Integrar é fundamental

A imagem abaixo traduz o que considero como o principal papel do Gerente de Projeto (GP), o de integrador. Encaixar com perfeição o quebra-cabeça necessário para executar um bom projeto, ou seja, fazer com que as partes interessadas falem entre si (sem ruído).

E você acha que é simples integrar a equipe, os usuários, o cliente, o patrocinador, o escritório de projetos e, o mais difícil , a parte executiva!? Não, não é nada simples. Cada um tem sua expectativa sobre o projeto, suas limitações, seus altos e baixos e o GP precisa entender e saber como articular com tudo isso, sem ignorar ninguém, nem desmerecer a expectativa de cada um, incluindo a sua.

equipe-colaboracao-quebra-cabeca

Por isso, as boas práticas indicam que 90% do trabalho do GP é praticar a Comunicação. E, não tem como ser diferente, se você quiser fazer uma boa gestão.

Só que para conseguir se comunicar o GP precisa ter paz, para que possa observar a todos e traçar a melhor estratégia de comunicação a cada parte interessada. O que vejo na maioria das empresas é exatamente o contrário: a área executiva da Organização, na qual do GP atua, não dá sossego para a ele. Ora é uma chuva de reuniões sem pauta, extremamente inúteis, ora é uma avalanche de e-mails em cópia desnecessários, que tiram a concentração e prejudicam as decisões do GP.

A dica que dou para você que também é GP e enfrenta essas dificuldades é ser franco com as pessoas, combinar com a equipe que e-mail deve ser usado apenas para formalizar uma decisão acordada entre vocês – e que não precisa te copiar em tudo. Converse com seu PMO e peça o apoio dele para ter tranquilidade na condução do seu trabalho.

Ser sincero com as pessoas, demonstrar que também possui limitações, deixar claro que confia na sua equipe não fará de você alguém frágil, pelo contrário, demonstrará que você se preocupa com o que faz e que deseja alcançar o melhor resultado.

Encaixe as peças e monte seu quebra-cabeça com sucesso, mas, o principal, com qualidade de vida e paz!

Boa sorte!

Carolina Souza

Mais artigos deste autor »

Orientadora de Carreira desde 2016 potencializando pessoas a evoluírem em suas carreiras. Graduada em Tecnologia da Informação. Especialista em Gestão de Projetos e Formanda em Psicologia. Com mais de 12 anos de vivência no mundo corporativo.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!