CEO, CFO, COO: entenda o significado e atribuições dos principais cargos executivos

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

CEO, CFO, CMO, CSO, COO… É muito provável que você já tenha ouvido ou visto alguma dessas siglas. E é bem provável que você até saiba o significado de algumas delas. Porém, você sabe diferenciar exatamente cada uma dessas letras e as funções, responsabilidades e cargos a quais elas se referem?

Se a sua resposta for não, não se preocupe. Essa não é uma tarefa trivial. Afinal, estamos falando de algumas siglas que ainda estão desembarcando por aqui. O significado de CEO muitos provavelmente já conhecem. Mas o que faz o COO? E o CSO? Esses também são profissionais essenciais para algumas empresas, especialmente aquelas de grande porte e com estruturas bem verticalizadas.

Outro fator que acaba colaborando para a confusão é o fato de essas serem siglas para palavras em inglês. Porém, como já foi dito em um artigo aqui do PTI, dominar o idioma americano não é mais diferencial, mas sim uma obrigação. Portanto, isso não é mais uma desculpa :)

Neste artigo, vou explorar o conceito dos principais cargos de executivos das grandes empresas. Além disso, também vou mostrar as principais responsabilidades e atribuições de cada um dos cargos e como eles se relacionam entre si.

CEO (Chief Executive Officer)

1-ceo-cfo-coo-significado

O Diretor Executivo (ou Diretor Geral) é o cargo que está no topo da hierarquia operacional dentro de uma organização. Trata-se do cargo máximo que muitos profissionais gostariam de alcançar. Geralmente é o CEO que estampa a capa das revistas e os sites de notícias, mas também é ele quem assume as responsabilidades caso a empresa não esteja com uma performance muito boa.

Principais atribuições:

  • Gestão e outros executivos e líderes dentro da organização
  • Criação, comunicação e implementação da visão da empresa
  • Intermediar a comunicação com os acionistas
  • Formulação e implementação do plano estratégico para guiar o negócio
  • Atração e retenção de novos talentos
  • Tomada de importantes decisões corporativas

CFO (Chief Financial Officer)

O CFO, também conhecido como Diretor Financeiro, é o profissional responsável por gerir e comandar o planejamento financeiro de uma organização. Pode-se dizer que é ele quem dá a cartada final para as decisões envolvendo o dinheiro, o que é decido junto com o CEO.

Principais atribuições:

  • Garantir a efetiva gestão financeira dos recursos
  • Analisar e sugerir investimentos
  • Cortar e definir gastos
  • Administrar o capital de giro
  • Apresentar o orçamento a ser aplicado dentro da organização

CIO (Chief Information Officer)

2-ceo-cfo-coo-significado

Gerente de TI, Superintendente de TI ou Diretor de TI é responsável por toda a parte de informática da empresa. É esse o profissional que se responsabiliza pelo correto uso das informações digitais dentro da organização, bem como a organização e implementação de políticas relacionadas aos dados.

Principais atribuições:

  • Elevar o potencial da TI
  • Supervisionar e implementar novos processos e produtos de TI
  • Administrar os recursos de TI

CMO (Chief Marketing Officer)

O Diretor de Marketing é o profissional responsável por coordenar e administrar todas as ações de marketing da companhia. Trata-se de um cargo bastante presente em agências de publicidade, já que é um ramo que lida muito com campanhas de comunicação.

Principais atribuições:

  • Pensar no plano de marketing da organização
  • Gerenciar verbas para campanhas
  • Recrutar e gerenciar equipes de marketing
  • Mensurar e analisar o retorno de ações de marketing

COO (Chief Operating Officer)

3-ceo-cfo-coo-significado

Diretor de Operações é considerado o braço direito do CEO e é o responsável por cuidar de perto do negócio da empresa. É comum assumir que o Direto de Operações virá a ser o próximo CEO, caso o atual esteja em vias de se movimentar hierarquicamente para outra posição.

Principais atribuições:

  • Ajudar e aconselhar o CEO em suas atividades e obrigações
  • Liderar equipes de diversas áreas
  • Cuidar do controle de qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela empresa
  • Implementar o plano estratégico da companhia

CTO (Chief Technical Officer)

O Diretor Técnico ou Diretor-Chefe de Tecnologia, mais presente em empresas da área de TI e indústrias, é o responsável por dirigir as ações tecnológicas ou científicas da empresa. Trata-se de um cargo que pode gerar um pouco de confusão quando associado ao CIO.

Principais atribuições:

  • Analisar e atender as necessidades tecnológicas da organização
  • Coordenar equipes de suporte
  • Documentar processos da área de TI
  • Implementar projetos e planos de tecnologia dentro da empresa

CSO (Chief Security Officer)

4-ceo-cfo-coo-significado

Da mesma forma que o CTO, o Diretor de Segurança é um profissional que geralmente se confunde com o CIO. Isso porque os três cargos, de uma forma ou de outra, acabam trabalhando com tecnologia. Porém, o foco do CSO é totalmente voltado para a segurança.

Principais atribuições:

  • Criar e implementar políticas de segurança
  • Incentivar boas práticas de segurança
  • Elaborar e acompanhar regras de compliance
  • Prevenir e remediar ações que promovam a estabilidade do negócio

CHRO (Chief Human Resources Officer)

O CHRO, ou Diretor de Recursos Humanos, é o profissional responsável pelo setor de RH dentro das organizações. Embora não seja comumente associado a este cargo, muitos se enquadram nessa categoria, mas não se autodenominam dessa forma por não se tratar de um cargo efetivamente executivo.

Principais atribuições:

  • Atração e retenção de talentos
  • Criação e implementação de políticas para benefício dos colaboradores
  • Processo de contratação e desligamentos
  • Promoção de um bom relacionamento entre empregados

CLO (Chief Legal Officer)

O Diretor Jurídico é o profissional responsável por proteger legalmente a empresa e garantir que as estratégias da organização atendam a todas as questões jurídicas. Trata-se de um cargo um pouco mais raro nas companhias, mas extremamente importante em alguns setores.

Principais atribuições:

  • Fornecer amplo amparo jurídico a organização
  • Definir estruturas legais a serem seguidas nas estratégias
  • Defender a companhia em disputas judiciais
  • Orientar a organização em questões jurídicas
AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

2 Comentários

Kayan
1

Excelente artigo Eduardo.

Porém faltou um cargo muito comum nas empresas aqui no Brasil, o “MDC”… muito conhecido também como “Menino Do Computador” kkkkkkkkkkkk.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">