Teste de Software: o que é e como garantir a qualidade de um software

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O teste de software representa uma etapa de extrema importância para que o software seja construído de forma que funcione corretamente e atendas às expectativas dos usuários.

O processo de validação e testes exige a utilização de diversas técnicas que visam as diferentes formas de validar os principais aspectos de software e garantir que as regras de negócio serão aplicadas corretamente, bem como a qualidade do software a ser entregue.

Garantir a qualidade do software realizando os testes necessários. Analisar a verificação e validação (V&V), detectar falhas, erros, análise de implementação das regras de negócio, layout fora do escopo de arquitetura estipulado. Os analistas de testes irão mensurar toda a interface gráfica e a funcionalidade, antes da entrega final ao cliente

Para que se possa garantir a qualidade do software, a confiabilidade e a satisfação do usuário, é essencial a participação da equipe como um todo, com o propósito de entregar um produto de alta qualidade. O teste inicia na equipe de desenvolvimento, quando os desenvolvedores ao implementarem as soluções realizam o teste de unidade da aplicação (componentes), logo o Product Owner realiza os testes exploratórios, e os QA-Testers efetuam testes de validação, avaliam os critérios de aceitação e elaboram relatórios de testes a fim de aprimorar o produto.

Para um bom desempenho da equipe de testes, é necessário que as histórias estejam bem escritas e de acordo com o planejado no início do projeto, pois com uma boa documentação nos garante a otimização de tempo desde o desenvolvimento até o momento onde o software será testado. O objetivo dessa estratégia é a adequação do software bem como ele se enquadra na normativa ISO/IEC 9126-1, no qual padroniza a avaliação de qualidade do software.

O que deve ser considerado em um teste de software? 

Em um teste são medidos os seguintes questionamentos:

  • Desempenho: Quantas ações são necessárias para o usuário completar uma tarefa básica?
  • Precisão: Quantos erros o usuário cometeu, se os erros foram fatais ou houve perda de dados ou informações.
  • Lembrança: Quanto intuitivo é o sistema? O usuário é capaz de lembrar os passos após um período sem utilizar o sistema?
  • Resposta Emocional: Qual o sentimento do usuário após utilizar o software?

Quais principais níveis de teste?

Aqui vamos destacar os três principais níveis:

  • Teste Unitário – É a fase onde cada unidade é testada individualmente, componentes, fluxo de processamento dos dados, entrada e saída das informações, para verificar a menor unidade do projeto. Esse tipo de teste é uma responsabilidade do desenvolvedor.
  • Teste de Integração – São testados componentes individuais dos sistemas e, em seguida, será testado um grupo, no qual permite determinar do desempenho dos componentes individuais como um conjunto sendo possível verificar possíveis problemas de interface e funções.
  • Teste de Aceitação – É a etapa final do ciclo de testes. Nessa etapa é avaliado se os requisitos do negócio foram atendidos, é avaliado possíveis interpretações errôneas, e a verificação se o software está executando todas as funções especificas corretamente. Após essa análise o software poderá ser encaminhado para a fase de produção.

As histórias a serem testadas devem as recomendações com seus respectivos papéis:

  • Gerente de TI/ Arquiteto – Valida a tecnologia da aplicação
  • Analista de Negócios – Prioriza o plano do produto, análise das regras de negócios, escrita e o layout do produto.
  •  Testador – Elabora do plano de testes, avalia critérios de aceitação e realiza o teste de aceitação do produto.
  • Product Owner – Faz o acompanhamento da funcionalidade do software. Ele também faz o teste do produto com a finalidade de avaliar os critérios de aceitação.
  • Desenvolvedor – Trabalha no desenvolvimento da aplicação, bem como na implantação do projeto e atua com a metodologia de teste unitário nas suas aplicações.

Cada etapa é fundamental para o processo de testes, pois para um teste bem sucedido é necessária uma integração concisa de todas as áreas envolvidas.

Planejamento nos testes de software

O setor de testes necessita de um planejamento para executar suas ações de qualidade, pensando nisso é necessário adotar três princípios básicos de aceitação para o software ter a qualidade esperada pelo usuário, e estes são: Funcionalidade, Layout e Ortografia/Tradução.

Vamos descrever a importância de cada princípio a fim de exemplificar a importância de cada item.

  • Funcionalidade: Respeitar as regras de negócio estabelecidas, funcionalidade dos componentes, bem como as validações do sistema que garantem as regras preestabelecidas.
  • Layout: Assegurar ao usuário uma boa resolução mínima de tela (HD), analisar a parte estética, e o quão intuitivo será cada botão, ícone e a navegabilidade.
  • Ortografia/Tradução: O sistema deverá vir com a tradução correspondente ao idioma nativo do usuário, sem erros de ortografia ou tradução.

O teste visa avaliar os dois elementos, o de verificação e validação, sendo que a verificação é o processo de avaliar o produto (especificações de requisitos, casos de teste etc.) e a validação permite avaliar o software durante e após o fim do desenvolvimento, com a finalidade de avaliar se o programa satisfaz as necessidades do usuário. O ciclo de vida de Testes de software, é um processo no qual possui etapas definidas a fim de garantir se as metas de qualidade de software foram cumpridas. As etapas são:

  • Requisitos: Documento de especificação de design do software, bem como os critérios de aceitação.
  • Planejamento: Definição da viabilidade do teste e as metodologias que serão utilizadas.
  • Análise: Estimativa dos testes, análise do ambiente a ser testado e  as histórias.
  • Execução: Executar os casos de testes como: bugs, defeitos nos componentes, layout fora do padrão especificado, erros de banco de dados etc.
  • Finalização: Casos de testes atualizados, relatórios com números precisos de erros encontrados e as melhorias implantadas.

Conclusão

  • O teste de software é um processo em que todas as unidades ou componentes de um software são testados.
  • O objetivo principal do teste do sistema é avaliar a conformidade do sistema com as necessidades especificadas.
  • Na Engenharia de Software, quatro níveis principais de teste são Teste de Unidade, Teste de Integração, Teste de Sistema e Teste de Aceitação.

Leia também

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">