Ferramentas para Concursos – Parte I (Produtividade)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Bom, pessoal, está na hora de pedir licença aos artigos filosóficos e abrir espaço também aos artigos que tratam da preparação propriamente dita.

Dada a bagagem acumulada em Concursos, ao me deparar com um iniciante, o meu instinto quer  sair despejando um rio de informações sobre o “coitado”. Contudo, de que adiantaria um rio, se você não dispõe ainda de uma bateia para reter o ouro corrente?

Foi pensando nisso que resolvi escrever estes série de dois artigos abordando justamente ferramentas que podem auxiliar na preparação para Concursos. Neste primeiro, vamos focar em ferramentas gerais, aquelas que vão lhe proporcionar mais produtividade, sem, no entanto, serem específicas para o estudo. Ou seja, se você quiser aplicá-las para conquistar outras metas de vida, fique à vontade.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Seguem os parâmetros comuns que utilizei para determinar as escolhidas :

  • Preço – a maioria das ferramentas tem versão gratuita. Todavia, não discriminei as pagas, pois, pelo menos para mim, o importante é que o valor proporcionado seja superior ao preço cobrado;
  • Sincronismo – ganham muitos pontos comigo ferramentas que sincronizam entre os mais diversos hardwares (Laptop, Tablet, Smartphone. etc). Acesso via browser também é muito importante, principalmente quando fazemos uso de equipamentos de terceiros;
  • Usabilidade – elas devem apresentar interface amigável nas diferentes plataformas e sua operação deve ser a mais intuitiva possível;
  • Carregamento – de preferência, o mais simplificado possível, ou seja, o uso da ferramenta deve primar pelo minimalismo das informações (campos) requeridas e retornar o máximo de resultado;
  • Modo Offline – é muito desejável que, numa eventual falta de conexão com a Internet, permaneçamos com  a capacidade de uso (mesmo que limitada), e o sistema possa se ressincronizar tão logo a conexão seja restabelecida;
  • Integração – ninguém gosta de ficar inserindo os mesmos dados, mesmo que seja em sistemas diferentes. Ora, os sistemas que conversem entre si! Exemplo: ao programar um pagamento no financeiro, é uma mão-na-roda que uma ação de pagamento já passe a constar no meu to-do list;
  • Social – hoje padecemos da compulsão de compartilhar praticamente todo tipo de informação. Então, a ferramenta deve permitir a interação entre seus usuários. Se permitir algum nível (precário) de interação com não-usuários, melhor ainda;
  • Buscas rápida – quem hoje tem paciência para percorrer toda a árvore de diretório até chegar a informação desejada? Isso, SE você se deu ao trabalho de organizar toda a informação previamente… Pois bem, a “onda” agora é “Taca-le pau” no campo de pesquisa e esperar que o sistema resolva a busca o mais rápida possível.

Apresentados os parâmetros de escolha, vamos enfim às ferramentas:

Calendário – Se você não usa nem o calendário, repense seus valores… Perder um compromisso pode trazer muito prejuízo. Para o concurseiro, então, pode ser catastrófico. A necessidade do calendário aumenta quando os compromissos se multiplicam, e muitos se tornam repetitivos. Para mim, o mais importante nessa ferramenta é a capacidade de proporcionar múltiplas visões: diária, semanal, mensal, anual, etc. Desta forma, fica sobremaneira mais fácil planejar a carga de compromissos ao longo de um período, bem como detectar potenciais conflitos de agenda.

Ferramenta que uso: Google Calendar (integrado com o RTM).
Outras Opções: Sunrise.

To-Do List – Outro curinga! Afinal, todo mundo precisa de uma lista de tarefas. Para mim, o grande diferencial de uma bom gerenciador de tarefas é permitir visualizações (somente) daquilo que te interessa em um determinado contexto, bem como permitir a priorização das tarefas.

Ferramenta que uso: Remember the Milk.
Outras Opções: Whunder List, Todoist, Toodledo, etc.

Notas - Nada melhor para reter uma informação do que anotá-la, não é mesmo? A grande popularidade dos blocos de notas decorre de sua capacidade de nos permitir rabiscar informações livremente, ou seja, sem nos paralisar prematuramente face à formatação e campos pré-definidos. Essa liberdade nos permite também realizar brainstorms antes de maturarmos as informações coletadas para só então adequá-las à rigidez dos formulários de outras ferramentas. Agora, o que me diria se eu pudesse acessar esse bloco de notas de qualquer lugar? Pois é…

Ferramenta que uso: Evernote
Outras Opções: OneNote, Keep, etc.

