Entenda o que é Tecnologia de Negócios (TN), a evolução da TI tradicional

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Ao longo dos últimos anos, a tecnologia evoluiu a passos extremamente largos. Os primeiros computadores pessoais datam da década de 1980. A internet como a conhecemos estava dando os seus primeiros passos nos idos de 1990. Nos primeiros anos do novo milênio, tivemos o surgimento dos smartphones e o conceito de aplicativos. A partir de 2010, já estávamos tão acostumados com tanta tecnologia que era estranho imaginar um mundo sem ela.

À medida que o tempo passava, as empresas passaram a utilizar cada vez mais as evoluções tecnológicas. Novos serviços e dispositivos passaram a fazer, aos poucos, parte do crescimento das corporações. Isso foi acontecendo até o momento em que o conceito do próprio negócio começou a se misturar com o das tecnologias utilizadas. Neste momento, a Tecnologia da Informação (TI) deixou de ser acessória e passou a ser parte integrante na construção de uma empresa. É neste momento que surge o conceito de Tecnologia de Negócios.

O que é Tecnologia de Negócios?

1-tecnologia-de-negocios-tn

A Tecnologia de Negócios, ou TN, é a nova era na qual as empresas estão inseridas. No passado, os aparatos tecnológicos ajudavam as corporações a se desenvolverem, mas não era, em essência, indispensáveis para a evolução. Hoje, porém, iniciar um empreendimento sem contar com a ajuda da tecnologia é um suicídio. É assinar o atestado de que a iniciativa não dará certo.

Na era da TN, os negócios são criados ao redor de novas tecnologias. São as inovações que impulsionam e permitem a criação de novos negócios. Um empreendedor que inicia uma empresa tem em mente, antes de muitos outros aspectos antes considerados essenciais, as ferramentas tecnológicas que irá utilizar para alavancar o seu empreendimento. Nada de pensar no plano de negócio, público alvo, mercado. Tudo isso é importante, mas é a tecnologia que vem em primeiro lugar dentro da era da TN.

As empresas que nasceram na era da Tecnologia de Negócios

2-tecnologia-de-negocios-tn

Para entendermos melhor o conceito de TN, nada melhor do que conhecermos algumas empresas que já nasceram imersas nessa era. Uber e Airbnb são exemplos clássicos de companhias que soubera aproveitar a tecnologia para desenvolver seus negócios próprios.

Quando você pensa na Uber, o que você imagina? Uma empresa de caronas? Na verdade, ela é uma empresa de tecnologia. Afinal, ela soube reunir diversas ferramentas tecnológicas para criar um negócio próprio. Quando ela surgiu, os carros já existiam. Os mapas de navegação também não eram novidades. Os smartphones já começaram a cair no gosto dos usuários. Tudo o que ela precisou fazer foi unir as pontas para criar o seu próprio nicho, que em seguida foi seguido por outros players do mercado. E tudo isso sem possuir um único carro em sua propriedade

Com o Airbnb não foi diferente. As pessoas já estavam se acostumando a usar os smartphones e outras tecnologias de compartilhamento. Para começarem a compartilhar suas casas e quartos só foi preciso uma empresa que oferecesse uma plataforma para isso. Foi nesse contexto que o Airbnb nasceu, utilizando ferramentas tecnológicas para criar a maior rede de hospedagem do mundo. E tudo isso sem possuir um quarto de hotel sequer.

Percebe como essas empresas foram disruptivas na criação de seus negócios? Sem a tecnologia, elas jamais existiriam. A inovação não é algo acessório a elas. Faz parte do “DNA”, está inserido no próprio cerne de criação dessas corporações. É por isso que esta era é chamada de Tecnologia de Negócios. Os negócios são criados com base nas tecnologias e não mais o contrário.

As 5 tecnologias que devem impulsionar a criação de novos negócios

3-tecnologia-de-negocios-tn

Agora que já entendemos o conceito de TN (e a importante diferença da TI tradicional), está na hora de entendermos quais serão as próximas tecnologias que serão usadas pelas empresas na criação de novos negócios. É verdade que algumas empresas já utilizam essas ferramentas já estão surgindo, mas é provável que estejamos prestes a ver um forte crescimento no número de negócios desse tipo.

