Virtualização de Ambiente de Desenvolvimento com Vagrant

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Vagrant diminui o tempo de configuração de ambientes de desenvolvimento, maximiza a paridade dev/prod e faz com que a desculpa “na minha máquina funciona” seja coisa do passado.

Benefícios de Usar o Vagrant

Para Desenvolvedores Individuais 

Manter ambientes de desenvolvimento consistentes ao longo de múltiplos projetos é simplesmente uma tarefa inviável para um desenvolvedor web moderno. Cada projeto depende de suas próprias bibliotecas, sistemas de fila de mensagens, bancos de dados, frameworks e mais, cada um com suas próprias versões. Além das dependências, rodar tudo isso em uma única máquina pessoal e lembrar-se de desligar tudo no fim do dia ou quando estiver trabalhando em outros projetos também é inviável.

virtualizacao-ambiente-desenvolvimento-vagrant

Vagrant fornece a você as ferramentas para construir ambientes de desenvolvimento únicos para cada projeto de uma vez, e depois facilmente derrubá-los e reconstruí-los apenas quando eles forem necessários para que você economize tempo e frustração.

Para Equipes 

Todos os membros de uma equipe idealmente têm ambientes de desenvolvimento idênticos: mesmas dependências, mesmas versões, mesmas configurações, mesmo tudo. Mas isso simplesmente não é a verdade atualmente. Com os ORMs agnósticos de banco de dados, múltiplas opções de servidores web e bibliotecas que evoluem rapidamente, um membro da equipe pode estar usando o MySQL com uma versão de uma biblioteca enquanto outro membro do time pode estar usando PostgreSQL com outra versão da mesma biblioteca. Ou talvez a configuração do servidor de um membro da equipe seja ligeiramente diferente. Todos esses são casos reais que estão destinados a causarem problemas reais em algum momento futuro. O Vagrant dá para as equipes a possibilidade de garantir um ambiente virtual de desenvolvimento consistente e portátil que seja fácil e rápido de criar.

Para Empresas 

Se você já fez manutenção em uma aplicação web grande, uma das partes mais difíceis é acrescentar novos recursos. Filas de mensagens, cache, servidores de banco de dados e outros pontos de infraestrutura significam uma série de instalações e um monte de outras configurações. O Vagrant fornece a você as ferramentas para construir um ambiente de desenvolvimento uma vez e depois distribuí-lo facilmente para os novos membros da sua equipe de desenvolvimento, dessa forma você pode colocá-los para trabalhar e economizar tempo, dinheiro e frustração.

Começando com o Vagrant

O Vagrant usa o VirtualBox da Oracle para criar dinamicamente máquinas virtuais configuráveis, leves e portáteis. O VirtualBox é um virtualizador completo de uso geral para hardware x86. Voltado para utilização em servidores, desktops e dispositivos embarcados, ele é uma solução de virtualização com qualidade profissional, além de ser um software de código aberto. O VirtualBox roda no Windows, no Mac OS X, no Linux e no Solaris.

Download do Vagrant

Configure Sua Primeira Instância

O Vagrant é tão fácil de usar que você pode colocar sua primeira máquina virtual para rodar em apenas 3 simples passos:

$ vagrant box add base http://files.vagrantup.com/lucid32.box
$ vagrant init
$ vagrant up

Documentação

http://docs.vagrantup.com

Comunidade Brasileira

Friends Of Vagrant – Criada para traduzir a documentação oficial do Vagrant.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

5 Comentários

Carlos
5

* Nobre Rafael Garbin, tudo tranquilo?

* O fato é que estou iniciando a jornada no ramo do desenvolvimento Web. Também tenho muita dedicação, fácil aprendizagem e pleno domínio no que tange o aprendizado já adquirido.

* Restam algumas dúvidas, meu caro: 1] tendo em vista que o “EasyPHP”, “Wamp”, “Xamp” — e aplicações correlatas — são ferramentas comumente utilizadas para o público iniciante aprender todo trâmite operacional entre “Client side” e o “Server side”, o “Vagrant” seria recomendado para público iniciante (como eu)? 2] Em detrimento à compatibilidade com arquiteturas x64, executaria sem problemas, uma vez baseada em x86 (aqui é só uma dúvida, não um questionamento)?

* Em suma, fico no aguardo da sua resposta, nobre colega.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">