Carreira em TI – Como começar com o pé direito?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Que sobram vagas na área de TI, todo está mundo cansado de saber. É comum, volta e meia, aparecer no noticiário alguma reportagem sobre o apagão de profissionais na área de Tecnologia da Informação, mostrando os altíssimos (altíssimos?) salários e a enorme oferta de vagas.

Porém, nem tudo são flores. Muitas vagas para profissional Junior exigem muitos conhecimentos – às vezes, até vagas de estágio solicitam “sólida experiência” ou “domínio”. Felizmente existem empresas que proporcionam treinamento, mas elas ainda são poucas (a empresa onde eu trabalho, por exemplo). E nesse instante começa o dilema de tostines: não consigo um trabalho por que não tenho experiência, não tenho experiência por que nunca trabalhei…

inicio-carreira-profissional-tecnologia

Imagem via Shutterstock

Óbvio que não existe uma receita ou um roteiro para ingressar no mercado ou iniciar uma carreira de sucesso – até porque, seria muita petulância de minha parte – mas seguem algumas dicas que foram, estão sendo e serão ainda úteis para mim:

1-) Estude!

Pode parecer piegas dizer isso, mas de fato, é importantíssimo estudar. O estudo, porém,  deve ter um foco, deve ser direcionado. Não adianta estudar Esperanto, Psicologia, e Geografia do Brasil se a intenção é atuar como programador. A melhor forma, ao meu ver, pra dar um “start” é fazer um curso técnico de informática. Um bom curso técnico abrange, de modo prático, as seguintes áreas: infra-estrutura , programação, banco de dados e análise.  O conhecimento adquirido servirá como base e com certeza será um diferencial em seu currículo, além de servir como orientador vocacional. Um curso técnico tem de um ano e meio a dois anos de duração. Para quem mora no estado de São Paulo, recomendo as ETECs (apesar de eu ser suspeito, pois sou ex-aluno ) e o IFSP (antiga CEFET ) que além de gratuitos, são excelentes. Existem outros “Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia” Brasil a fora, mas como não conheço, deixo a escolha ao cuidado de vocês.

2-) Estude Mais!

Todo mundo que trabalha ou quer trabalhar em TI deve ter uma coisa em mente: é importante sempre se manter atualizado, ou seja, estudando. Pode ser um curso de uma linguagem de programação, uma certificação ou até mesmo atuando como autodidata. O profissional de TI deve sempre se manter atualizado e antenado, seguindo as tecnologias.

Apesar de muitos cargos na área de TI não exigirem curso superior, eu considero que a Faculdade é um divisor de águas. É óbvio que você aprenderá muito (em alguns casos, não tanto quanto esperava…) mas acredito que o principal papel da Faculdade na área de TI é a inserção no mercado de trabalho. Muitas empresas estreitaram a relação com as faculdades, oferecendo tecnologias e especializando professores, e em troca, recruta para seu corpo de funcionários os alunos da instituição. Mesmo que sua faculdade não tenha um programa desse tipo, ou que você não tenha sido selecionado, não se desespere. Aproveite o parco tempo livre e se dedique aos estudos. É interessante também produzir conhecimento, seja participando de um grêmio ou com a iniciação científica. Porém, caso seu interesse não seja a carreira acadêmica, aconselho que foque seus esforços em conseguir um estágio, que é um dos melhores meios para entrar no mercado. O momento para começar a procurar um estágio é logo após o primeiro dia de aula na faculdade.

3-) Estagie!

O estágio é um período de aprendizado intenso e, ao meu ver, a melhor forma de começar bem uma carreira em qualquer área, principalmente em TI. O estágio é um contrato firmado entre uma empresa, um aluno e a instituição de ensino. Por isso, só pode ser contratado como estagiário um estudante, devidamente matriculado em uma faculdade ou curso técnico. Um contrato de estágio tem duração de até 2 anos e não se caracteriza como vínculo empregatício.

Ao se deparar com uma oportunidade de estágio, deve-se levar em conta o aprendizado: mesmo que exista outra vaga que pague bem mais, será ela que proporcionará mais conhecimento? O valor da bolsa auxílio não deve pesar na hora da escolha. Esse período deve ser visto como um investimento.

