O que é e como implantar um NOC?

Atualmente, quase todos os processos empresariais são sustentados pela tecnologia. Assim, é importante que os negócios contem com uma infraestrutura de TI eficiente e o seu monitoramento torna essa prática mais fácil. Essa averiguação pode ser realizada por meio de um NOC, um acrônimo para Network Operations Center

Por definição, trata-se de um ambiente em que se promove o a gestão de eventos e monitoramento, por meio de soluções especializadas. O motivo da utilização de um NOC é descobrir a existência de falhas no momento em que elas acontecerem, permitindo que seja possível, assim, tomar as devidas providências para evitar que isso possa provocar perdas financeiras para uma empresa. 

monitoramento-noc-soc-monitorar-rede

O que é NOC?

Os centros de operações de rede, também conhecidos como NOC, são uma equipe de TI terceirizada que oferece serviços abrangentes de proteção de rede. Os NOCs são geralmente empregados por Managed Service Providers (MSP’s) ou integrados internamente em um MSP para gerenciar com eficiência a segurança da rede dos clientes.

Os Centros de Operações de Rede tomam medidas proativas para gerenciar a segurança da rede dos clientes, implementando várias camadas de hardware e software de segurança e as monitorando por meio da utilização de uma solução de Monitoramento e Gerenciamento Remoto (RMM).

Embora os NOCs possam ser equipados para lidar com problemas de rede de baixo nível, como redefinições de senha, problemas mais complexos, também é possível implementar métodos de recuperação de desastres e violações cibernéticas.

Os NOCs, geralmente, resolvem problemas de rede sem o envolvimento do usuário final. Se um NOC estiver funcionando corretamente, o usuário final não deve notar problemas como tempo de inatividade prolongado, malware ou funcionalidade ineficiente de rede.

Como funciona um NOC?

Os Centros de Operações de Rede operam por meio de camadas. Essa estrutura permite que as tarefas sejam encaminhadas de forma rápida e adequada ao funcionário mais adequado para o trabalho. 

As atividades são identificadas por meio do RMM do NOC. Ao monitorar vários softwares de segurança cibernética, os colaboradores do setor são capazes de identificar tarefas como privilégios de administrador que precisam ser concedidos ou ameaças de malware que devem ser solucionadas. Depois que as tarefas são identificadas, um chamado é gerado e levado ao funcionário que seja mais adequado para cumprir a demanda.

Como os NOCs normalmente operam em camadas, isso pode significar que, por exemplo, a primeira parte pode ser equipada para lidar com trabalhos de baixo nível, como redefinições de senha, enquanto uma terceira camada pode ser reservada apenas para os problemas mais críticos, como ataques de ransomware e interrupções na rede. 

Com os sistemas em camadas, o nível de experiência de trabalho exigido de um funcionário NOC avança conforme você se desenvolve pelas camadas. Isso garante que os recursos de funcionários experientes sejam reservados para as chamadas que mais precisam deles.

A maioria dos Network Operations Center pode resolver grande parte dos problemas utilizando determinado software de segurança ou acessando remotamente o computador de um usuário final. Para maiores problemas, alguns NOCs disponibilizam, assistência no local para clientes a uma certa distância. Isso pode ser um grande diferencial para o segmento de Help Desk, que, às vezes, ficam a centenas de quilômetros de distância ou mesmo no exterior.

Como um NOC é projetado e implantado?

O projeto ideal dará ao NOC sua própria sala dedicada. Uma parede pode ser coberta por telas de vídeo, cada uma exibindo uma visão em tempo real do desempenho geral da rede, junto com incidentes e alarmes ativos. Os monitores de vídeo são configurados em uma grade e conectados para que possam operar como uma unidade de alta resolução. A dimensão do espaço físico do NOC e da equipe depende do tamanho da organização e do data center.

O video wall é onde os alertas aparecem pela primeira vez, mostrando especificamente aos técnicos onde um problema está ocorrendo e qual dispositivo ou linha foi afetado. As telas de vídeo também podem transmitir notícias e rastrear o clima para permitir que os técnicos vejam problemas em andamento que podem afetar as operações de rede mais amplas.