1. Chatbots

Os chatbots já são usados por algumas empresas no atendimento de clientes. Porém, ainda não vimos um uso massivo e direcionado dessa tecnologia. Os chatbots podem simplesmente substituir completamente algumas tarefas e atividades que os seres humanos realizam. Se a troca de mensagens por textos já é dominada por eles, em breve veremos eles invadindo as chamadas por voz e até atendimentos pessoais.

Parece coisa de filme de ficção científica, mas não se surpreenda se, daqui alguns anos, você chegar em um estabelecimento e for atendido por um robô. Essa máquina estará equipada para atender a todas as suas demandas e provavelmente poderá fazer isso muito melhor do que um ser humano normal.

2. Internet das Coisas

Internet das Coisas é o conceito que tenta trazer a conectividade a objetos que antes só estavam conectados à tomada. Eletrodomésticos, eletrônicos e até móveis podem estar ligados a internet e trazer informações úteis aos seus donos.

Essa é outra cena que parece coisa de filme de ficção: a pessoa acorda, vai até o banheiro e lê as notícias mais importantes do dia diretamente no seu espelho. Depois de se aprontar, vai para a cozinha beber o café que já foi previamente preparado pela cafeteira. Antes de sair, ele confere a geladeira que já fez um relatório completo daquilo que está em falta e precisa ser comprado.

Essa será a nossa vida depois que a Internet das Coisas chegar ao seu ápice.

3. Big Data

Quantidades massivas de dados representam o conceito chamado de Big Data. Mas qual é a sua utilidade? Diversas. Com base em uma quantidade gigantesca de informações brutas, autoridades podem descobrir onde haverá novos surtos de doenças ou identificar quais são as próximas zonas perigosas de uma cidade. Uma empresa que analisa uma grande quantidade de dados de clientes pode propor soluções que atentam as suas demandas sem precisar fazer uma pergunta sequer para eles.

O Big Data nada mais é do que uma quantidade extremamente grande de dados que pode dar muitas repostas. Só é preciso fazer as perguntas certas e saber extrair essas informações da base.

4. Inteligência Artificial

Outra cena de filme de ficção: uma empresária pede ao seu “smartphone” para que seja marcado um horário no salão, e que a próxima reunião seja reagendada para depois desse compromisso. Não foi o smartphone que realizou essas atividades. Foi a inteligência artificial que equipa o aparelho e foi capaz de interpretar cada comando recebido.

Hoje, graças aos assistentes virtuais, nós já podemos experimentar um pouco dessa sensação. Porém, ainda estamos longe de vivenciar a aplicação da verdadeira inteligência artificial, que depende diretamente da próxima inovação tecnológica.

5. Aprendizagem computacional

Andando praticamente de mãos dadas com a inteligência artificial, a aprendizagem computacional (ou machine learning, como é conhecida em inglês) é o que vai permitir o crescimento exponencial da máquina. Os sistemas passarão a ter a capacidade de aprender sozinhos e criar interpretações com base nos modelos que eles próprios vão criar.

Dessa forma, o aprendizado supervisionado (técnica usada atualmente para ensinar máquinas e sistemas) poderá deixar de ser usado, dando lugar a aprendizagem computacional automatizada. Quando isso acontecer, é até difícil imaginar as novidades que vamos experimentar. Com certeza serão inovações que hoje não saberíamos descrever.

A Tecnologia de Negócios é o hoje

4-tecnologia-de-negocios-tn

Ao ler a respeito das tecnologias que vão protagonizar a era da TN, é provável que você esteja pensando: “mas tudo isso já é uma realidade hoje”.

Sim, você não está enganado. Todas essas inovações, em diferentes graus, já estão presentes em nossa sociedade. E muitas outras ainda poderão fazer parte dessa revolução, como experiências imersivas (realidade virtual, aumentada e mista), Blockchain e a nossa velha conhecida Computação em Nuvem.

É por isso que não é exagero dizer que já estamos vivendo há algum tempo na era da Tecnologia de Negócios. E se você não entendia esse conceito ou não conhecia as tecnologias que estarão presentes nesse período, saiba que você pode ser um profissional de TI que será deixado para trás. Portanto, corra atrás e procure entender quais serão as inovações que a TN e suas ferramentas trarão para a nossa sociedade.

Pense nisso!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">