É importante levar o estágio a sério, pois, apesar de estar em fase de aprendizado, o estagiário já é um profissional! Mas isso já é tema para outro artigo…

Teve uma experiência parecida? Tem conteúdo a acrescentar? Achou meu texto um monte de besteira? Dê seu feedback nos comentários, ou então mande um email para [email protected]. Sua interação é importante!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Milton de Oliveira Neto

Mais artigos deste autor »

Trainee de Produtos na Telefônica | Vivo. Cursando MBA em Gestão de Negócios na ESPM. Graduação em Análise de Sistemas pela FATEC Baixada Santista. Experiência com análise de sistemas e programação.

Paixão por ensinar, tem como hobby escrever e opinar. Publica sobre temas voltados à carreira, negócios e tecnologia.


22 Comentários

Rodrigo Peleias
1

Olá Milton, tudo bem?

Parabéns pelo artigo! Suas dicas são valiosas para aqueles que tem como objetivo atuarem na nossa área.

Hoje realmente vemos uma grande busca por profissionais de TI bem qualificados. Como dizia um professor da faculdade: O estudante de Ciência da Computação, ao terminar o curso, torna-se um eterno estudante!

Mesmo após o profissional terminar a faculdade, deve continuar estudando, pois a todo momento na nossa área surgem novas tecnologias, e cada vez mais as empresas estão adotando-as.

Eu por exemplo, procuro sempre ler revistas, sites da área e investir em certificações. Além da atualização profissional, sempre haverá boas oportunidades para aqueles que estão sempre estudando, acima de tudo trabalhando no que gosta de fazer =). Outras formas bem interessantes são participar de fóruns da área e participar de algum projeto Open Source.

Grande abraço!!!

JOhnnye
2

Meu filho, como vc me fala uma besteira dessas? Procurar estágio depois do primeiro dia de aula na faculdade? Só se vc estiver naquela sangria desatada de se ver trabalhando, e sem conhecimento nenhum de TI só vai trabalhar como suporte de informática certo?

Pense melhor no que você for dizer da proxima vez.

Sérgio Michels
3

Se você considerar que ele colocou que é bom ter um técnico, não vejo problema em procurar um estágio no início da faculdade, considerando que a pessoa já terá um embasamento básico.

Se a pessoa for direto do ensino médio para a faculdade, aí sim irá sentir mais.

Guilherme Soares
4

Ótimas dicas!

Realmente, começar a “carreira” com um técnico é a melhor opção! Dá pra ver pelas pessoas caindo de paraquedas na faculdade, às vezes sem noção alguma do que vieram estudar.

O estágio é com certeza um investimento, de fato é seu ingresso ao mercado de trabalho.

E é, estudante de TI, eterno estudante será! (=

Gabs
5

Concordo com o Sérgio. A formação de nível técnico já dá um grande suporte para o que vier na faculdade e, consequentemente, para o ambiente de trabalho.
Sou fã da junção teoria + prática (estágio) porque, dependendo do seu curso, o que se aprende na faculdade é bastante diferente da realidade, você aprende como DEVERIA ser o mercado e quando chega lá fora vê que nem tudo é belo.

Não só para a área de TI aliás, essas dicas servem muito bem pra qualquer iniciante, principalmente no que diz respeito a atualização constante do currículo. Globalização, minha gente. Se não há atualização, você é facilmente descartável.

Curti o artigo, couldn’t agree more.

marcos
6

Eu gosto da area de TI, quando fazia administração, fiz uma matéria na análise de sistemas, e notei que os alunos não eram tão inteligente quanto pensamos, a materia não era dificil, economia digital e muitos passavam aperto, eu mesmo sem gostar me saí bem..

Jansser
7

Olá Milton.
Estou ingressando na area, fiz um curso técnico no IFBA (antigo CEFET da Bahia) com duração de 4 anos, como vc citou no artigo abrangendo as areas de infra, programação e banco de dados. Estou no segundo semestre de ciência da computação e só consegui arrumar um estágio como suporte ao cliente (atendende de HelpDesk) de Banda Larga, justamente porque os estágios que aparecem na area de desenvolvimento, pelo menos na minha região, na maioria das vezes exigem experiência e muitos conhecimentos avançados . Fiz trabalhos científicos com Java enquanto estava no IFBA, publiquei em congressos e tal. Mas é meio complicada essa situação rsrs
Excelente artigo, parabéns! abraço.

Marcos Mendes
8

Excelente artigo para todos os alunos das escolas técnicas e faculdades de tecnologia!!!

