Encerrando o ano velho e projetando o ano novo

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Nós, humanos, somos os únicos animais que temos a consciência acerca da finitude a qual estamos fadados, portanto, sabemos que tudo tem um começo e, consequentemente, um fim.

A virada de ano, nada mais é do que um novo fim-e-recomeço, o tal ciclo, que geralmente adotamos como filosofia de vida – gostamos de cultivar a ideia de ciclos. Mas, os ciclos não mudarão se a gente não prospectar novos anseios e objetivos para eles. Se nos mantivermos iguais, sem nada evoluir, nossos ciclos nada mais serão do que um número diferente a cada virada de ano.

Então, hoje vim compartilhar com vocês seis ferramentas simples que uso no meu programa de coaching para que vocês possam encerrar de maneira consciente esse ciclo 2016 e se prepararem para, de fato, receberem um novo ano.

coaching-carreira-crescimento-profissional

Recomendo algumas orientações antes de começar a planejar, que são estas:

  • Separe em torno de 60 a 90min exclusivos para realizar essa autoanálise (busque um ambiente tranquilo, com poucas chances de interrupções).
  • Afaste-se do celular (nada de verificar o whatsapp que chegou, nem a notificação do facebook…rs).
  • Respire leve e profundamente – repita essa ação por 5 vezes. Relaxe. Desacelere.
  • Se você tiver feito o seu planejamento de 2016, corre lá e pegue ele para você consultar as suas aspirações projetadas.
  • Se você quiser, coloque uma música do seu gosto, assim você começará a relaxar e poderá curtir mais esse momento.
  • Não esqueça: esse é um momento de autocuidado, um tempo só seu para refletir sobre os seus sonhos, seus desejos, sobre o lugar para onde está se levando dia após dia.

Bem, agora que você já seguiu todas as orientações e está conectado consigo mesmo podemos começar.

Vamos lá? Reflita e responda aos questionamentos a seguir:

1 – Pensando no que deu certo (ou não)

  1. O que eu planejei para mim em 2016?
  2. O que eu realizei daquilo que foi planejado?
  3. O que eu poderia ter feito melhor?
  4. Como aplicar essas melhorias no próximo ano?

2 – Um giro pela vida

  1. Quais foram as oito áreas mais importantes na sua vida neste ano? De 0 a 100% qual o seu nível de satisfação com o seu desempenho considerando o que planejou x o que realizou em cada uma dessas áreas?
  2. Alguma dessas áreas continua relevante para ser monitorada por você em 2017? Se sim, destaque todas que forem desejadas (se quiser trocar alguma por outra nova, fique à vontade).

3 – Novas projeções x antigos desejos

Para cada área separada anteriormente como significativa a ser monitorada por você em 2017, responda:

  1. Por que essa área é importante?
  2. O que você pretende realizar nessa área?
  3. Como você realizará esse objetivo? (lembre-se do que você poderia ter feito melhor analisado anteriormente)
  4. Atingir esse objetivo só depende de você? Se não, como você pode assegurar que as chances de sucesso aumentem? Como mitigar os seus riscos de insucesso?
  5. De 0 a 100% qual o nível de satisfação suficiente para que você considere que deu o seu melhor?
  6. Quando esse objetivo estará realizado?
  7. De 0 a 10 quanto você está engajado e motivado para realizar essa conquista?

4 – O caminho a ser percorrido

Trace uma seta na transversal de uma folha A4 e divida em 12 marcos, esses serão os meses (jan a dez) e lá na frente, na ponta da seta, coloque como você quer estar (vale a pena investir na imaginação e visualizar-se plenamente como deseja: emocional, pessoal, profissional, financeiramente, enfim, se você pudesse prever o futuro e descrever como você estará como seria?).

Ao longo da seta, percorrendo os meses, distribua todos os seus objetivos descritos na atividade anterior.

Com isso você terá o seu roadmap pessoal que será usado para nortear o seu caminhar no próximo ano.

