4 formas que a Inteligência Artificial vai mudar o Marketing Digital

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Eu tipicamente compro livros através do site da Amazon e, sempre que visito o site deles, eu encontro uma lista de dicas de leitura interessantes “inspiradas” nas minhas buscas passadas, um exemplo famoso de uso da Inteligência Artificial. Mas, isso parece ser apenas uma fração do que essa tecnologia, que ainda está nascendo, poderá oferecer a indústria de marketing digital. Além de recomendar produtos similares, já existem tecnologias de machine learning que podem, por exemplo, reconhecer vozes e faces.

inteligencia-artificial-contato-marketing-cliente-maquina

Pense em interfaces que permitem interação. Há uma década, quem imaginaria que poderíamos comprar uma passagem de avião simplesmente conversando com uma tela? Atualmente já existem chatbots que são capazes de comparar e recomendar as melhores possibilidades de passagens de avião e enviar e-mail marketing automatizado exclusivamente com as ofertas que serão mais chamativas para cada cliente, dado as buscas que ele fez no site e as interações que ele teve no chat.

Um relatório elaborado pela empresa Tratica estima que até 2025 serão gerados aproximadamente US$36.8 bilhões de receita através de inteligência artificial.

Com base nisso, selecionamos algumas áreas que a IA pode e deve auxiliar o marketing digital:

1 – Suporte de venda mais personalizado:

Imagine Chatbots que fazem parte de apps como o Facebook Messenger e WhatsApp. Eles poderiam recomendar produtos com base em interações passadas e buscas simples. Além disso, a IA pode auxiliar e melhorar a experiência de usuários no processo de compras online e de resolução de problemas.

2 – A experiência web pode ser melhorada e o posicionamento de anúncios pode ser melhorado:

Com a atenção dos usuários cada vez mais dividida é de se esperar que a IA possa auxiliar na segmentação e posicionamento de anúncios para compra de mídia. Algoritmos como o Google’s RankBrain já fazem um pouco disso, mas, no futuro, é de se esperar que a IA auxilie em:

  • Aumentar a relevância de anúncios: Mídia programática é o uso de tecnologia para realizar a compra e venda de mídia através de uma série de dados que são disponibilizados. Porém, como esse processo depende amplamente de variáveis como localização e histórico de buscas, os anúncios que atualmente são exibidos ainda são extremamente impessoais. Com a evolução da AI, os anúncios vão poder ser personalizados de acordo com perfis mais precisos. Por exemplo, os anúncios podem aprender a evitar usuários que não respondem a tipos e formatos específicos de anúncio.
  • Melhorar a experiência on-site: Como a AI pode auxiliar na segmentação e apresentação de anúncios é de se esperar que a experiência em páginas de destino que exibem anúncios melhorem. Com isso o engajamento de usuários deve aumentar já que eles não serão expostos a uma infinidade de anúncios irrelevantes.

3 – Reconhecimento de imagens pode ser uma opção de busca:

Reconhecimento de imagens é um tópico cada vez mais em alta dentro do mundo da Inteligência Artificial. Machine Vision é a habilidade de softwares de reconhecerem faces, objetivos, ações, escritas e até mesmo lugares. Para ilustrar, pense na nova câmera TrueDepth da Apple disponível no iPhone X, que utiliza de reconhecimento facial para destravar o smartphone.

Mas, a solução da Apple é apenas o início. No futuro, Machine Vision pode auxiliar profissionais de marketing a criarem soluções que permitam busca por produtos através de fotos. Por exemplo, se você está precisando comprar calças para utilizar com uma camisa social que já possui, você poderia subir uma foto da sua camisa social e automaticamente um software te recomendaria calças que combinam com aquela camisa.

4 – Reconhecimento de voz vai ser o novo CTA:

A Gartner prevê que mais de 30% das buscas vão ser feitas sem uma tela até 2020. Considerando quão populares as interface como a Siri e a Cortana são atualmente, essa previsão parece estar se tornando verdadeira. Cada vez mais usuários estão utilizando controles de voz para a realização de tarefas diárias e navegação em aplicativos móveis.

Com base em tudo que falamos acima, é de se esperar que a Inteligência Artificial revolucione a forma como os profissionais de marketing interagem com seus clientes, deixando tudo mais simples e eficiente.

E você, acredita que a Inteligência Artificial pode realmente mudar o Marketing Digital como conhecemos atualmente? Deixe sua opinião nos comentários abaixo! :)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">