Mark Zuckerberg: O outro lado da filantropia

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Depois que Bill Gates resolveu juntar alguns amigos bilionários para doar metade de suas fortunas, muita gente ficou realmente espantado. Naquela época alguns dos maiores bilionários do mundo aderiram ao chamado de Gates.

O investidor americano Warren Buffett, terceiro homem mais rico do mundo com uma fortuna avaliada em US$ 47 bilhões, foi convencido por Bill Gates. Em 2006 o chamado Oráculo de Omaha, numa referência as suas apostas no mercado financeiro, anunciou que doaria 99% de sua fortuna. Desde então, começou uma cruzada em busca de novos Bilionários. Muitos nomes já surgiram na lista, dentre eles estão:

  • Larry Elisson dono da Oracle;
  • Michael Bloomberg dono da Blomberg;
  • George Lucas (Cineasta);
  • Ted Turner  fundador da CNN;
  • e outros

O mais novo integrante do grupo dos 40 bilionários, então chamado de Giving Pledge, é nada menos que Marck Zuckerberg – o Fundador do Facebook.

Mark, dono de um patrimônio avaliado em US$6,9 bilhões e retratado como uma pessoa sem escrúpulos, sem ética. Muitos estão criticando esta atitude de Zuckerberg, muitos dizem que ele só esta fazendo isso para livrar a sua cara destas acusações posando de bom moço filantrópico.

Atualmente Bill Gates é retratado como um homem que não se prende a bens materias, no entanto, um tempo atrás era muito criticado pela imprensa por fazer de tudo para conseguir aquilo que queria.

Será esta a grande jogada de Mark Zuckerberg para tirar das costas a fama de anti-ético, ladrão e outras acusações?

Deixe sua opinião para complementar esta reflexão.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

juvass

Mais artigos deste autor »

Atualmente Diretor Executivo do Grupo Sonaweb, empresa de desenvolvimento web baseada em Software livre.
Tambem mantenho o Blog SrWordPress.com.
Apaixonado por WordPress e programador php, louco para ter um Camaro SS V8.


3 Comentários

Romerito
1

Não acho que ele seja um ladrão, anti-etico e sem escrupolos. Ele defendeu o que ele contruiu a unhas e dentes, isso sim. Só porgue pela primeira vez o programador levou a melhor sobre os homens de negocios, não quer dizer que ele é um ladrão….

D.
2

Romerito, segundo processos veiculados em nome do sr. Zuckeberg ele pode ser apontado como ladrão, anti-ético entre outros. Segundo esses processos, o mesmo não construiu com “unhas e dentes” (como você mencionou) e sim “furtou” de seus colegas de faculdade. A lista não compreende somente dos irmãos Winklevoss, mas também de Eduardo Saverin o co-fundador do Facebook e amigo de Zuckeberg. Talvez todas as acusações sejam infundadas, surgiram acusações similares contra muitos outros (como o próprio Bill Gates), mas não é que elas deixam a pulga atrás da orelha?
E dizer que pela primeira vez um programador levou a melhor sobre os homens de negócio é desfavorecer em muito Linus Tovardis, Bill Gates entre outros, mas até ai a comparação é totalmente injusta. Não o coloco no mesmo patamar dos grandes.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">