Utilizando a Unidade de Recuperação do Windows 10

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Olá, pessoal!

No artigo anterior, foi demonstrado como criar uma unidade de recuperação do Windows 10 e como também fazer o boot do computador através desta unidade.

Neste artigo, será demonstrado como utilizar esta unidade para recuperar ou reparar o sistema operacional.

Uma das ferramentas mais importantes que o Windows possui, caso ocorra algum problema com softwares instalados, atualizações de sistema, entre outros, é a “Restauração do Sistema”, da qual também pode ser utilizada a partir da unidade de recuperação do sistema – caso o Windows não inicialize.

No Windows 10, por padrão da instalação, esta ferramenta está desativada. Então caso ocorra algum problema com o sistema operacional, você não conseguirá restaurar o sistema para um ponto anterior ao problema.

Então, como o sistema está rodando perfeitamente, vamos ativar a ferramenta de Restauração de sistema e criar um ponto de restauração. Conforme for instalando novos softwares, atualizações ou outras modificações no sistema, com esta ferramenta de restauração ativada o sistema automaticamente cria pontos de restauração.

Vamos aos passos para ativar a restauração do sistema.

Na caixa de pesquisa do Cortana localizada na barra de tarefas, digitaremos sistema. A primeira opção da pesquisa é “Sistema” que está no painel de controle e é a que iremos clicar.

pontoderest1

Abrirá a janela com as informações do sistema. Na sequência iremos clicar em “Configurações avançadas do sistema”, que é a última opção situada no lado esquerdo da janela.  

pontoderest2

Abrirá a janela “Propriedades do Sistema” e então iremos clicar na guia “Proteção do Sistema”. Dentro desta guia, iremos clicar no botão “Configurar…”.

pontoderest3

Na janela de configurar a proteção do sistema, iremos deixar selecionada a opção “Ativar a proteção do sistema” que se refere a “Restaurar Configurações” e então poderemos clicar em “OK”.

pontoderest4

Iremos reparar que as configurações de proteção do disco local C estará ativada. 

Como o Windows 10 está funcionando perfeitamente, iremos clicar em “Criar…” para criarmos um ponto de restauração a partir daquele momento.

pontoderest5

Definimos um nome para o ponto de restauração em clicamos em “Criar”. Na sequência é só clicar em “OK” na janela de proteção de sistema para ativá-la.

pontoderest6

Agora que está tudo pronto, suponhamos que tenha acontecido algum problema no Windows e o mesmo não consiga ser inicializado.

Com a unidade de recuperação do sistema (USB) conectada ao computador, iremos inicializar este PC deixando a unidade de recuperação como a primeira opção de boot.

A primeira opção que aparecerá ao carregar esta unidade será para definirmos o layout do teclado. 

recoveryd13

Na sequência iremos clicar na opção “Solução de Problemas”.

recoveryd14

Na tela seguinte, iremos clicar em “Opções avançadas” para expandirmos as ferramentas disponíveis de recuperação.

recoveryd15

Se o caso do problema do Windows aqui seria referente há desfazer as últimas alterações do sistema, que por ventura esteja impedindo ele de ser inicializado, poderemos então clicar na primeira opção que é a “Restauração do Sistema”.  

recoveryd16

Em “Restauração do Sistema”, iremos clicar no Windows 10, que é o sistema que precisa ser restaurado. 

Recuperar5

Na janela que abrirá para restaurar arquivos e configurações, iremos clicar em “Avançar”.

Recuperar6

Na janela seguinte, aparecerão todos os pontos de restauração que o sistema criou de forma manual ou automática.

Iremos selecionar o ponto de restauração que nos atende. Aqui, no caso, só irá aparecer o que acabamos de criar manualmente e então iremos clicar em “Avançar”, que estará habilitado após selecionar o ponto de restauração.

Recuperar7

Aparecerá a janela para confirmarmos o ponto de restauração e então clicaremos em “Concluir”.

Recuperar8

Aparecerá uma nova janela de confirmação, clicaremos em “Sim”.

Recuperar9

Neste momento o procedimento de restauração estará sendo executado, e então só resta aguardarmos.

Recuperar11

Ao finalizar a restauração iremos clicar em Reiniciar para que o sistema volte a funcionar. Lembrando que, neste momento, é necessário que o boot do computador seja feito pelo HD e não pela unidade de recuperação. Caso mesmo após a restauração o Windows continua tendo problemas ao iniciar, poderemos inicializar novamente pela unidade de recuperação e selecionarmos outro ponto de restauração que o sistema criou.

Recuperar12

Outra opção muito útil da unidade de recuperação do sistema é o “Prompt de Comando”, onde poderemos desde copiar documentos e arquivos pessoais do HD como também tentar corrigir a inicialização do sistema caso algum arquivo da inicialização esteja corrompido.

Recuperar13

Notem que, no caso aqui, o disco local estará com a unidade “E” e o pendrive está como unidade “D”. A partir destas informações, poderemos efetuar cópias de arquivos que estão no HD caso seja inevitável uma nova instalação do Windows. 

Recuperar15

Outra opção que poderemos estar fazendo a partir do prompt de comando, é o escaneamento para tentar corrigir a inicialização do sistema e setores defeituosos. Para isso usaremos o comando “chkdsk e: /R”, onde “e:” se refere ao disco local e “/R” para tentar corrigir o boot do sistema e varrer em busca de setores defeituosos.

Recuperar17

Reparem que esta instrução é dividida em alguns estágios, dos quais serão executados sequencialmente.

Recuperar19

Se mesmo assim continuar com problemas no Windows, poderá utilizar a opção “Recuperação da imagem do sistema” desta unidade de recuperação. Para esta opção, precisará ter um imagem de backup do Windows para restaurá-la.

Ao clicar nesta opção, aparecerá a janela para selecionar a imagem e então deverá clicar em “Avançar”. 

Recuperar20

Caso não apareça disponível nenhuma imagem de sistema, poderemos clicar no botão Avançado para buscarmos manualmente esta imagem.

Recuperar21

Iremos clicar em “Pesquisar por uma imagem de sistema na rede”.

Recuperar22

Abrirá uma janela para confirmarmos a conexão com a rede e então clicaremos em “Sim”. Na sequência pedirá para informar o local onde estará esta imagem do sistema. 

Recuperar23

Outra opção interessante da unidade de recuperação é a de “Voltar para a versão anterior”. Caso tenha algum problema com a Build do Windows 10, poderá retroceder para a Build anterior clicando em “Voltar para a versão anterior”.

Recuperar24

Esta ultima opção de reparo da inicialização nem sempre funciona dependendo da Build que está instalada. Neste caso, poderemos fazer através do prompt de comando conforme demonstrado acima.

Acho que é isso pessoal. Espero ter ajudado com este tutorial.

Abraços e até a próxima.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

3 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">