Busca Instantânea/Preview – Imagine-se revisando uma questão de concursos e lembrando que leu justamente aquele trecho-resposta em um arquivo que deve estar em meio aos seus trocentos GB de informação. Bom, eu nunca fui uma pessoa muito organizada para criar (e principalmente manter) um diretório de arquivos intuitivo. Prefiro deixar isso para a máquina… Aí, você pode dizer os sistemas operacionais modernos  já incorporaram essa funcionalidade. Realmente, mas desconheço algum que faça “preview”. Traduzindo, além de a ferramenta encontrar instantaneamente o arquivo desejado, ela também consegue mostrar especificamente a parte relevante, sem contudo precisar abri-lo por meio do aplicativo padrão (sempre proporciona aquela demora “chatinha” para inciar).

Ferramenta que eu uso: Copernic Desktop Search.
Outras opções: buscador do próprio S.O. (é provável que ele não forneça “preview”).

Armazenamento na Nuvem – Hoje em dia, para estudar, qualquer lugar é lugar! Imagine você em uma fila quilométrica de banco e, de repente, lembra-se que aquele PDF crucial ficou no HD de casa? Não pode! O ideal é que seu material de estudo esteja todo na nuvem. Se atualmente (praticamente) todo mundo que tem um computador tem “provado” os serviços de armazenamento online, eu fui além! Excetuando-se alguns dados cujo sigilo é crítico, TODAS as minhas outras informações estão na nuvem. Resumindo, no meu caso, o HD é tratado como a cópia de segurança local.

Ferramentas que eu uso: Dropbox (profissional) e Google Drive (Pessoal).
Outras opções: SkyDrive, iCloud, etc.

Leitor de RSS – Dizem que as Redes Sociais estão matando o RSS, vide Google Reader. Bom, se isso acontecer mesmo, eu vou ficar muito chateado, pois o Feed é disparado a minha principal ferramenta para acompanhamento de artigos relevantes sobre concursos e tecnologia. Em vez de você ficar visitando uma infinidades de sites, que tal receber todas as atualizações em uma interface central? Vale ressaltar que costumo “preservar” meu RSS, ou seja, eu só assino aquilo que realmente pretendo ler, mesmo que demore um pouco mais. Portanto, nada de sair assinando indiscriminadamente sites que mandam milhões de atualizações por dia! Tal prática acaba causando uma rejeição previsível no leitor, o qual fica agoniado porque não está “dando conta” de processar toda aquela informação. Mas a dúvida crucial para produtividade é: eu preciso mesmo dar conta de tudo?

Ferramenta que uso: Feedly.
Outras Opções: Old Reader, Aol Reader, etc.

Consolidados de Notícias – Essa ferramenta aqui é similar à anterior, com a diferença que quanto à ela não temos a ilusão de consumir tudo que a percorre. Uma boa analogia é “enquanto a anterior é uma lagoa, essa aqui é um rio”, uma vez que a informação é bem mais perecível. O grande mérito desse tipo de ferramente é te permitir criar o próprio periódico (jornal/revista), dando a oportunidade de escolher as fontes de acordo com a sua linha editorial (preferência). Só tome cuidado com o “efeito bolha”, e a ferramenta passar a te mostrar apenas o que você quer ver. 

Ferramenta que uso: Flipboard.
Outras Opções: Papper.li, etc.

Ler Depois – Imagine que você deu de frente com uma notícia magnética na tela, mas, como é muito comum, não dá pra pausar para lê-la agora. O que você faz? Deixa a notícia aberta no browser? Colocar nos favoritos? Imagine o tamanho que isso não vai ficar… Que tal se com apenas dois clicks você conseguisse salvar a notícia desejada em um local de fácil acesso para se ler com toda calma e comodidade na hora que puder. E mais, sem propagandas e permitindo vários ajustes de formatação os quais tornam a leitura mais agradável.

Ferramenta que uso: Pocket.
Outras Opções: Readability, Instapaper.

Mapa Mental – Pensei muito antes de colocar essa tipo de ferramente aqui e não nas específicas. Ora, eu mesmo antes só usava mapas mentais para fixação de conteúdo e como auxílio na elaboração de discursivas. Contudo, há bem pouco tempo comecei a usar essa importante ferramenta também para registrar e controlar meus objetivos nas mais diversas searas, bem como registrar ideias de uma forma menos trabalhosa (do que texto puro) e visual. Confesso que essa simples mudança proporcionou um choque de produtividade na minha vida.

Ferramenta que uso: Mind Meister.
Outras Opções: FreeMind, Midomo, Xmind.