5 – A caminhada é mais legal que a chegada

Preciso que você agora tenha papel e tesoura em mãos e uma folha A4 para fazer o seguinte:

  • Risque uma pirâmide com a folha na vertical.
  • Corte: o topo, um retângulo abaixo (divida-o em dois lados), um retângulo inferior (divida-o em três lados), o último retângulo – a base (e divida-o em 9 pedaços).
  • Agora você deve escolher o objetivo que julga ser o mais difícil de ser alcançado descrito no seu roadmap, e, de posse desses pequenos pedacinhos da pirâmide, vamos analisar a melhor estratégia para realizá-lo. Você vai montar essa pirâmide da seguinte forma:
  1. No topo escreva o objetivo.
  2. Abaixo, componha o retângulo com as duas áreas que lhe ajudarão a manter-se fiel, comprometido e motivado (ex: sua determinação, família, crença, fé, ganhos etc).
  3. Abaixo, junte os três pedacinhos nas principais ações que precisa realizar (ex: economizar, curso, livro, parceria, faculdade, inglês etc)
  4. Abaixo, para formar a base, junte os 9 pedacinhos descrevendo a ação mais simples e prática que precisa realizar para fazer as do retângulo acima.

Essa ferramenta é muito útil porque facilita o entendimento e o planejamento de um objetivo que aparentemente seria difícil em partes menores, práticas, fáceis de executar.

Quando você imagina que para atingir o seu maior objetivo pode começar por ações simples do dia-a-dia você consegue se motivar mais a cada pequena-grande-vitória-diária.

Dica: escolha um desses 9 pedacinhos, opte pelo mais simples, coloque na sua carteira e ande com ele até realizar. Depois que o tiver realizado cole em uma outra folha e vá fazendo isso a cada ação da pirâmide que conseguir realizar. E, não esqueça, celebre cada realização, por mais simples e fácil que ela possa parecer, COMEMORE. Reconheça seu esforço. Valorize cada pequeno passo dado rumo ao topo da pirâmide e assim faça com cada objetivo que achar difícil de realizar. Divirta-se com a montagem desse quebra-cabeça, a pirâmide, de maneira que você se sinta autorrealizado com cada peça que conseguir colar.

6 – Os pilares do novo ano

Escolha três palavras de ordem para o seu 2017. Essas palavras devem ser fortes o suficiente para lhe inspirar diariamente a buscar a realização do seu roadmap. Elas devem ser maiores do que o trânsito a ser enfrentado na ida e volta do trabalho, maiores do que a crise do nosso país, maiores do que os aborrecimentos com aquele cliente difícil, maiores do que as cobranças do chefe, maiores do que o desânimo que inevitavelmente aparecerá, enfim, elas devem superar seus medos, seu cansaço e suas tristezas, elas servirão como um guindaste a lhe puxar lá para a chegada do roadmap que lhe dará condições de prosseguir rumo a todos os seus objetivos de maneira firme e sem estagnar. Acredite nelas, elas lhe darão a energia que faltar para dar mais passo rumo a chegada.

Eu espero que você se permita tirar esse tempo para si.

E desejo que você curta fazer essas atividades e que o seu 2017 seja um novo ciclo oxigenado com novas ideias, muitos objetivos, metas exequíveis e que a saúde, a determinação acompanhada da disciplina e da coragem lhe façam companhia diariamente.

Avante. S U C E S S O!

Te espero em 2017!!!


Para quem se interessar, eu enviarei os templates que utilizo no meu planejamento estratégico contemplando essas ferramentas. Basta me enviar uma mensagem pelo Linkedin e solicitar.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Carolina Souza

Mais artigos deste autor »

Especialista em Gestão de Carreira Empresarial, em Gerenciamento de Projetos [PMP] e Engenharia de Requisitos [CPRE-FL] com 14 anos de vivência no mundo corporativo, atua como consultora, palestrante e mentora nas áreas de gestão, liderança, processos operacionais e desempenho de equipes. Colunista de revista e site especializados em TI. Autora do Blog Conversas Inteligentes, que aborda temas acerca do desenvolvimento humano.


8 Comentários

Henrique
2

Ótimo artigo!

Sempre tenho o costume de realizar uma reflexão anotando e revendo algumas coisas, mas da perspectiva do coaching e essas simples ferramentas utilizadas, achei muito interessante e tentarei aplicar à minha rotina!

Abraços e parabéns.

Matheus Cardoso
4

Olá Carolina,

Tentei contato contigo pelo LinkedIn mas não consegui. Poderia por gentileza me enviar os seus templates? Lhe agradeço. Ótimo artigo.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">