Conheça as 25 senhas mais utilizadas no mundo em 2016

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Em 2016 “123456” continuou sendo a senha mais usada pelos usuários de internet em todo o mundo. A senha é usada por 4 em cada 100 usuários da rede.

Esse é o sexto relatório anual realizado pela SplashData, chamado Worst Passwords List, onde são relacionadas as 25 piores senhas usadas em todo o mundo durante o ano. Para o levantamento foram analisadas mais de 5 milhões de senhas que foram descobertas e se tornaram públicas ao londo do ano de 2016.

O relatório mostra que pouco mais de 10% das pessoas usam pelo menos uma das 25 piores senhas da lista, com quase 4% das pessoas usando a pior senha, “123456”.

senhas-seguranca

Entre as 25 piores senhas, somente 8 são novas e 17 já constavam na lista de 2015. Pelo sexto ano seguido as duas senhas mais usadas são “123456” e “password”. Se destacam também senhas numéricas simples, onde 7 senhas são compostas apenas por números.

Lista das 25 piores senhas usadas em 2016:

  1. 123456 (inalterado)
  2. password (inalterado)
  3. 12345 (+2)
  4. 12345678 (-1)
  5. football (+2)
  6. qwerty (-2)
  7. 1234567890 (+5)
  8. 1234567 (+1)
  9. princess (+12)
  10. 1234 (-2)
  11. login (+9)
  12. welcome (-1)
  13. solo (+10)
  14. abc123 (-1)
  15. admin (nova na lista)
  16. 121212 (nova na lista)
  17. flower (nova na lista)
  18. passw0rd (+6)
  19. dragon (-3)
  20. sunshine (nova na lista)
  21. master (-4)
  22. hottie (nova na lista)
  23. loveme (nova na lista)
  24. zaq1zaq1 (nova na lista)
  25. password1 (nova na lista)

O uso de qualquer senha da lista deixa os usuários com grande risco de sofrerem ataques e terem suas contas ou dados roubados.

“Fazer pequenas modificações em uma senha fácil de adivinhar não a torna segura e os hackers irão aproveitas essas tendências”, diz Morgan Slain, CEO da SplashData. Com a divulgação do relatório o objetivo é chamar a atenção dos usuários para os riscos de utilizar senhas simples e motivar a utilização de senhas mais seguras na rede, já que comprovadamente a maioria das ocorrências de ataques e perda de informações é ocasionada a partir do uso de senhas fracas, que são facilmente descobertas com os métodos de ataques usados pelos hackers.

Para as empresas, é muito importante haver uma conscientização com os colaboradores para que sejam usadas senhas seguras. Pois com senhas fracas, a empresa e seus colaboradores ficam vulneráveis a vários tipos de ataques, como perda ou sequestro de dados e roubo de informações.

Com uma boa orientação e medidas simples, é possível criar senhas seguras e reduzir muito os riscos de incidentes e falhas de segurança.

Compartilho esse artigo, que ressalta a importância de dar atenção para o uso de senhas fortes e lista algumas dicas de como criar senhas seguras. Também deixo como sugestão o download do guia completo para criação e gerenciamento de contas de usuário e senhas seguras, que pode ser compartilhada com os colaboradores da sua empresa para orientação de como manter suas contas e senhas seguras.

Essas duas medidas simples já vão tornar suas senhas mais difíceis de serem descobertas por terceiros:

  • Use senhas com oito ou mais caracteres, contendo letras e números.
  • Evite usar a mesma combinação de nome de usuário e senha para vários cadastros.

Você também pode dar uma olhada na lista das piores senhas nos anos de 2015, 2014 e 2013.

E não deixe de compartilhar nos comentários situações que você ou sua empresa já enfrentaram com senhas inseguras e que medidas foram tomadas pra resolver a situação.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Cledison Fritzen

Mais artigos deste autor »

Formado em Sistemas de Informação, com experiência em desenvolvimento de sistemas e gestão de TI. MBA em Marketing e Vendas pela FGV e diretor de marketing e vendas no Lumiun Tecnologia.


1 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">