Aplicações Windows e a Consumerização

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O surgimento da computação móvel, baseada em smartphones e tablets rodando em novos sistemas operacionais parecia ser um problema para as aplicações Windows, mas o tempo e a tecnologia mostraram que não.

A centralização do processamento já vinha sendo uma tendência, porém, com o Cloud Computing e a consumerização, ela se tornou indispensável para disponibilizar as tradicionais aplicações desktop Windows.

Com a virtualização das aplicações desktop em ambiente centralizado, pouco importa qual sistema operacional executa no dispositivo, pode ser Android, IOS ou Linux, pois a execução das aplicações continua sendo feita da mesma forma, sem alteração, sem choques culturais.

Através da virtualização das aplicações, elas não dependem mais do sistema operacional no desktop, ou nos dispositivos móveis.  Softwares clientes nestes dispositivos se encarregam de apresentar as aplicações sem nenhuma modificação, apenas adaptando a interação do usuário aos recursos do dispositivo. Ao invés de mouse, touchscreen, ao invés de um teclado físico, um teclado virtual. É apenas o modo de interagir com o dispositivo que muda, a aplicação continua exatamente com a mesma interface gráfica.

A tecnologia da virtualização da aplicação deu vida longa às antigas aplicações cliente/server do Windows. Aplicações escrita em Delphi ou Visual Basic, podem ser acessadas via web como se fossem aplicações web, com a vantagem de manterem a mesma interface de uso.

Com ela, os dispositivos móveis podem ser facilmente incluídos no dia a dia da empresa, sem nenhum impacto negativo, apenas os aspectos positivos da mobilidade e da ampliação de uso das aplicações tradicionais.

Com a virtualização de aplicações, os gestores de TI deixam de ter que se preocupar com a segurança dos dados nos dispositivos, pois é desnecessário armazenar dados corporativos em dispositivos mobile. Como praticamente qualquer dispositivo desses têm acesso a internet, os dados não precisam estar locais e sim disponíveis para serem acessados em qualquer lugar, através de um software cliente que se conecta num ambiente seguro e então lá estão todos os dados. A virtualização de aplicações viabiliza exatamente isso. Entrega os dados na ponta para os dispositivos mobile, dentro de uma plataforma virtualizada e segura, sem armazenar nada local.

por Otto Pohlmann: CEO da empresa Centric System

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">