Como anda o seu backup?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Cada dia mais a preocupação com performance, disponibilidade e segurança se faz presente no dia a dia do departamento de TI. O crescimento acelerado de muitas organizações tem colocado a TI no centro das decisões do negócio, e também como fator determinante de competitividade.

Contudo, muito mais que garantir acessos aos sistemas e respostas rápidas ao mercado, a equipe de TI precisa nos dias de hoje garantir que a empresa tenha condições de suportar qualquer tipo e porte de desastre.

Pensando justamente em situações extremas de risco, onde sistemas sofrem paradas inesperadas por falha física ou queda de energia, a primeira pergunta que normalmente vem à mente é: Como estão os backups?

Em agosto de 2012, a VMware anunciou o vSphere 5.1, repleto de novas funcionalidades. Uma delas, na minha opinião, salta aos olhos: o vSphere Data Protection (VDP), uma solução para backup de dados em disco; e o vSphere Replication, uma solução para replicação remota de dados.

Juntas, estas soluções completam os requisitos de segurança que garantem a integridade local dos dados e também a prevenção contra grandes desastres (incêndios, enchentes, etc).

Durante muitos anos a VMware vem trabalhando juntamente com diversos fornecedores de sofwares para backup afim de desenvolver soluções para este assunto, um exemplo básico disso é a integração entre o ARCSERVE backup da CA e o VMware, que possibilita o backup em fita de uma máquina virtual. O grande problema disso tudo era que o cliente, além da licença do Vmware, precisava ainda adquirir uma licença do CA, sem falar nos custos de implementação e manutenção destas ferramentas. Com o VDP esta história mudou, pois com a nova feature qualquer empresa pode ter um backup de sua máquina virtual ou data center por completo a um custo extremamente baixo.

Entre todas as vantagens que o VDP destaco as seguintes:

  • Está incorporado ao VMware vSphere 5.1;
  • Faz backup online e sem paradas, utilizando recursos como deduplicação;
  • Os dados podem ser armazenados diretamente no storage, com isso a performance de backup/restore acompanha a estrutura SAN;
  • É tecnologia EMC Avamar;

O grande efeito causado por esta incorporação ao vSphere é que você não precisa pagar nada a mais por isso, visto que o VDP já vem embarcado em qualquer edição sem custo adicional ou necessidade de módulos adicionais. Sendo assim, as facilidades para se gerenciar os backups se tornam muito maiores, pois o administrador não precisa mais se conectar em diferentes plataformas para gerenciar os backups, ele aproveita a mesma tela intuitiva do vSphere Web Client para realizar tanto o backup quanto o restore de um servidor virtual de forma fácil e intuitiva.

Sobre a duplicação, imagine que seu ambiente VMware tenha 50 máquinas virtuais Windows Server, cada uma com 20GB. Um backup full levaria 1TB de dados para o armazenamento, e isso é feito periodicamente (talvez todos os dias). Agora imagine que 95% dessas máquinas virtuais sejam iguais (afinal, são todas Windows). Assumindo que apenas 5% dos dados são realmente diferentes, seu backup continuará sendo full (1TB), porém, processará e armazenará apenas 50GB (uma redução de 95%, ou 20:1). Isso você tem no seu vSphere, pronto para uso, sem instalações adicionais.

Se você usa o vSphere 5.1 você já tem acesso ao VDP sem custo algum, isto mesmo é totalmente gratuito. Esta vantagem pode ser usada tanto pelas pequenas empresas que normalmente possuem um orçamento reduzido para TI e não podem se dar ao luxo de contar com uma ferramenta de backup proprietária, quanto para empresas de grande porte que desejam economias no processo, sem falar no benefício de simplificação do gerenciamento de TI.

A tecnologia em si não é nova: o VDP é, no fundo, a tecnologia EMC Avamar, que possui dezenas de milhares de clientes no mundo todo, incluindo o Brasil, e está no mercado desde 2007. A própria VMWare utiliza o EMC Avamar em seus sistemas corporativos há anos. Fechando o raciocínio, sua empresa, portanto, não tem barreiras tecnológicas nem comerciais e nem mesmo de confiança para iniciar o uso do VDP hoje mesmo.

Provavelmente você deve estar se perguntando se as ferramentas que se integravam ao vSphere vão morrer. A resposta para isso é: não. A Vmware se prontificou a manter toda a integração com softwares de terceiros, ou seja, nada muda.

Vale reforçar que o VDP é uma solução para simplificar e automatizar o backup em disco, por isso, em caso de necessidade de backup em fita será necessário utilizar um software específico, como por exemplo, o próprio CA ARCServe Backup citado neste texto.

Bom pessoal, por hoje é isso. Espero ter ajudado na compreensão da solução que eu jugo muito interessante quando o assunto é segurança e backup de dados.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Frederico Neves

Mais artigos deste autor »

Profissional graduado em Sistemas para internet, possui grande experiência em projetos de virtualização e cloud computing. Atualmente ocupa o cargo de Consultor de TI na PRODAMA atuando com a equipe de vendas dimensionando cenários e desenhando projetos. Atuo também em implementações de toda linha VMware, IBM System X, IBM System Storage, ARCSERVE Backup.
Profissional especialista IBM System X, IBM System Storage e VCP5 VMware.
Contato: (44) 8411-2684
email: [email protected]


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">