O que é mineração de dados e onde pode ser aplicada?

Você já parou para pensar na grande quantidade de informações que são geradas na internet todos os dias? Seja em uma simples visita a um blog, seja na compra de um produto ou serviço, cada atitude que se toma no mundo virtual cria algum dado que pode ser usado para vários tipos de análises e é justamente neste contexto que a mineração de dados atua.

Uma loja virtual, por exemplo, pode ter uma ideia de quais são suas mercadorias mais vistas e até ganhar insights em relação a itens que são adquiridos em conjunto. No entanto, não é fácil encontrar informação pertinente em meio a esse grande volume de dados. A partir disso, pode-se dizer que entra em cena a mineração de dados (data mining).

Dessa forma, preparamos este artigo para falar sobre esse conceito e como ele pode ser aplicado. Boa leitura!

O que é mineração de dados?

Big DataA tradução direta do data mining já ajuda a entender do que se trata. É um processo que visa examinar grandes volumes de dados a fim de encontrar padrões consistentes. Quando são encontrados, esses padrões devem passar por um processo de validação para se tornarem uma informação utilizável.

É fato que, por conta da quantidade enorme de dados a serem validados, o data mining não pode ser realizado de modo eficaz somente com a ação humana. Sendo assim, esse é um dos pontos que tornam a transformação digital essencial para o desenvolvimento das organizações.

Com a utilização de maneira automática de algoritmos de aprendizagem, a mineração de dados é capaz de demonstrar interações e tendências de consumo apresentadas por consumidores de uma marca, tudo isso em um tempo razoável. Assim, esse conceito nada mais é do que uma reunião de técnicas as quais permitem filtrar do Big Data os dados considerados importantes para alcançar um determinado objetivo.

Qual o processo de mineração de dados?

O método de data mining é baseado em 4 fases que devem estar em perfeita sintonia para que os resultados sejam satisfatórios. Confira, agora, quais são.

Determinação de um objetivo

Todo negócio necessita de um planejamento estratégico para poder controlar suas operações visando metas de curto, médio e longo prazo. A utilização da mineração de dados é um mecanismo analítico o qual deve estar em conformidade com essa premissa. Ou seja, é fundamental estipular um alinhamento entre ela e a estratégia geral.

Levando isso em consideração, a primeira ação referente à mineração de dados é avançar nos objetivos gerais do negócio. promovendo uma análise, é possível determinar qual problema será solucionado com o data mining e qual o modelo de informação será útil para a empresa.

Exclusão de redundâncias

A segunda etapa do processo de mineração de dados é diminuir informações duplicadas e redundantes. Desse modo, os dados realmente importantes são integrados, por meio de uma averiguação separada das fontes de informação.

Nessa fase ainda existe bastante conteúdo misturado e distante da meta inicial. Por isso, é essencial estabelecer parâmetros que determinarão a utilidade da informação, a fim de que o processo seja capaz de caminhar para o outro nível.

Limpeza de dados

Aqui será onde se utilizará os parâmetros definidos anteriormente como meio de limpar o que não é importante e que apresenta alguma falha, como informações erradas ou que estejam duplicadas. Dessa maneira, você deve realmente considerar aquilo que é imprescindível para os negócios.

Mineração de dados

Essa é a etapa final da mineração de dados, já que é o ponto crucial para o sucesso de um empreendimento. Com as informações selecionadas que foram filtradas e tratadas, é chegado a ocasião de usar técnicas que visam alcançar resultados.

Após isso, as relações estipuladas poderão ser avaliadas levando em conta as metas definidas anteriormente, identificando padrões úteis para a sua empresa.

Qual a importância da mineração para as empresas?

A tecnologia avançou no armazenamento de informações e, o que há alguns anos era observado como descartável e perda de tempo, atualmente já se mostra como uma estratégia eficiente para atingir o público que realmente se interessa pelo seu produto ou serviço.

Sendo assim, identificar padrões que sejam importantes para um negócio é uma ação eficaz para organizações de qualquer campo de atuação. Em suma, é possível dizer que a relevância da mineração de dados para as empresas acontece pelo cumprimento de 3 funções essenciais:

  • previsão e prevenção de risco: ocorre quando a análise de dados busca entender o motivo de determinada estratégia ter dado errado a fim de evitar que isso aconteça novamente;
  • agrupamento: são feitos por meio de dados fornecidos pelos clientes e permitem que os negócios agrupem usuários de vários meios. Isso é eficiente quando o objetivo é alcançar o público com ofertas personalizadas e específicas, fazendo com que haja maiores chances de sucesso;
  • analise de comportamento: possibilita a identificação de estímulos a que cada público responde com maior frequência. Além disso, é possível traçar estratégias de como ampliar o alcance das publicações para conquistar um maior público por meio das redes sociais.

Onde a mineração de dados pode ser aplicada?

Esse conceito já proporcionou muitas inovações em variados setores, oferecendo oportunidades para os especialistas como os cientistas de dados e analistas de Business Intelligence (BI). Veja, a seguir, quais segmentos estão mais utilizando o data mining.

Comércio

Nessa área, por exemplo, a mineração de dados permite o entendimento de critérios de compra, interesses e características dos consumidores. Isso acarreta a criação de estratégias mais eficientes e feedbacks úteis no momento de analisar novas ações e lançamentos de produtos ou serviços.

Gestão de processos

A partir do data mining uma empresa pode promover o mapeamento adequado dos custos de processos logísticos e produtivos. Assim, as organizações se tornam capazes de aplicar métodos a fim de evitar retrabalhos, desperdícios e, por conseguinte, reduzir as despesas.

Recursos humanos

A mineração de dados é muito utilizada para encontrar padrões em currículos e candidaturas feitas para os processos seletivos das companhias. Ela também aumenta a capacidade de fazer pesquisas internas para avaliar pontos como o perfil dos profissionais e a qualidade do ambiente laboral.

Jurídico

Nesse setor, as técnicas são muito utilizadas para identificar decisões jurídicas. Por exemplo, se um advogado necessitar saber se existe algum julgamento favorável à sua demanda, é possível pesquisar em bancos de dados públicos sobre situações similares.

Instituições financeiras

Os bancos e lojas de crédito estão entre as que mais utilizam a mineração de dados. Ela possibilita a identificação de características dos clientes, a fim de saber quem tem maior risco de inadimplemento, por exemplo.

Medicina

No setor médico, os estudos e diagnósticos se tornam mais efetivos e amplos ao avaliarem uma quantidade maior de fatores. Exames físicos, hábitos, histórico de tratamentos, entre outros, podem ser extraídos de diversas frentes de conhecimento para auxiliar os pacientes atuais, além de criar novas técnicas para os tratamentos futuros.

Enfim, em tempos de Big Data, não é simples encontrar dados que sejam realmente relevantes para seu objetivo. Por isso, o uso da mineração de dados se faz importante como meio de melhorar o processo de análise e captar aquilo que seja eficiente para o que você busca.

Gostou deste post? Então, que tal saber agora sobre como a união da Ciência de Dados e da Computação em Nuvem pode beneficiar os negócios?

Redação PTI

Mais artigos deste autor »

Portal dedicado ao compartilhamento de conteúdos relacionados a carreira em Tecnologia da Informação. Siga-nos nas redes sociais acima e acompanhe publicações diariamente :)


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!