Sua equipe, seu maior trunfo

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

As pessoas que trabalham na sua equipe são seu maior trunfo. Tratá-las como tal é providencial para que elas sejam mais produtivas e comprometidas. Tratá-las como um passivo, algo que infelizmente vem se tornando comum na área de TI, as tornarão menos produtivas e desmotivadas, trilhando um caminho para a troca de emprego.

Se a sua empresa ainda não tem uma grande estratégia para retenção de funcionários, então está na hora de começar a criá-la.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Por que os bons funcionários trocam de emprego?

A empresa americana CareerBuilder fez uma pesquisa entrevistando mais de 3.000 trabalhadores para ver quais os principais motivos que levavam os empregados a procurarem um novo emprego. Os dados que mais chamaram atenção foram:

  • 45% dos trabalhadores dizem que eles estavam insatisfeitos com a falta de perspectiva de crescimento na empresa atual;
  • 21% pensam em mudar de emprego neste ou no próximo ano;
  • 49% disseram que não estão satisfeitos com seus benefícios;
  • 37% tinham uma opinião ruim sobre o desempenho do seu chefe imediato;
  • 36% disseram que parecia que eles foram esquecidos para uma promoção.

“Não reconhecer o que é importante para os funcionários pode-se traduzir em mais insatisfação com o trabalho, menor produtividade e maior rotatividade voluntária”, diz Rosemary Haefner, vice-presidente de Recursos Humanos da CareerBuilder.

Vicente Falconi, fundador da FALCONI Consultores de Resultado, enfatiza necessidade de reduzir o turnover dentro das empresas. Segundo Falconi, um elevado turnover de pessoal prejudica a produtividade das equipes e é fatal para a qualidade do produto. Um elevado turnover indica que as pessoas não estão satisfeitas e nem sempre é fácil para as chefias administrarem suas equipes insatisfeitas. O turnover de pessoal equivale a um vazamento de conhecimento da empresa. O conhecimento prático adquirido ao longo dos anos é uma perda, às vezes, irreparável.

Algumas atitudes e mudanças podem ser fundamentais para diminuir o fluxo de rotatividade e aumentar o número de retenção de bons funcionários:

Identificar Líderes insatisfeitos

Existe um ditado que tem sido frequente no mundo corporativo de que “as pessoas não abandonaram seus empregos, eles abandonaram seus chefes.”

Então, se você quer saber por que alguns funcionários estão saindo, dê uma olhada em seus gestores. Quais os que têm uma alta taxa de rotatividade? Você já investigou por que isso acontece? Se esse número for alto, será que o problema está no funcionário?

Um líder insatisfeito pode causar danos à cultura e à eficácia de uma empresa em um curto período de tempo, eles precisam ser pessoas capazes de motivar e aproveitar o talento de sua equipe.

Formar Gestores

Mesmo se um funcionário está infeliz com um gestor você não pode necessariamente colocar toda a culpa sobre ele. Ser um excelente profissional na sua área não significa que ele será um grande gestor. E, infelizmente, muitas vezes as empresas promovem excelentes funcionários no ambiente técnico e operacional que não estão preparados para liderar, sendo necessária uma orientação para gerenciar as pessoas em suas equipes.

As organizações precisam treinar funcionários para serem gestores. Investir o tempo no desenvolvimento, coaching e liderança dos seus gerentes, muitas vezes, as pessoas são promovidas na gestão e em seguida são deixados à própria sorte, causando problemas internos que podem prejudicar as metas de seus setores.

Ter e divulgar um Plano de Carreiras

Uma das principais razões para que um funcionário troque de emprego é porque eles sentem que a sua progressão na carreira não está indo como planejado.

O funcionário precisa ter um caminho a trilhar, saber onde pode chegar, que existe um desafio profissional a se alcançar, caso contrário, eles irão procurar emprego em outro lugar.

Converse individualmente com seus subordinados

Uma prática regular de conversar individualmente com membros de sua equipe aumenta a possibilidade de perceber um foco de insatisfação, permitindo uma oportunidade de mudar e melhorar o seu trabalho.

Reconhecer e premiar bons funcionários

Reconhecer e premiar os seus colaboradores pelo seu excelente trabalho é essencial para um bom ambiente de trabalho. Dinheiro é bom, mas nem sempre é o maior motivador. Um reconhecimento interno e em púbico na hora certa pode ser tão gratificante quanto uma promoção, portanto, não perca a oportunidade de elogiar e reconhecer um bom trabalho. Profissionais gostam de ser reconhecidos pelo seu trabalho.

Compreender Metas e visão da organização

Se os seus funcionários não sabem qual a missão e visão da organização, ou a função do seu departamento aumentam as chances de ele não conhecer o seu papel e importância no organograma da empresa.

Criar oportunidades internas

Ao contratar, olhe para dentro primeiro para ver se há funcionários existentes que poderiam se estender para a nova posição. Certifique-se que os funcionários estejam cientes de novas oportunidades internas.

Política de treinamento e oportunidade de aprendizado

Um bom profissional quer aprender mais e treinar mais para alavancar sua carreira. Apesar de estar demonstrando sua importância para a empresa, ele não vai gostar de ficar estagnado. Quando uma empresa oferece ao seu funcionário essa oportunidade, ele se torna mais comprometido, além de poder aplicar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula.

Lembre-se que em momento algum foi falado em aumento de salários. Às vezes, mudança de cultura, implantação de procedimentos e atitudes justas podem valer mais do que o dinheiro em si.

Se você seguir estes passos aumentará as chances de reter bons funcionários. Ou, pelo menos, quando os bons funcionários decidirem sair, eles irão conhecendo as opções de crescimento de carreira disponíveis para eles na sua empresa.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Vinicius Ribeiro

Mais artigos deste autor »

Pai da Maria Fernanda. Graduado em Redes de Computadores, MBA em Gestão de Projetos e cursando CBA em Gestão de TI e Engenharia de Redes. Certificado MCSE Security, MCSA, MCTS e ITIL V3. Mais de 15 anos de experiência na área de Tecnologia da Informação com vivência em gerenciamento, implantação e soluções em projetos internacionais e multinacionais. •• Linkedin: br.linkedin.com/in/viniciusribeiro1 ••


2 Comentários

Bruno Alves
1

Muito bom artigo Vinicius! Infelizmente esta cultura é muito incomum, principalmente nas corporações brasileiras.

Abs!
Bruno Alves Dos Santos

Vinicius RibeiroVinicius Ribeiro Autor do Post
2

Olá Bruno,

Verdade! O desempenho de um funcionário depende da sua valorização e ela nem sempre é financeira. As pessoas querem cada vez mais reconhecimento pelo seu trabalho, e cabe ao líder identificar o potencial de cada um, valorizar e mostrar o seu valor.

Forte Abraço!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">