Prodest deve iniciar testes com protocolo IPv6 até o final de junho

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) adquiriu bloco de endereços com o protocolo IPv6 – responsável por identificar cada equipamento conectado à web. Com essa aquisição, a autarquia poderá iniciar, neste semestre, os primeiros testes na rede do Governo do Estado com essa nova tecnologia.

Na avaliação do analista de TI Uanderson Sigler Gomes, do Prodest, os experimentos são necessários, porque há uma grande preocupação com a segurança das informações com o novo protocolo. O IPv6 foi obtido, no último dia 17, junto ao Registro.br – órgão nacional que fornece endereços IP.

Segundo o analista, a transição para o novo protocolo será de, pelo menos, cinco anos – período em que equipamentos deverão estar conectados simultaneamente ao IPv4 e ao IPv6. “Os endereços registrados pelo IPv4 devem se esgotar, no máximo, em três anos no Brasil. Isso porque é crescente a quantidade de aparelhos com acesso à internet. Para acompanhar os avanços tecnológicos, o Prodest está se preparando para utilizar o IPv6, que possui uma capacidade muito maior de endereçar os equipamentos na web”, enfatiza.

Dois funcionários da autarquia participaram recentemente de um treinamento em São Paulo. O objetivo foi entender melhor o funcionamento do IPv6, principalmente, nos requisitos segurança e configuração das máquinas. No ano passado, foi inaugurado o primeiro Data Center do Estado, que tem equipamentos compatíveis com o novo protocolo e que está sob a responsabilidade do Prodest. O site do Instituto (www.prodest.es.gov.br) deverá estar adaptado ao novo protocolo a partir de 2012.

Informações à Imprensa: Assessoria de Comunicação/Prodest

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">