10 principais mudanças no Guia do Scrum 2020

1. O papel “Time de Desenvolvimento” agora chama-se “Developers”

O “Time de Desenvolvimento”, que representava os integrantes responsáveis pelo desenvolvimento do artefato durante a sprint, agora chama-se “Developers”

Não existe mais um time dentro de um time. Time de desenvolvimento dentro do Time Scrum.

2. O tamanho do “Time de Desenvolvimento” agora é de até 10 integrantes

O tamanho do “Time de Desenvolvimento”, segundo o Scrum Guide 2017, era de 3 a 9, agora na versão 2020 o Time Scrum composto por (Product Owner, Scrum Master e Developers) tem até 10 integrantes.

3. Adicionado a “Meta do Produto”

Adicionado a “Meta do produto” para ajudar todo o time Scrum quanto ao objetivo desejado de produto emergindo e desenvolvendo valores do Scrum como Foco, compromisso, abertura, respeito e coragem.

4. Adicionado “Compromisso” a cada artefato para apoiar o foco no artefato

O termo “Compromisso” foi adicionado a cada um dos 3 artefatos para emergir e apoiar os valores do Scrum como: Foco, abertura, coragem, respeito e compromisso.

  • O “Compromisso” do backlog do produto é a “Meta do produto”
  • O “Compromisso” do backlog da Sprint é a “Meta da Sprint”
  • O “Compromisso” do Incremento é a “Definição de Pronto”

5. O time deve ser auto-organizado ao invés de auto-gerenciado

No Scrum Guide 2017 o time era mencionado como auto-organizado, porém, na versão 2020 foi substituído para que o time Scrum seja autogerenciado:

  • Auto-organizado: O time seleciona melhor o que fazer e como fazer.
  • Autogerenciado: Alguém (qualquer um) dentro do time pode assumir a liderança durante uma sprint por ter maior domínio ou conhecimento do que está sendo construído além de definirem como time, o que fazer, de que forma fazer .

6. Sprint Planning agora com 3 tópicos

Na versão 2017 do Scrum Guide tínhamos:

  • O que?
  • Como?

Na versão 2020 temos:

  • Por que?
  • O que?
  • Como?

7. Refinamento não é mais direcionado a 10% da capacidade da Sprint.

O processo de refinamento foi simplificado, deixando mais para o time Scrum decidir quando e como fazer dentro da Sprint.

Na versão do Scrum Guide 2017, existia um direcionamento de utilização de até 10% da capacidade da Sprint para realização do refinamento.

Agora, na versão 2020, só reforça que o refinamento ocorre dentro da Sprint e que todos do time devem colaborar.

Não existe mais a informação de 10% da capacidade da Sprint.

8. Simplificação na linguagem

Simplificação da linguagem para cobrir uma abrangência maior do Scrum quanto a sua empregabilidade em diversas indústrias.

Mesmo com o uso do Scrum em diversas indústrias, o mercado considerava que o Scrum era mais aplicável a indústria de desenvolvimento de software, pelo fato de ter nascido nesta indústria.

9. Ênfase de que o framework é incompleto.

  • O Scrum é uma estrutura incompleta, pois tem o mínimo para entregar produtos com qualidade.
  • O Scrum é uma estrutura incompleta por que outras técnicas são bem vindas e potencializarão o Scrum quanto a sua usabilidade.

Isso sempre foi notável, porém, o Scrum Guide 2020 reforçou esta informação.

10. Scrum é para desenvolvimento de produtos e não para gerenciar projetos

Este tópico não precisa de comentários adicionais… Scrum é para desenvolvimento de produtos e não para gerenciar projetos!

Se você gostou do texto, compartilhe para que atinja outras pessoas.

Faça parte do meu canal no telegram (t.me/flaviocostaoficial) e tenha acesso a diversos conteúdos exclusivos sobre gestão de pessoas e projetos, formas de liderança nos dias atuais, e principalmente, como melhorarmos como profissionais.

Grande abraço e te vejo no próximo artigo.

Flávio Costa

Mais artigos deste autor »

Especialista em projetos de tecnologias com mais de 20 anos de experiência desde desenvolvimento de software, gestão de portfólios, programas e projetos, construção e formação de equipes de auto desempenho e transformação ágil.

Possuo mais de 30 certificações internacionais como especialista em gestão de projetos tradicionais, gestão de produtos, abordagens ágeis e negociação de diversas instituições renomadas como: Axelos, Project Management Institute (PMI), Scrum.Org e ScrumAlliance.

Responsável por liderar times na implantação de grandes projetos nos segmentos de comércio, varejo, engenharia, segurança pública e estatísticas geográficas sempre com foco no relacionamento interpessoal, gestão de mudança com alto valor estratégico.

Responsável também por liderar diversas iniciativas ágeis, desde preparação de produtos, construção de times e evangelização cultural ágil.

Possuo fortes habilidades softskills para negociação e influência que me permite atingir altos resultados e superar expectativas que não seriam possíveis sem o engajamento adequado do envolvidos de forma direta ou indireta quanto aos resultados dos projetos.

Atualmente sou Mentor pelo Project Management Institute (PMI) em gerenciamento de projetos e Mentor de negócios junto ao instituto Semear com o programa pontapé empreendedor que tem como propósito auxiliar jovens durante a construção de seus projetos, ajudando-os a dar os primeiros passos rumo a se tornar um negócio social, ong, empreendimento ou startup.

Competências complementares: Liderança e formação de equipes, técnicas de negociação, gestão de mudança transformacional, construção e manutenção de PMO tradicional, facilidor em transformação organização ágil (Business Agility) com utilização e experimentação de diversas abordagens ágeis como: Scrum, Kanban, eXtreme Programing (XP) e Feature Driven-Development (FDD).

Canal do Telegram:
. https://t.me/flaviocostaoficial

Podcast com dicas de carreira
. https://linktr.ee/PodcastdoFlavio


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">