Cloud Computing: afinal, o que é Jornada para Nuvem?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Você já deve ter ouvido falar sobre computação em nuvem, certo? Cada vez mais negócios de todos os portes estão colocando suas operações na nuvem por alguns motivos, tais como: segurança, flexibilidade e acesso às tecnologias mais recentes do mercado de forma simples.

Isso por que o custo de gerenciamento e atualização de uma infraestrutura própria é alto e demanda conhecimento multidisciplinar, algo não encontrado comumente nas empresas.

Quando falamos de Jornada para Nuvem é preciso pensar de forma ampla nos requisitos da sua empresa, isso por que sua operação toda pode ser afetada durante uma migração de infraestrutura. Na prática, uma migração planejada tende a mitigar os riscos, além de aumentar a garantia de que nenhum dado será perdido durante a mudança. 

cloud-computing-binario-jornada-nuvem

Mas como fazer este levantamento de forma efetiva? 

Para quebrar o ciclo vicioso de “migração instantânea” é importante considerar a criação de um calendário para o plano de migração, pois, na prática, em um cenário ideal, suas aplicações não devem sofrer uma mudança de chave imediata para a nuvem. Dessa forma, lembre-se de considerar os pontos destacados abaixo para iniciar a avaliação do seu ambiente com o pé direito: 

  • Quantidade de memória RAM utilizada atualmente de fato;
  • Quantidade de storage utilizada em seu ambiente atual;
  • Qual o total de vCPU atual;
  • Qual a velocidade do link de conexão.

Estes são alguns dos principais pontos que devem ser levantados antes de criar um plano que deverá incluir atividades como:

  • Etapa de replicação do ambiente;
  • Fase de testes e homologação;
  • Ajustes para melhora de performance e otimização de recursos.

Dado a complexidade destes tópicos, deixo aqui para você a recomendação de leitura deste artigo, nele você irá encontrar tudo que precisa saber sobre análise e renovação de sua infra de T.I. 

Por que o planejamento da minha Jornada para Nuvem é tão importante?

É comum encontrarmos no mercado empresas que tiveram experiência de migrações frustradas de seus ambientes para nuvem e voltaram a utilizar sua infra própria por conta de erros como um ambiente mal estimado, problemas com link, perda de dados durante o processo ou até mesmo incompatibilidade de aplicações.

Isso acontece devido ao grande mito da “virada de chave instantânea” entre o ambiente atual do cliente para o do provedor de cloud. Esse tipo de situação, além de gerar um trauma para a operação em relação a cloud computing, gera um investimento muito maior do que o necessário para o negócio, que além de investir novamente em sua infraestrutura, acaba gerando uma demanda que será descartada pela operação por não atender a necessidade de seu time. 

Na prática, se você está colocando sua infra em um provedor de cloud e ainda não fez o planejamento da sua jornada para nuvem, existe um grande risco de que você seja surpreendido por empecilhos que podem atrapalhar a sua operação e colocar em risco seus planos.

Um dos grandes diferenciais da computação em nuvem são os ganhos com segurança, disponibilidade e redução de custos, mas isso pode ser comprometido se a jornada para nuvem não for corretamente desenhada em conjunto com seu provedor. A garantia do sucesso de sua jornada para nuvem está ligada diretamente com a qualidade do planejamento e cronograma, bem como pela execução realizada por profissionais com experiência abrangente, capaz de superarem os desafios que irão surgir durante o processo.

Tendo uma avaliação correta de seu ambiente e o suporte adequado para executar todos os passo primordiais que garantem que sua jornada para nuvem será tranquila e segura, seu negócio estará pronto para desfrutar de um ambiente com menos latência e alocação de recursos de acordo com a necessidade e momento do seu negócio.

A partir desse ponto, seu negócio poderá começar a planejar a inclusão de tecnologias que fazem parte da tão falada Indústria 4.0 para aumentar a performance e a produtividade, além de reduzir seus custos operacionais.

Você pode conhecer mais sobre como elas podem transformar a realidade do seu negócio neste infográfico.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Luiz Fernando de Souza

Mais artigos deste autor »

Diretor na Binario Cloud, uma empresa inovadora que entra no mercado com as melhores soluções de computação em nuvem. Com mais de 13 anos trabalhando na construção de negócios em TI, com foco no uso de canais escaláveis para geração de vendas.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">