Um pouco sobre as novidades do Facebook

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Nessa quinta feira, 22 de Setembro, Mark Zuckerberg apresentou as novas funcionalidades que deverão ser implementadas nas próximas semanas. A apresentação foi em torno do conceito de Open Graph ou, “gráfico aberto”. A ideia é conectar as redes sociais e serviços parceiros de uma maneira única, que permita que você se mostre ao mundo, como você é.

Novo Facebook - Social Graph

O botão “curtir” agora será substituido por verbos. Você não precisará mais curtir um livro, poderá ler um livro, ouvir uma música ou preparar uma receita. Com isso, existirá a integração com outros aplicativos, como o NetFlix, de vídeos, que chegou recentemente ao Brasil, ou o Spotify, que te dá acesso a milhares de músicas digitais.

Novo Facebook - Spotify

Além disso, Mark trabalha com a experiência em tempo real. A barra lateral do novo Facebook atualizará constantemente, mostrando em tempo real o que os seus amigos estão fazendo. Assim, você verá que Fulano escutou uma música e poderá clicar sobre o link e ouvir a mesma música instantaneamente.

Com a possibilidade de tempo real, você poderá eliminar aquele ação chata da abertura de um pop up do Facebook quando está usando uma aplicação – as atualizações serão publicadas automaticamente e poderão ser configuradas na instalação da aplicação.

Novo Facebook

Pessoalmente, o que mais me chamou a atenção foi a questão de “Findins Patterns”, ou “busca de padrões”. A possibilidade do próprio usuário buscar amigos com padrões ou gostos semelhantes aos seus, é uma área promissora para negócios. O processo de inteligência artificial foi apresentado brevemente, mas acredito que é alteração mais poderosa, não para os usuários finais, mas sim para as empresas.

Como já era de se esperar, falaram também sobre o recurso de geolocalização, que também pode ser um aliado na busca de padrões.

conheça o novo facebook

Por fim, Mark enfatizou que o Open Graph abrirá um leque para novos aplicativos e redefinirá industrias. A promessa é grande, vamos ver como será!

E o botão “Não curti”, parece que ficará para uma próxima vez!

 

Postado originalmente em Eu Faço Programas

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Gabii Fonseca

Mais artigos deste autor »

Gabriella Fonseca Ribeiro tem 21 anos e cursa Sistemas de Informação. Trabalha com desenvolvimento, pesquisa e otimização de websites - SEO, marketing digital, redes sociais e comunicação interativa. || www.eufacoprogramas.com


2 Comentários

Djeison
1

Puxa, anos luz à frente do orkut. só não entendi porque ainda não foi implementado o botão “Não curti”.
Ótimo post Gabi.
Abraço.

@mulhercidada
2

Gostei que o FB não vá ter o “botão: não curti”. Pra bom entendedor, “curti” já ó o suficiente, significa que se não curti passei batido, nem liguei, parti pra outra, não dei audiência, visitação e afins.

Democracia, não? O positivo deve ser exaltado, o negativo nem merece coments, opinião ou botão. Senão, caio na máxima, “falem bem ou falem mal, mas falem de mim”.
Assim, cada um na sua. Cada um posta o que quiser e sem essa de censurar com “não curti” o post alheio.
Ainda bem que o Mark é inteligente, mesmo!!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">