Por que você ainda usa software pirata?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Software Livre - Liberte-se!Desde pequeno, quando fiz meu primeiro curso de computação até agora, sempre me deparei com um problema que aparentemente não tem solução: a pirataria de software, ou seja, uso indevido de sistemas de computadores por pessoas comuns ou empresas sem pagar por sua licença.

Para quem não sabe, quase todos os softwares comerciais tem algo que chamamos de licença, ou seja, para que ele funcione na sua máquina, você precisa de uma chave, como se fosse um aluguel de apartamento, onde você usa por um tempo e depois tem que devolver as chaves. Ah, mas daí eu posso usar esse mesmo programa em todas as minhas máquinas? Também não, cada licença tem que ser usada em no máximo 3 computadores.

Dependendo do software que você quer comprar legalmente, pode custar até R$ 2.000,00 por licença. Agora imagine um usuário doméstico que comprou um computador por R$ 1.000,00 e tem que gastar R$ 2.000,00 em um único programa, não entra na cabeça. Mesmo as empresas que compram em quantidade, no máximo obtêm descontos de 50%.

Por essas e outras que mais de 90% dos computadores no Brasil trabalham com algum tipo de software pirata. Índice alto e é essa pirataria que ajuda a financiar o tráfico de drogas, de armas, assalto em beira de estradas e outras desgraças.

Mas será que existe solução para isso? Claro que existe! A única coisa que ainda não se deu um jeito foi para a morte. Estou falando do software livre. Já escuto alguém dizendo… Não acredito que ele vai me falar do “maldito” Linux ou da “porcaria” do BrOffice.Org.

Ora, existem inúmeras vantagens em se utilizar o software livre em relação ao software proprietário. Cito algumas abaixo:

  • Você não paga por ele;
  • Como é grátis, você pode copiar e distribuir para seus amigos, parentes e vizinhos sem estar infringindo qualquer regra;
  • Funções bem similares aos softwares tradicionais;
  • entre outras

Como em qualquer mudança, existem pessoas que tem essa resistência em relação a ela, ou seja, prefere fazer as coisas como sempre fez, às vezes, preferindo ficar fora da lei, usando o software pirata, do que migrar seus softwares para software livre.

Mas tem coisas que não entendo: como ainda existem pessoas/empresas que preferem pagar por uma coisa que elas podem obter de forma gratuita com o mesmo resultado?

Vou lhes contar uma situação que ocorreu na escola algum tempo atrás. Uma pessoa entrou em contato conosco por que queria aprender Linux, conversei com o diretor e ele autorizou a instalação numa das máquinas, mas quando instalei, esqueci de colocar o boot preferencial no Windows. Passaram-se os dias, eu usando a máquina, agora em Linux para minhas atividades, mas durante as aulas dos outros instrutores ela ficava de lado. Um dia estava conversando os instrutores e perguntei por que eles não usavam aquela máquina. Eles me responderam: Não sabemos usar Linux! Mas eu disse, também tem Windows, e ele contra-argumentou. Não sei fazer! Pensei, que instrutor de informática é esse? Ofereci-me para capacitar os instrutores da unidade, mas ninguém se habilitou a aprender. Outros professores também reclamaram e me restou a opção do LiveCd, rodando o sistema operacional sem a instalação.

Agora penso, se os professores, que devem ser a fonte do saber, estavam batendo cabeça, imagine o usuário comum? Muito se fala em crise (acredito que crise esteja apenas na cabeça das pessoas ou é desculpa para elas não trabalharem) e algumas empresas, precisando cortar custos, estão migrando seus softwares para softwares livre.
Dentre as principais vantagens (note que não é apenas preço), é a estabilidade do sistema, praticamente a inexistência de vírus para Linux, o software não onera a máquina, ou seja, boa parte dos softwares tradicionais quando se troca de aplicativo ou sistema operacional tenho que trocar junto a máquina (vide Windows Vista) e para quem é programador, o código-fonte está disponível para adaptar a necessidade da empresa e uma grande equipe de suporte na internet.

Como podemos ver software livre não é aquele bicho de sete cabeças que a maioria pensa e muitos usam softwares livres sem saber. O Mozilla é um ótimo exemplo para isso e muito dos sistemas operacionais para celulares é Linux.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

9 Comentários

Cesar Kuehl
1

Acho que o problema do software livre vai além do conformismo das pessoas com a pirataria, como dizia meu professor de redes: – Toda empresa de TI quer que os softwares sejam livres, menos aqueles que elas produzem..

Isso vai mudar quando for possivel ganhar mais dinheiro com softwares livres do que com softwares proprietários (o que vai demorar bastante ainda).

ALPRADO
2

OK, acho que aqui vale ressaltar o recente movimento que vai baixar significativamente o custo dos software proprietários mais famosos do mercado, com a famigerada Computação em Nuvem. Com o compartilhamento de infra-estrutura e com o fácil acesso a ferramentas online, fornecedores terão meios para melhor controlar a distribuição de seus softwares (contra a pirataria) alem de terem motivos (e meios) para baixarem seus preços.

Renato Charles
3

Klaibson Ribeiro é fato isso que você descreve.

Os “Professores” sabe muito menos do que seus alunos. Sabe porque ?

