Como ganhar dinheiro trabalhando como programador freelancer?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Trabalhar em casa, sem precisar enfrentar o trânsito e poder fazer os seus próprios horários, é o sonho de muita gente. O desenvolvimento web é uma das áreas que mais oferece oportunidades para freelancers dentro do mercado de TI. E não estou falando somente sobre ter uma renda extra – é totalmente possível ganhar dinheiro para ter uma vida confortável sendo programador freelancer e muitas pessoas já estão fazendo isso.

Se você tem interesse sobre o assunto veja abaixo informações relevantes para quem está iniciando a carreira como freelancer ou para quem já é programador e quer ganhar uma graninha extra. Confira!

carreira-programador-freelancer-programmer-freela

O que é um programador freelancer?

É muito comum que se confunda trabalho freelancer e trabalho remoto, mas existem diferenças entre eles. É possível ser um funcionário remoto, ou seja, trabalhar em casa tendo um vínculo empregatício com uma empresa.

O freelancer, ou apenas freela, é o profissional autônomo que presta serviço para pessoas físicas ou jurídicas por determinados períodos de tempo. Ele pode fazer isso na sede da empresa, porém, na maioria das vezes, atua em home office. Também é viável ser freelancer apenas nas horas vagas, com o objetivo de aumentar a renda, ou trabalhar dessa maneira em tempo integral.

O que é preciso para ser um desenvolvedor freela?

Graduação não é uma exigência para a maioria das oportunidades da área. Os contratantes estão muito mais interessados em encontrar um/a profissional que vai conseguir entregar seus projetos do que com o diploma que a pessoa tem.

Observe, a seguir, algumas habilidades e ferramentas importantes para conseguir sucesso como freelancer na área de programação:

Organização

É inevitável acumular funções quando se é freelancer. Você será responsável por encontrar e conversar com os clientes, precificar os serviços, fazer orçamentos, contratos e o controle das finanças, além, é claro, de programar. Sendo assim, organização para conseguir fazer tudo isso é fundamental.

Ferramentas

Para facilitar a sua vida como freelancer, é essencial ter um computador que rode com facilidade os programas necessários para desenvolver os projetos. Uma boa internet e os acessórios para fazer chamadas em vídeo também não bem-vindos – muitos contratantes sentem a necessidade de fazer uma entrevista antes de fechar o contrato.

Disciplina

Não ter um chefe fazendo cobranças a todo momento é uma das grandes vantagens de ser freelancer, certo? Essa característica, no entanto, pode se tornar um problema quando o freelancer não consegue ter disciplina.

Existem inúmeras distrações: redes sociais, filmes, filhos, livros, pets e é preciso ter cuidado para não procrastinar o dia inteiro e acabar atrasando os projetos. Ter foco é indispensável!

Conhecimento

O diploma não é necessário, mas isso não significa que um programador freelancer não precisa estudar e fazer cursos. Muito pelo contrário, ler sobre o mercado, as novas tecnologias e buscar novas maneiras de aperfeiçoar o trabalho deve fazer parte da sua rotina.

Quais são as melhores plataformas para programadores freelancers?

Existem plataformas que conectam quem precisa de determinado serviço com freelancers. A maioria delas são gratuitas, mas concedem benefícios para quem paga planos. Basta preencher o cadastro com as informações e habilidades pessoais para poder enviar propostas e buscar oportunidades.

Veja os principais:

Onde mais é possível encontrar clientes?

As redes sociais também são aliadas importantes para os freelancers, bem como as indicações de clientes. Vale a pena investir tempo para construir o seu próprio site, um portfólio com informações de contato e trabalhos realizados.

Principalmente quando o objetivo é atuar como desenvolvedor de web sites, o seu site é uma oportunidade de demonstrar as suas habilidades profissionais. Invista em um layout e navegabilidade que impressionem os usuários.

Perfis nas redes sociais também são interessantes para facilitar a comunicação com os clientes. Neles, não se esqueça de manter o profissionalismo, evitando, por exemplo, responder ou chamar clientes fora do horário comercial.

Como ser um programador de sucesso?

Não existe fórmula mágica e é natural que cada programador encontre a sua maneira ideal de trabalhar com o passar do tempo. Entretanto, algumas dicas podem ser úteis para que você evite erros básicos que outros profissionais já cometeram.

Defina sua área de atuação

Quais são os conhecimentos e habilidades que deseja trabalhar no momento? Além das questões técnicas, como as linguagens de programação que você domina, se vai ser back-end, front-end (ou full-stack), fazer sistemas mobile, web ou ambos, é preciso pensar em como você quer atuar.

É possível trabalhar em projetos longos, atender uma única empresa como freelancer ou fazer apenas pequenos jobs para diversos clientes diferentes. Entender em qual modelo de trabalho você se sente mais confortável, facilita a busca e melhora a sua performance.

Cuide do seu corpo e mente

A pressão de ter que fazer o seu salário e de poder trabalhar por quanto tempo quiser, faz com que muitos desenvolvedores passem várias horas na frente do computador. O hábito é prejudicial para o corpo, a mente e, consequentemente, para os projetos.

Trabalhar com códigos é muito cansativo e ficar com os olhos pregados na tela do computador também. Por isso, é importante ter pausas para o descanso, levantar da cadeira, praticar exercícios físicos, comer alimentos saudáveis, acessar suas redes sociais, conversar com amigos, etc.

Faça contratos

Não receber pelo serviço que fez é uma das maiores dores de cabeça de qualquer freelancer. Apesar de não resolver o problema, fazer um contrato de prestação de serviço torna mais fácil realizar a cobrança dos valores por via judicial. 

Além disso, o documento descreve com detalhes o que será feito, os prazos, e prevê as consequências do cancelamento do acordo – informações que podem ser muito úteis para evitar problemas no futuro.

Busque trabalhos no exterior

Se você manja da língua inglesa (preferencialmente MUITO), uma dica bacana é buscar projetos fora do país, em sites gringos. Além da possibilidade de poder trabalhar em projetos desafiadores, pense, você receberá em dólar (ou Euro), o que não é nada mal.

Finalizando…

Uma das principais características para ser um bom programador (freelancer ou não) é estar sempre em busca de conhecimento. A Tecnologia da Informação é muito dinâmica e é imprescindível atualizar-se constantemente. Como vimos, não é fácil, mas é absolutamente viável conseguir ter sucesso e qualidade de vida como freela.

Espero que essas informações ajudem ou encorajem você a ganhar dinheiro como programador freelancer. Se gostou, compartilhe o conteúdo com os seus amigos nas redes sociais!

Sucesso!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Dennis Ventapane

Mais artigos deste autor »

Profissional de Biofísica com foco em Bioinformática, passou 5 anos trabalhando na pesquisa biomédica. Mas, após isso, descobriu sua paixão: o Marketing Digital. Dennis Já tem 2 anos de experiência com Marketing de Conteúdo, SEO, Inbound Marketing, Copywriting e escrita criativa. Promete escrever os melhores conteúdos que você já viu na vida, sempre com muita proximidade.


1 Comentários

AvatarLilian Fernandes
1

Quero conhecer plataformas para programadores freelancers internacionais / ou que atuem nos Estados Unidos / Canada.
Obrigado.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">