2 fatores pouco conhecidos que podem afetar seu sucesso

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Em um mercado de trabalho cada vez mais exigente e volátil, o bom profissional dever ter sabedoria para perceber seus pontos fracos e buscar meios de se aperfeiçoar. Mas para que isso ocorra, é preciso parar, refletir e buscar identificar quais são as amarras que lhe mantém longe dos seus objetivos.

Acredito que em algum momento da sua vida, você tenha se perguntado se conseguiria atingir certo objetivo, seja ele no campo pessoal ou profissional. Muitas pessoas sonham em casar, ter filhos ou até montar seu próprio negócio, mas o que de fato essas pessoas vêm fazendo para que isso se concretize? Existem vários motivos que nos deixam distantes dos nossos objetivos, pois, geralmente focamos no que gostaríamos de ser, e não necessariamente em quem somos e o que devemos fazer para chegar ao resultado desejado.

Portanto, abaixo cito dois fatores fundamentais para que você tenha sucesso em sua empreitada.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Hábitos

Os seus hábitos podem paralisar ou potenciar sua vida, muitos dos nossos hábitos surgem em resposta aos nossos medos, incômodos e em muitos casos, uma maneira automática de levar a vida. Claro que existem hábitos que podem lhe tonar um profissional melhor, tais como: perseverança, foco, sinergia, entre outros. Esses hábitos estão presentes na maioria dos grandes esportistas, empresários de sucesso e profissionais altamente qualificados.

Mas também temos alguns hábitos que podem ser destrutivos para carreira, entre todos, acredito que o que mais prejudicial seja o da “procrastinação”, a grosso modo, podemos dizer que é aquela mania de deixar tudo para depois, o que é um grande problema para quem pensa em se desenvolver profissionalmente. Não cultive esse hábito, enumere suas tarefas e defina prazos de conclusão.

Autoconhecimento

Identificar os próprios limites nem sempre é um processo fácil, pois é necessário se desapegar de ilusões e desejos inconsistentes. Sonhos são importantes e nos movem em direção daquilo que queremos, mas, também podem nos levar para o vazio e frustração, portanto, aprenda a reconhecer suas motivações, se são verdadeiras, palpáveis e possíveis de serem atingidas. Lembre-se, que você é responsável por suas decisões, procure através delas o melhor caminho para o seu sucesso.

Assim sendo, é preciso fortalecer e dedicar atenção especial a esses pontos, sem isso, seus objetivos estarão cada vez mais distantes. O quanto você está disposto em abdicar de momentos de lazer, da companhia de sua família, amigos e até consigo mesmo, para perseverar naquilo que você deseja? Nem todos estão dispostos a pagar esse preço, pois é mais conveniente se justificar com a velha máxima da falta de tempo e/ou dinheiro…

Não meu amigo, não vá por esse caminho. Como diz o velho dito popular “aquele que quer, arruma um jeito”, o lugar ao sol para grande maioria só é possível com muito sacrifício, abnegação e empenho. Seu limite vai até onde você achar que tem potencial para ir, lute pelo que é importante para você, e esteja disposto a pagar um preço por isso.

Forte abraço e até a próxima!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Carlos Henrique Tres

Mais artigos deste autor »

Professor, gestor em TI,trabalho na área de tecnologia há mais de 10 anos, em empresas de médio e grande porte de segmentos diversos.Focado em resultados, gerenciando por competências e desenvolvendo equipes de alto desempenho.Certificado nas boas práticas,gestão sustentável e segurança da informação.


2 Comentários

Bruno
1

Carlos, muito bom o sei artigo. Saber fazer a auto crítica não é uma tarefa fácil, podemos nos enganar com nossos próprios pensamentos, convicções. Acho que a principal dificuldade é fazer uma reflexão.

Frederico
2

Pagar um preço! é o que mais amedronta a maior parte das pessoas, o desejo de vencer está lá, porem a pessoa vive fugindo de fazer aquilo que é preciso para que tal coisa aconteça.

Parabéns pelo artigo amigo, com certeza ajudará a muitos.

Forte abraço.

F.Canoeira

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">