Só se consegue Alto Desempenho com Métricas!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Time,

Vocês são capazes de responder de pronto as seguintes perguntas?

  • Quanto horas líquidas você está estudando por ciclo (Semanal ou Quinzenal)?
  • Qual é a distribuição desse tempo entre as disciplinas?
  • Essa distribuição de tempo é proporcional ao seu nível de deficiência nas disciplinas?
  • Desse tempo, qual percentual é dedicado para resolução de questões?
  • Você tem certeza de que não está deixando de lado alguma disciplina (por exemplo, a discursiva)?
  • Quanto simulados você faz por ciclo?

Muitos de vocês vão dizer que não conseguem responder tais perguntas. Ainda, alguns vão perguntar se isso é possível/necessário. Pois saibam que os concurseiros altamente competitivos conseguem! Como?

Medindo é claro!

grafico-ciencia-dados-analise-preditiva-dados-bigdata

A gente estuda tanta Governança de TI, decora as Metodologias, elabora Mapas Mentais, etc. Porém, esquecemos de aplicar esses princípios ao nosso projeto atual mais importante: passar em um concurso de ponta!

– Tudo bem, Walter, já entendi que é importante, mas como medir isso?

Ora, da forma que lhe for mais prática, desde que você efetivamente meça! Eu, por exemplo, usava uma planilha de Excel (o HBC Claculator Tabajara), instrumento base da minha orientação.

Com o monitoramento das métricas (e muita dedicação) você minimiza aquela sensação de que não está saindo do lugar ao registrar sua evolução. Como consequência, tende a minimizar O Inimigo No 1 do Concurseiro Competitivo.

Ressalto, no entanto, que é ela apenas uma sugestão e que DEVE ser adaptada à sua realidade: adaptando matérias, criando novas métricas, dosando os fatores de ponderação… Enfim, deixando com a sua cara. Ou melhor, com a cara das suas necessidades!

E a última pergunta:

– Mas, Walter, como vou saber se eu estudei o suficiente?

O suficiente eu não sei, mas, usando o HBC você terá a certeza de que aquilo que estudou foi bem distribuído com base em suas necessidades.

Fica a dica! Segue quem quer!

Gostaram do Artigo? Possui alguma dica complementar? Que tal compartilhar conosco nos comentários? 

Bons Estudos! #Tmj!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">