A parede de vídeo também é conectada a estações de trabalho individuais em toda a sala, onde os técnicos são designados para monitorar uma tecnologia ou ponto problemático específico. A partir daí, os especialistas podem se aprofundar em questões relacionadas e seguir os protocolos que foram desenvolvidos para resolver o incidente.

Cada estação de trabalho inclui vários monitores, tornando mais rápido e fácil para os técnicos analisar as informações e responder com mais eficiência. Cada estação também está conectada determinado sistema, permitindo que os técnicos se comuniquem e compartilhem informações em tempo hábil. Os profissionais também podem colocar detalhes de alerta na tela do video wall para que todos possam revisar.

Em grandes empresas, você geralmente encontrará uma sala separada dedicada a uma equipe que gerencia incidentes graves de rede.

Um NOC adota, geralmente, uma abordagem hierárquica para o gerenciamento de incidentes. Os técnicos são categorizados em níveis — tipo 1, 2 e 3 — com base em sua habilidade e experiência na resolução de problemas específicos. Depois que esse profissional descobre um problema, ele cria um tíquete que categoriza o óbice com base no tipo e na gravidade do alerta, junto a outros critérios. 

Se o especialista atribuído a um nível de problema específico não conseguir resolvê-lo com rapidez suficiente, ele passa para o próximo nível e continua a escalar até que o contratempo em andamento seja totalmente solucionado. A combinação de equipamento poderoso e equipe altamente qualificada operando sob protocolos muito específicos permite que o NOC opere sem parar.

Quais são as funções e responsabilidades de um técnico NOC?

Os engenheiros e técnicos de NOC atuam em processos de monitoramento, análise de capacidade de infraestrutura e medidas de segurança. Eles são responsáveis por tomar decisões, além de promover ajustes visando a garantia da performance da rede e da produtividade.

Assim que for preciso realizar alguma intervenção ou ação do MSP, os profissionais do NOC podem criar chamados pra identificar falhas conforme sua gravidade, tipo de alerta, entre outros. De acordo com o panorama entre o NOC e o MSP, os times especializados podem atuar em conjunto a fim de solucionar qualquer contratempo (e constatar sua causa inicial para que essas falhas não aconteçam posteriormente).

Os técnicos são categorizados levando em conta “níveis”, os quais apontam qual a real dificuldade e a gravidade existente para que possam lidar corretamente em cada caso. Esses níveis são numerados de 1 (aquilo que pode ser solucionado facilmente) e aumentam sua capacidade até os problemas de TI mais complicados. 

Por exemplo, se houver alguma notificação relacionada à falha de hardware, haverá um alerta para que um técnico de nível 1 resolva o problema. No entanto, após uma inspeção mais aprofundada, se o problema for além disso, o tíquete pode ser emitido para profissionais de classe 2 ou 3.

Os técnicos de NOC pesquisam bastante para saber se há atividades anômalas na rede, realizando ajustes, além de organizarem recursos extensos para responder a situações de emergência.

Os recursos adicionais do NOC incluem:

  • instalações, resolução de problemas e atualização de software de aplicativo;
  • descoberta e averiguações de rede;
  • serviços de gestão de e-mail;
  • administração de backup e armazenamento;
  • análise e atualização de antivírus;
  • adoção da política;
  • gerenciamento e monitoramento de firewall e sistema de prevenção de intrusão (IPS);
  • coordenação de patches e lista permissivas;
  • manutenção de tráfego de voz e vídeo;
  • análise de ameaças compartilhadas;
  • melhorias e relatórios relacionados à qualidade de serviço;
  • descrições sobre desempenho e recomendações de otimizações.

Qual é a diferença entre um SOC e um NOC?

Um Centro de Operações de Segurança (SOC) e um Centro de Operações de Rede (NOC) são dois termos que também costumam ser confundidos um com o outro. Embora os SOCs e os NOCs trabalhem com os MSPs para solucionar problemas relacionados à TI, os SOCs são mais especializados do que os NOC em termos de oferta.

objetivo principal de um Centro de Operações de Segurança é proteger a rede de um cliente. Sua equipe especializada dedica todos os seus recursos ao monitoramento e gerenciamento de ameaças.