Integração – É comum as ferramentas se integrarem nativamente de modo a automatizar operações esperadas. Exemplo: ao  se criar um lembrete no Evernote, uma tarefa é gerada automaticamente no To-Do List. Mas, e quando não existe essa parceria entre as ferramentas? Aí, você pode recorrer às ferramentas de integração. Por exemplo, quando eu favorito um tweet, o link que ele contem é registrado no pocket para leitura posterior.

Ferramenta que uso: IFTTT.
Outras Opções: Zapier.

Login/Preenchimento Automático – Vai me dizer que você não tem dificuldade em gerenciar (com segurança) das infinitas senhas dos infinitos serviços online? Ainda, o que me diria se você pudesse poupar o tempo que consumimos diariamente no preenchimento daqueles formulários imensos (e chatos) de cadastro? E a cereja do bolo é a ferramenta automatizar o acesso ao site, injetar os dados de usuários e senha, e deixar a área restrita do site já prontinha para você usar. Tudo isso com poucos clicks.

Ferramenta que uso: Roboform.
Outras Opções: Last Pass.

Finanças Pessoais – Você deve estar se perguntando o que uma ferramenta de finanças tem a ver com concursos. Explico, a aprovação é um projeto como qualquer outro e, portanto, requer algum nível de controle financeiro, de modo a manter o equilíbrio entre receitas e despesas. Vale ressaltar que  uma pessoa endividada não é uma pessoa tranquila e, consequentemente, é uma pessoa que gasta muita energia mental na ruminação desse fato. Energia esta que deveria estar sendo canalizada para a aprovação.

Ferramenta que uso: Organizze.
Outras Opções: Guia Bolso.

Por fim, alguns cuidados que se deve ter na utilização dessas ferramentas:

  • Não consumir todo o tempo disponível na alimentação eterna dessas ferramentas. Você não pode perder de vista que o objetivo principal é a execução, não o controle;
  • Notem que eu falei das ferramentas, mas não falei de um processo. Isso mesmo, quando se tem vários instrumentos, é necessário um processo azeitado para promover a “Orquestração”. Mas isso é papo pra outra cerveja… Por enquanto, a minha recomendação é “desenvolva o seu próprio método”. Senão, você vai se perder;
  • A maioria das ferramentas pode ser substituída pela “tríade faz-tudo”: Word, Excel e Outlook. Entretanto, lembre-se que, por esse mesmo raciocínio, você também seria capaz de construir uma estação de metrô com apenas uma colher de pedreiro;
  • Cuidado ainda com as ferramentas “Pato”, prometem que vão andar, nadar e voar, mas, no fim, não fazem nada direito. 

E aí, pessoal, gostaram da listinha de ferramentas? Gostariam de sugerir alguma? Contribuam, por favor, por meio dos comentários!

Bons Estudos e até o próximo artigo! (aceito sugestões)

Walter Cunha

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

14 Comentários

Hugo Souza
1

Muito bom Walter, ferramentas excelentes para produtividade.
Vou deixar aqui uma que uso bastante, é o Sync do BitTorrent. Com ele todos os meus arquivos ficam sincronizados em todos meus dispositivos e o limite é o do PC/Note com o menor diretório sincronizado. Em smartphones e tablets você tem acesso a todos os arquivos mas só sincroniza o que realmente desejar. Fica aí minha humilde dica. Abraço a todos.

Diego Martins de PinhoDiego Martins de Pinho
3

Parabéns Walter! Já conhecia a maior parte dessas ferramentas e elas realmente auxiliam MUITO no dia a dia! Sempre recomendo o uso delas para meus colegas. Vou dar uma olhada nos que ainda não conheço :)

Yuri do Carmo
6

Olá Walter. Obrigado pelas dicas!

Tenho uma pequena contribuição sobre ferramenta para controle financeiro. Já ouviu falar do Mobills? Tem app para Android e iOS e sincroniza os dados com uma versão web também. https://www.mobills.com.br/

michael
8

Também recomendo criar avisos, particularmente uso o google agenda pra me notificar as 22h que tá na hr de estudar rs

Gustavo Ventura
11

Muito bom, Walter. Na categoria “Ler Depois” indico o Clearly, que uso integrado ao Google Chrome. Ele remove os “extras” das páginas, deixando muito mais agradável a leitura, e permite o envio para a conta do Evernote.

Bruno Pinna
12

Muito interessante agora que eu entrei no mundo dos concursos achei nota 100 Professor Walter, estou a ver também outros post teus e são de primeira qualidade já está no meu favorito.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">