às aplicações de realidade virtual. Trata-se de um conjunto que consiste em um óculos VR embutido num kit de baixo custo e um aplicativo(que pode ser de vários tipos). Na prática, o smartphone se transforma em uma tela na qual são projetadas as animações 3D.

Apesar de estar longe do design futurista de outros headsets, como o Hololens (Microsoft) ou o Oculus VR (Facebook), o set do Google se tornou popular e é a primeira opção dentre as soluções de custo reduzido. A praticidade, preço e as várias aplicações disponíveis têm ditado o compasso do Cardboard e o crescimento do Google no segmento VR.

Dentre os aplicativos, uma das maiores apostas do gigante das buscas tem sido exatamente o mercado de educação. O Google Expeditions program foi o software de entrada nesse nicho. Com a aplicação é possível levar os estudantes ao centro de fotos em 360º e conhecer cenas 3D de acontecimentos históricos.

Antes acessíveis apenas para escolas e instituições de ensino, o Google anunciou no último dia 19 de julho que as turnês educacionais também estão disponíveis para o grande público por meio do novo Expeditions App.

O Taj Mahal, Coliseu Romano, Grande Muralha da China e Machu Picchu são alguns dos lugares que agora podem ser visitados pelo público em geral sem que seja preciso comprar caras passagens de avião. No total, são cerca de 600 turnês pelo mundo totalmente virtualizadas.

TajMahal_Expeditions

Como usar o Expeditions App ?

Para aprender como a história aconteceu presenciando virtualmente os acontecimentos, você precisa de duas coisas:

  • Um Google Cardboard (ou um Daydream headset);
  • Um smartphone Android com a versão 4.4 no mínimo;

O Expeditions original foi pensado para grupos de alunos em salas de aula. O novo aplicativo, por sua vez, foi desenhado para dois modos de utilização. Você pode experimentar as quase 600 viagens imersivas no modo “explorer” ou “guide”. No primeiro, você faz a viagem sozinho. Já no segundo, quando configurado para grupos, os kits são conectados via Wi-Fi e um guia pode explicar e direcionar os participantes (que na versão original era o professor em sala de aula guiando os alunos).

Um dos acréscimos da nova versão é uma ferramenta para anotações. Com ela é possível que o guia desenhe e faça anotações dentro do ambiente VR para destacar aspectos do lugar visitado.

Seja como ferramenta de ensino ou como uma grande oportunidade de colocar o mundo na palma das mãos, o Expeditions já conta com mais de 100 mil usuários. Professores e escolas já possuem programas de realidade virtual que utilizam o software do Google. Agora disponível também para o público, o aplicativo pode ser instalado no Android e no .  

Para fechar, veja abaixo o ótimo vídeo de apresentação. Caso já tenha experimentado, deixe um comentário sobre o que você achou das turnês virtuais.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Vitor Vidal

Mais artigos deste autor »

Engenheiro eletricista apaixonado por eletrônica e desenvolvimento de sistemas de hardware e software. Mestrando em Engenharia Elétrica no CEFET-MG. Produtor de conteúdo e redator na área de tecnologia. Escritor e poeta nas horas vagas.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">