Um Centro de Operações de Rede tem vários objetivos que vão além da segurança da rede. Por exemplo, um NOC também pode lidar com tarefas que vão desde a garantia do tempo de atividade e backups de informações consistentes até o gerenciamento de atualizações de hardware.

Os acordos de nível de serviço (SLAs) que os NOC assinam com os clientes são onde esses objetivos são normalmente definidos para garantir que sejam cumpridos de forma consistente. 

Quais os benefícios de um Centro de Operações de Rede?

Além do desempenho eficiente de monitoramento de dados, essa aplicação é capa de extrair dos ativos de TI diversas informações. Esses ativos possibilitam o cuidado com eficácia do investimento em produtos ou serviços importantes de uma companhia. 

Além disso, essa aplicação oferece diversas vantagens para os negócios. Veja, a seguir, quais são. 

Tempo de atividade da rede

Os NOCs têm objetivos que vão além da segurança da rede. Um ponto importante é que ele pode garantir o mínimo de tempo de inatividade da rede. Uma das formas pelas quais um Network Operations Center possibilita o tempo de atividade é realizando backups consistentes dos dados. No caso de interrupção da rede, essa prática permite que as informações da rede possam ser recuperadas rapidamente com perda mínima.

Além disso, monitorando remotamente os problemas de rede, os NOCs podem identificar processos que precisam ser alterados ou simplificados para melhorar a funcionalidade da rede. Por exemplo, um servidor de rede sobrecarregado que está causando afunilamento de tráfego pode ser ajustado para acelerar os processos do usuário final. 

O tempo de atividade da rede garante a produtividade da empresa e pode evitar os custos associados ao tempo de inatividade.

Solução rápida de problemas

Em Help Desks, por exemplo, os problemas podem não ser identificados até que um usuário final entre em contato falando sobre o que ocorreu. Isso pode se tornar problemático em se tratando de uma rede, como a possibilidade de haver ameaças cibernéticas, uma vez que, geralmente, um usuário final não notará esse tipo de ataque até que ele efetivamente aconteça.

Por outro lado, o software de monitoramento de um NOC pode identificar ameaças cibernéticas antes que tenham a oportunidade de atacar. Resolver problemas de rede com mais rapidez pode minimizar o tempo de inatividade e proteger melhor seus dados. 

Produtividade

Uma vez que os usuários finais não precisam criar tíquetes de suporte sozinhos, eles não serão incomodados em receber chamadas ou bate-papos online com agentes de suporte para que seus computadores voltem a funcionar.

O NOC notará proativamente os problemas do computador ou da rede e tomará medidas para resolver os problemas antes que o usuário final observe uma queda na funcionalidade da rede.

Algumas empresas com TI própria fazem parceria com um MSP, algumas das quais empregam um NOC, para segurança cibernética adicional. Os NOC aliviam o fardo do monitoramento de rede de qualquer TI interna, o que os libera para atividades mais críticas aos negócios.

Serviços inclusos

Comparados aos Help Desks e SOCs, os Network Operations Centers têm a capacidade de oferecer um pacote mais abrangente. Os NOC podem disponibilizar uma combinação de serviços de segurança cibernética e assistência geral de rede. Para empresas com pouca ou nenhuma TI interna, os Centros de Operações de Rede podem servir como um instrumento útil para a integridade holística da rede.

Enfim, no geral, um NOC é criado para auxiliar as empresas com grandes redes a manter o controle sobre seus processos, sem ter que lidar com cada questão de forma manual e individual. Esse centro conta com variados recursos que os negócios podem utilizar a fim de ajudar a manter sua rede protegida contra potenciais ataques externos. Um NOC permite, dessa forma, que as organizações tenham tranquilidade de que tudo esteja funcionando de forma eficaz e sendo monitorado de modo adequado. 

Redação PTI

Mais artigos deste autor »

Portal dedicado ao compartilhamento de conteúdos relacionados a carreira em Tecnologia da Informação. Siga-nos nas redes sociais acima e acompanhe publicações diariamente :)


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">