Agile Think® Business Framework: Uma proposta para o design e gestão de produtos englobando do estratégico ao operacional – Parte 5

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Olá amigos do PTI,

Neste artigo dou continuidade a série de artigos sobre Agile Think® Business Framework, uma proposta para auxiliar Product Owners, Business Owners, analistas de negócios, gerentes de produtos e afins no design e gestão de produtos.

Relembrando os artigos anteriores:

Neste artigo, vamos entender os processos de entendimento de como transformar a ideia desenvolvida nas etapas anteriores em um planejamento inicial estruturado através da etapa Inception.

agile_think_business_framework_artigo_5_1

A etapa de Inception é dividida em duas sub etapas:

  • Desenvolver o Produto: Nessa sub etapa, é preciso realizar o desenvolvimento dos requisitos de forma ágil e enxuta, para estabelecer um conjunto mínimo de informações que serão utilizadas na próxima sub etapa do Agile Think® Business Framework, a qual definirá um Produto Mínimo de Valor (MVP). O processo inicia com a definição da Visão do Produto. Nessa etapa, o representante do negócio apresenta a visão e quais as metas de negócio devem ser atingidas. Com isso é feita uma priorização dos objetivos de negócio a serem alcançados pelo produto e com essa ordenação são escritas as Histórias do Usuário e seus respectivos wireframes.
  • Definir MVP: Nessa sub etapa do Agile Think® Business Framework existe um objetivo claro de trabalho, o qual deve culminar com a aprovação dos artefatos gerados pela equipe de negócios pelo cliente, preparando tudo que for necessário para definir um produto mínimo de valor com potencial para ser planejado na etapa seguinte do método. Nessa etapa já temos insumos suficiente para estabelecer o conjunto mínimo de informações necessárias para definição do produto que será construído pela equipe. As fases anteriores do método permitiram que boa parte dos requisitos do produto fossem descritos, priorizados e prototipado. Agora, cabe ao representante do cliente validar os ativos e documentos já gerados e seguir com o refinamento dessas informações.

Neste artigo o foco será mantido na sub etapa Desenvolver o Produto.

agile_think_business_framework_artigo_5_2

A sub etapa Desenvolver o Produto é composta por quatro processos:

  • Visão do Produto: A definição clara da visão do produto passa pelo conhecimento para que serve o produto que será gerado. Isso representa um enorme ganho que se tem quando iniciamos um planejamento. Definir a Visão do Produto nada mais é que ter o conhecimento das necessidades do cliente, que quanto mais bem entendidas, mais clareza é dada ao time, que com isso consegue enxergar as oportunidades que se a abrem durante o desenvolvimento e que podem ser melhor aproveitadas. Podemos dizer que o entendimento do produto já está bem num estágio bastante avançado e neste momento precisamos passar esse conhecimento adiante, principalmente para o time do projeto, o qual inicia seu trabalho.
  • Mapear Features: O mapeamento de features é uma atividade da Inception em que o time realiza o agrupamento das funcionalidades por similaridades comuns entre elas, auxiliando na compreensão de como o produto está composto. Essa organização do conhecimento sobre o produto permite que o time entenda o que precisará ser construído. Para realizar esta atividade é recomendado utilizar o Story Mapping realizado durante o processo de Definir o Produto e organizar seu conteúdo. Para entender o critério utilizado para o agrupamento, para cada feature é recomendável que se faça uma descrição com uma frase sucinta que declare de forma unívoca os benefícios a serem atingidos pelo usuário.
  • Priorização do Negócio: A priorização de negócio é uma atividade que nos remete a responder algumas perguntas tais como: o que o cliente deseja prioritariamente do novo produto? Como será a ordem de desenvolvimento deste produto? Quais são os Épicos mais importantes para o cliente? O que é prioritário para o negócio? O que é o mínimo necessário para disponibilizar uma versão para testes do produto? A aplicação das dinâmicas de priorização deve estar ligada à capacidade de geração de valor e capacidade do time de atender as demandas. Todos os ativos do produto devem ser estudados tanto do ponto de vista do cliente, como do negócio. Esse mapeamento possibilita uma melhor compreensão daquilo que vale ou não a pena ser construído e estas informações serão utilizadas para definir o Produto Mínimo de Valor (MVP) que será desenvolvido.
  • Definição de Protótipos: A atividade de prototipação é voltada à definição e detalhamento das principais interfaces do produto. Neste processo serão materializadas as interfaces do produto, mostrando como será feita a interação entre o usuário e o produto. No que tange ao Agile Think® Business Framework, esta é o processo em que é realizado a definição da parte visual do produto. A prototipação para ser efetiva, deve ser aplicada em conjunto com um profissional de UX (User Experience), pois se trata de um especialista na construção dos modelos e é quem pode auxiliar o cliente e os demais membros da equipe de negócios a entender a dinâmica do produto de uma forma visual. Além de elucidar melhor o negócio, o profissional de UX auxilia no entendimento dos requisitos, permitindo a todos uma melhor definição dos itens de negócio que ainda não foram detalhados.

No próximo artigo da série, darei continuidade à etapa de Inception, detalhando a sub etapa de Definir MVP.

Abraços e até o próximo artigo! ;-)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Vitor Massari

Mais artigos deste autor »

Profissional com mais de 15 anos de experiência em projetos de software. Sócio-proprietário da Hiflex Consultoria, profissional PMP e agilista, acredita no equilíbrio entre as várias metodologias e frameworks voltados para gerenciamento de projetos.
Lema: "Agilista convicto sempre, agilista obcecado jamais"


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">