Exprimiu a realidade da nossa carreira em uma linguagem de fácil compreensão!

Parabéns, Milton!!!!

Neto
9

Achei muito pertinente seus comentários, já sou formado em administração de empresas e agora estou fazendo um curso técnico de programação e redes. Acho que a ára de informática é muito abrangente, cabe ao profissional depois de ter um visão geral, saber em que área ira focar.

Abraços,

Paulo Henrique
10

Concordo quanto ao estudo!
O problema é que as empresas não entendem que você precisa ter foco e exigem literalmente tudo!
Estou no ultimo semestre Tecnologo em Banco de Dados e como é de se esperar tive noções dos demais assuntos como programação orientada a objeto e redes porém, ninguém da minha sala a não ser quem já trabalha na área conseguiu um estagio ainda!
Já vi ate vaga de “Estagiário de TI Pleno”

serge
11

Oi eu estou morando na Irlanda , e nunca tive contato com algum curso de TI, mas estou afim de entrar na area sera que alguem pode me endicar algum curso que eu possa fazer aqui , pois andei olhando e sao varios diferentes , tem de 1 ano de duracao e de 2 anos de duracao e varias opcoes dentro deste tempo.

Deiner da Costa Menezes
14

Caro Milton, muito interessante seu artigo.
Acho importante acrescentar a oportunidade de ser monitor de algumas disciplinas onde se tenha maior afinidade, durante o período acadêmico. Pode parecer que não mas quando somos monitores, acabamos recebendo muita informação também.
Quanto a sua colocação referente aos estágios, achei providencial quando se referiu aos valores das bolsas. No período de estágio isso tem que ser o menos relevante, dando importância principalmente ao conhecimento que será adquirido. Puro investimento, como você mesmo disse.
Parabéns pelo artigo, muito bom.
Grande abraço.

anderson paulo
15

vlw mesmo amigo, procuro sempre conselhos antes de seguir o que quero e depois desses ai agora quero mais ainda começar o meu curso na area de Ti infelizmente eu trabalho e moro longe de boas instituiçoes mais um dia eu chego lá vlw mesmo.

Leonardo
16

Vou colocar um comentário que acho muito pertinente: Trabalhar na área de TI tem praso de validade, exploração ao extremo e pouquíssimo reconhecimento se algum.
Você entra porque gosta, mas as mazelas que passei me fazem querer ter ido para outra profissão , TI e muito recente nao tem órgão e qualquer um com qualquer formação mete o bedelho , faz funcionar e leva mais mérito as vezes por ter mais habilidade social !

Resumindo , se vc estiver numa faculdade de bom nome vc consegue algo se nao melhor tentar outra coisa !

Danilo
17

Olá, assino em baixo de tudo que vc disse!! É exatamente assim, passei pela fase do curso técnico, decidi focar em infra-estrutura, fiz curso para certificação e entrei para a faculdade. Desde o primeiro dia que me candidato a todas as vagas de estágio. Agora no segundo semestre fui selecionado para um estágio em uma grande empresa multinacional de TI. Estou super feliz com tudo que tem acontecido e muito otimista com meu futuro. O segredo contiua sendo estudar. Estude sempre, nunca se sabe quando uma boa oportunidade pode surgir, estar atualizado será o diferencial

Bitetti
19

Olha eu ainda agregaria 2 coisas importantes:
Tenha/participe de um projeto de software – não falta espaço no GitHub para se mostrar para o mundo.
e
Ser social e mente aberta – a torto e a direito vejo uma mulecada “se achando” em foruns, alguns sem educação mesmo, com um rastro ruim nos fóruns especializados a coisa fica preta fácil.

Cleiton
20

é um artigo muito bom, ainda mais pra mim que vou terminar o tec em info na terça, mas na minha cidade (São José dos Campos) pra quem ser programador até a TI em geral é dificil, é muito raro aparecerem vagas para estudantes como eu, estágios então… kk raros demais, ai quando vejo uma vaga ou eles pedem faculdade ou se é pra tec é pra trabalhar em loja e eles pedem tudo que vc imagina faça milhares de coisas e tenha a habilitação, ai eu vou conversar com profissionais da área eles me dizem vá para SP… como eu vou fazer isso ? kkk

Joilson
21

Essa é fácil, aprenda informática desde muito cedo, seja autodidata e lembre-se: SOS Computadores não é curso preparatório e nem certificação.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">