Site Blindado S/A quer fortalecer ainda mais presença junto ao e-consumidor

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Site Blindado S/A – empresa que comercializa produtos no formato de serviços (SaaS – Software as a Service) e analisa vulnerabilidades em IPs de servidores, roteadores e outros dispositivos de rede por meio de testes para identificar as principais brechas de segurança para corrigi-las – disponibiliza na Internet um vídeo que oferece dicas de segurança ao consumidor que quer comprar pela web, mas se sente inseguro ao efetivar a compra com receio de vazamento de seus dados pessoais.

A iniciativa é proveniente da estratégia da companhia em orientar o consumidor que nevega pela web e ainda não realiza compras online e, com isso, incentivar as lojas virtuais a aumentarem sua preocupação com a segurança dos dados de e-consumidores. O objetivo está em aculturar toda cadeia de fornecimento do setor de comércio eletrônico, em relação à aplicação da segurança da informação na web como fundamental pelo varejo online.

“Buscamos aculturar o mercado na ponta do processo. Quanto mais o consumidor tiver acesso as informações que o façam exigir segurança do site, maior será a credibilidade deste mercado e, conseqüentemente maior será o número de compradores e menor o risco de complicação na relação marca-consumidor”, explica Mauricio Kigiela, Diretor do Site Blindado S/A.

Kigiela explica que a importância de posicionar o Site Blindado S/A como empresa que investe para o bem do setor (credibilidade do e-commerce) e para limpar o mercado de possíveis fraudadores (pessoas que acabam denegrindo) o mercado, gerando a falsa sensação de segurança.

Segundo pesquisa realizada pelo jornal britânico Financial Times e a Harris Poll, a maioria dos adultos com menos de 65 anos, nos Estados Unidos e em vários grandes países da Europa e na China, está preocupada com a segurança e a quantidade dos dados pessoais online, que podem ser acessados por pessoas que utilizam mecanismos de buscas, como Google ou Bing ou mesmo dados que podem ser acessados por pessoas que trabalham em provedores de acesso à internet.

No vídeo disponível pelo site da empresa http://www.siteblindado.com.br e no You Tube http://www.youtube.com/watch?v=Q6g4RGbPMFk, a companhia ressalta que o maior receio dos consumidores é passar o número do cartão de crédito na hora de efetivar uma compra virtual. O Site Blindado avalia que cerca de 70% dos consumidores apresenta essa insegurança, mas seguindo algumas dicas, a compra eletrônica pode ser efetuada sem problemas futuros. (veja mais em: http://www.siteblindado.com.br/blog/2010/03/cartilha-de-seguranca/)

A empresa emite uma certificação (Selo Site Blindado), responsável pela blindagem das informações da loja virtual, o que garante confiabilidade ao usuário para finalizar uma compra pela internet.

“Realizamos milhares de testes todos os dias, simulamos ataques de hackers para garantir que todas as possibilidades de ataques reais, roubos de informações ou clonagens de cartões de crédito sejam eliminadas. O Selo Site Blindado fica visível somente se o site do cliente passar em todos esses testes”, explica Kigiela.

O executivo ressalta que esse tipo de auditoria de segurança é tão eficaz que centenas de lojas virtuais, incluindo várias líderes de mercado como as lojas online do Extra, Ponto Frio, Casas Bahia, Sacks, Catho, IG, entre outras, já usam o selo como uma garantia de segurança para seus consumidores. “O vídeo está advertindo o consumidor de que ele deve exigir sempre da loja virtual uma certificação de garantia de segurança dos seus dados no momento da compra”, finaliza.

Selo Site Blindado

O selo Site Blindado cria um ambiente de segurança para os e-consumidores que, ao navegarem pela loja virtual certificada sintam-se confortáveis para digitar o número do seu cartão de crédito e finalizar a compra. Isso representa um incremento de vendas de 12% em média em sites que exibem o selo Site Blindado, se comparado com sites que não apresentam essa certificação. Entre os principais clientes do Site Blindado estão lojas virtuais como Extra, Ponto Frio, Casas Bahia e Sacks, a empresa Catho e, no segmento corporativo: Data Centers (DHC, Alog e T-Systems) e Home-Brokers (Agora Invest, Banifinvest), além de clientes como Cielo (ex-Visanet), Embraer, entre outros.

Fonte: NB Press Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">