É porque os professores quando estão na faculdade ou fazem uma porcária de “Ensino médio ” ficam preguiçosos, e fazem a faculdade so pra fazer . Não se dedicam, apenas fazem o necessário e dizem:

“A eu seu liga o pc, sei formata o windows, sei instala o office, sei conectar a internet. EU SO DEMAIS .. EU SO UM HACKER ” ( ahuuhauhauhauh )

Uma vez eu estava na sala de aula chegou um muleke e falando assim “Aqui gente instalei o Windows vista no meu celular ) ¬¬
O celula era um Sony Erickson W300. uhauhauhauh ..

o mané so tinha instalado um Tema do windows vista, (o mané queria era aparecer ) e foi akele bocoado de gente ate o professor (Como você fez isso ) e eu sempre calado na minha, mas não aguentei uma dessa.. : “Ele não fez, não é possível fazer isso, primeiro que o Windows vista exige no mínimo 512 de ram, como que um celular desse tipo que so tem 8MB de ram vai roda um sistema desse tipo.. ” Todo mundo ficou calado, a pergunta ficou no ar , o muleke centou e disse ” To brincando gente e so um tema”.. .

Quem gosta de exibir demais, sempre leva ferro!

Mas o mercado hoje que pessoas diferentes. Com conhecimento diferente, eu vejo muito emprego por ai, pedindo Curso superior.

Sendo que a maioria que faz “Curso superior ” pode tira uns 5 que dedicam e dominam o Windows e o Linux e tambem que ja trabalhou com o Mac.

É como disse: as pessoas são tem preguiça e tem preguiça de conhecer algo novo.

Eu quero entra aqui no “CEFET MG” a melhor escola tecnica de minas gerais.

Eu podia faze um supletivo, ou ate mesmo pagar para entra no COTEMIG TO EM TODAS … mas meus conhecimento não iam ser os mesmos.

E uma coisa eu aprendi, e passo para meus amigos e quem eu conheço: se você ” TENTAR ” você nao vai conseguir.
Se você “Acreditar” você consegue. Você tem que ser objetivo e diferente.

Tem que ter calma e paciência para resolver o seus problemas e conquistar o que você quer realmente.

digo tambem “Se você tive pressa demais, você apenas vai quebra a cara porque a preça e inimiga da perfeição”

O LINUX é perfeito, mas para pessoas que são capazes de sentar e resolve os problemas, não para pessoas fracas que ficam se lamentando o tempo todo, porque não conseguem.

O WIndows é para fracassados, e ainda você paga para ser um!

Em todo caso, a gente começou no Windows, mas hoje so utilizo o Ubuntu.

E em questão da pirataria, so compra pirata quem quer.
Com o linux ai, não tem necessidade disso.

Sérgio Rodrigues
4

Como um software que é baixado ilegalmente da internet pode beneficiar o trafico de drogas e assaltos a beira da estrada? antes quando era comprado no camelô no meio da rua sim, mais agora ninguém compra mais softwares em lojas físicas, ou compra legalmente em lojas virtuais ou baixa ilegalmente através da própria internet..

Carlos
5

Uso pirata porque não encontrei boas alternativa pro Corel Draw nem pros Adobe Dreamweaver, Fireworks, Photoshop. E no caso do Windows pirata, preciso de programas que nem existem pra Linux!!

André Farias
6

Linux para os usuários é um bicho de 7 cabeças sim.

Pensando pelo lado do usuário. você compra um computador / notebook de baixo custo e vem instalado ‘Satux Linux’. não sei o que vem instalado mas imagino que deve ser algo parecido com o básico ( navegadores, comunicadores, algum similar ao pacote office, etc) . a pessoa acostumada ao windows da lanhouse vê aquela interface meio parecida com meio com cara de copia e não se sente bem, não se sente seguro, talvez por ignorância / receio em relação ao open source .

Logo vem um conhecido e instala o windows pirata pois é o que todos sabem dar manutenção.

Uma vez eu não estava na cidade e um proxy linux em um dos clientes parou de funcionar, tentei contratar alguns técnicos mas nenhum sabia linux nem para ir lá ver se estava dando algum erro….

Carlos Martini
7

Ok, o Linux pode tranquilamente suprir as necessidades do usuário comum. Mas o problema real não é o software mais simples. O problema são os softwares de ponta, de áreas específicas.

Eu uso Ubuntu como meu OS principal. O Windows 7 é o secundário. Por que preciso do Windows? O Linux não tem nenhuma opção de software à altura dos softwares das suítes Corel e Adobe. Não tem. Não adianta indicar o Gimp como alternativa ao Photoshop ou o Inkscape como alternativa ao CorelDRAW. Eles estão muito, muito atrás, anos-luz de distância.

Isso pode mudar com o tempo? Sim, pode. Mas é algo que os desenvolvedores precisam fazer, não o usuário. O usuário que trabalha seriamente com uma ferramenta precisa dela. Nenhum profissional sério vai largar de lado um software avançado para usar outro que está apenas engatinhando, só por ideologia. Não é assim que o mercado funciona, e é muito tolo quem pensa o contrário.

Comportamentos infantis do tipo decretar que “Windows é para fracassados” não ajudam. Pelo contrário, isso só atrai a antipatia dos usuários do Windows, que ficam cada vez mais pensando que os usuários de Linux são todos estúpidos assim, e isso acaba queimando a imagem do próprio sistema.

É o Linux que precisa se adequar ao mercado. É ele que precisa ser adaptado para o gosto e as necessidades do público. Nunca, jamais, será o contrário. Fracassado é quem pensa dessa que as pessoas precisam se adaptar e aceitar um produto que não parece interessante para elas.

Diego Cardoso
8

Klaibson,

Concordo em alguns apectos pelo argumento desenvolvido por você.

Com certeza se usarmos os softwares livres, vão contribuir para a aredução de Softwares piratas, tudo bem que com Software livre, podemos fazer implementações e melhorias a nosso gosto e distribuí-las.

Mas agora vamos pensar, há quanto tempo este tipo de operação está presente?

Quantos milhares de computadores não são assim?

Que jogue a primeira pedra quem nunca usou um software deste tipo?

Eu sinceramente, não vejo este tipo de software deixar de existir …

Abraço e parabéns pelo artigo.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">