Google implanta novo sistema de indexação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Google divulgou a implantação de um novo sistema de indexação em sua ferramenta de buscas. Chamado de Cafeína, o sistema apresenta resultados 50% mais recentes, segundo comunicado divulgado no blog oficial do Google.

Segundo a empresa, com o Cafeína será possível encontrar links para conteúdos com um intervalo muito menor após a sua publicação.

Conforme a empresa explica, quando uma pesquisa é realizada, ela não é feita diretamente na web, mas sim nos índices de busca armazenados nos servidores da ferramenta. O aumento do uso de vídeos, imagens e atualizações em tempo real tem tornado as pesquisas mais complexas.

No antigo sistema de indexação, o índice era dividido em camadas, que possuíam um ritmo diferente de atualizações. Para atualizar uma camada, era preciso analisar toda a web, o que significava que havia um atraso entre o momento em que um conteúdo era publicado até o momento em que ele disponibilizado para busca.

Já o Cafeína vai trabalhar com atualizações segmentadas em diferentes partes da rede. Conforme o Google às encontra, elas são adicionadas ao índice. O novo sistema ocupa quase 100 milhões de gigabytes de armazenamento em um banco de dados. Se fosse equiparado em pilhas de papel, o volume de dados adicionados aos arquivos cresceria em uma velocidade de quase cinco quilômetros por segundo.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">