Automação e robôs: a tecnologia auxiliando a empresa

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Automação de processos, API, chatbot e bot são algumas das nomenclaturas que podem “assustar” em um primeiro momento, porém, facilitam a vida de qualquer organização.

Considerando que o mercado está cada vez mais competitivo, cada empreendimento deve ter suas estratégias para automatizar processos, melhorar a eficiência na comunicação com o consumidor, agilizar a resolução de problemas burocráticos, etc.

Felizmente, as tecnologias avançadas que existem atualmente podem ser grandes aliadas para o sucesso de seu empreendimento.

O que é automação de processos?

Como o próprio nome diz, trata-se de algo que automatiza os processos-chaves da organização ao utilizar a metodologia RPA (Robotic Process Automation), que em nosso idioma seria traduzido para algo como “Processo de Automação por Robôs”.

Com isso, há uma redução significativa do trabalho manual, uma otimização no tempo de execução e os softwares acabam substituindo os humanos em processos manuais.

Entre as principais vantagens das empresas que adotam a automação dos processos está:

  • Otimização dos processos de produção;
  • Maior controle dos resultados, tanto em aspecto global como detalhado;
  • Definição e padronização dos indicadores de performance;
  • Identificação ágil de pontos ineficientes;
  • Diminuição do desperdício de recursos;
  • Diminuição de forma considerável de erros e inconsistências nos processos;
  • entre outros.

A automação permite que as organizações tenham mais facilidade em projetar os processos de negócio, sendo essencial para ter uma poderosa vantagem competitiva. 

API – Rotinas de software

API é uma sigla em inglês que significa “Application Programming Interface”, que em nosso idioma ficaria como “Interface de Programação de Aplicativos”.

Basicamente, uma API é desenvolvida por uma organização com o objetivo de que outros desenvolvedores de software possam contribuir com produtos associados ao seu serviço. O melhor exemplo de um API é o Google Maps, pois diversos outros sites e aplicações utilizam o serviço, muitas vezes indicando ao internauta que visita o site como chegar até o local físico, seja um hotel, restaurante ou outros locais.

Os APIs permitem que os aplicativos se comuniquem uns com os outros por meio de códigos, determinando comportamento de um objeto em uma interface.

Ou seja, um programa principal é desenvolvido e a API permite aos outros criadores que desenvolvam plugins que aumentem suas funcionalidades. 

Chatbots – Robôs que se comunicam

Chatbot é uma abreviação de “Chat Robot” ou “Robô de Chat” em nosso idioma, sendo um software que trabalha gerenciando troca de mensagens em qualquer aplicativo ou rede social que existe hoje em dia, como o Facebook Messenger, Telegram, etc. 

Essa tecnologia permite que os chatbots respondam os usuários de forma automática, sendo que os modelos mais avançados possuem inteligência artificial e vão aprendendo a interagir com as pessoas de forma bem semelhante aos seres humanos, aprendendo e “evoluindo”, não se resumindo à frases pré-programadas.

No mundo competitivo de hoje, os chatbots são essenciais para otimizar o processo de atendimento ao cliente, seja na alteração de cadastros, agendar visitas, pedidos de informações, etc.

Os chatbots facilitam a iteração, evitando gastos desnecessários com funcionários humanos que podem ser remanejados para outras funções ao invés de responderem perguntas repetitivas.

Bot – Simulando ações humanas de modo padrão

Bot é a contração de robot, sendo um software concebido para simular ações humanas de modo padrão e rotineiro.

Também conhecido como internet bot ou web robot, o bot tem como principal objetivo automatizar processos repetitivos mas, diferente do chatbot que o faz no ambiente comunicativo, os bots podem estar presentes em qualquer outro lugar. 

A ideia é fazer com que haja interação com usuários em serviços da internet, já que o número de internautas só aumenta, e estes estão conectados através dos mais variados aplicativos.

Nesse contexto, os bots otimizam e agilizam a interação entre o consumidor e a organização, além de representar um excelente custo-benefício ao empresário. Confira os diversos papéis que eles podem desempenhar:

  • Shop bots – o robô interage com o consumidor para ajudá-lo com informações sobre compra e venda;
  • Service bots – presta serviços ao cliente, seja pra pedir uma pizza, chamar um táxi, ou qualquer outro serviço;
  • Info bots – compartilha novidades, disponibiliza detalhes de um determinado produto etc;
  • Fun bots – cujo objetivo é entreter o consumidor com jogos e outros meios de interação.

Os bots vieram pra ficar!

Há um número praticamente infinito de possibilidades para a utilização de bots hoje em dia, sendo que todos visam facilitar e automatizar processos. Tanto o RPA, quanto os Chatbots ou os bots em geral otimizam os trabalhos da organização, reduzindo a mão-de-obra humana, diminuem os riscos de erros e trabalham continuamente. Caso seja um bot interativo, também é possível pensar em formas do robô ser uma atração a mais para a empresa, gerando ainda mais sentimento de empatia com o consumidor.

E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo ;)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">