Desenvolvedor Full Stack: o que é, média salarial, mercado de trabalho e como se tornar um

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O mercado de tecnologia preza bastante por profissionais que possuem um conhecimento especializado. Sabe aquela pessoa que domina absolutamente tudo sobre determinado tema? As empresas estão loucas por esse tipo de perfil. Porém, engana-se quem pensa que ser generalista – o extremo oposto do especialista – é algo ruim. A carreira de Desenvolvedor Full Stack é uma prova disso.

Neste artigo, vou explicar quem é esse profissional, quais são as habilidades necessárias para se tornar um, quanto ganha (em média), como está o mercado de trabalho e o que você precisa fazer caso esteja pensando em se tornar um Desenvolvedor Full Stack. Esse é um tema que tem crescido muito ultimamente e certamente um assunto que vale a pena ser discutido aqui no Profissionais de TI.

Caso você seja um Desenvolvedor Full Stack, não esqueça de compartilhar as suas experiências! É muito enriquecedor conhecer na prática os desafios e os prazeres de quem faz todos os dias o que vamos discutir a seguir. E caso você esteja pensando em se tornar um profissional desses, compartilhe também as suas expectativas e estratégias que pretende adotar para chegar lá!

O que é um Desenvolvedor Full Stack?

1-desenvolvedor-full-stack

Quando estamos falando de programação web, existem duas “stacks” (do inglês “pilhas”, referindo-se a uma “pilha” de conhecimentos) principais: o front-end e o back-end. O Desenvolvedor Full Stack (ou full stack developer, em inglês) é o profissional que consegue atuar nessas duas áreas de conhecimento, resolvendo problemas e criando soluções para as duas áreas.

O termo “Desenvolvedor Full Stack” é relativamente novo, mas o profissional sempre existiu. É o que o mercado costuma chamar de “canivete suíço”, já que ele consegue realizar uma série de atividades distintas (e geralmente com uma qualidade que não é esperada por especialistas). Na verdade, a tendência é que todo programador seja, ao menos no início, um pouco full stack. Depois de conhecer várias áreas do conhecimento, é normal enveredar para uma ou outra área.

Portanto, o Desenvolvedor Full Stack nada mais é do que um programador web generalista. Ele pode ser especialista em alguma área, mas detém o conhecimento para ser capaz de atuar em diversas partes do desenvolvimento de um software ou uma solução. Como você verá a seguir, esse é um profissional que está sendo muito requisitado pela indústria. Podemos dizer que o seu valor é praticamente “dobrado”, já que estamos falando de alguém que quase vale por dois.

Habilidades de um Desenvolvedor Full Stack

2-desenvolvedor-full-stack

Agora que sabemos quem é o Desenvolvedor Full Stack, está na hora de entender quais são as habilidades desse profissional.

Nesta seção, vamos deixar de lado aquelas características que deveriam estar presentes em todo programador, como capacidade autodidata, curiosidade e ser um exímio solucionador de problemas. Nós entendemos que esses são atributos que deveriam ser cultivados por qualquer um que esteja trabalhando na área de TI.

  • Trabalhar nas duas áreas do desenvolvimento web: essa é a habilidade principal e que praticamente define o desenvolvedor full stack; ser capaz de atender demandas de front-end (interface, UX, etc) e back-end (servidor, banco de dados, implementação, etc) é imprescindível. 

    Para front-end é necessário conhecimento nas linguagens HTML, CSS e JavaScript. Conhecer frameworks como React.js e Angular 2 é um grande diferencial.

    No caso do back-end, a gama de linguagens é extensa e, neste caso, o conhecimento pode ser mais específico. Exemplo: PHP, C#, Java, etc. Aprender MongoDB, Express.js, React e Node.js para criar aplicações orientadas por bancos de dados não relacionais pode abrir muitas portas, pois são tecnologias muito demandadas atualmente.

  • Lidar com pessoas de várias áreas: por definição, o programador já costuma trabalhar com pessoas de diversas áreas; porém, isso é ainda mais válido para o desenvolvedor full stack, que às vezes precisa lidar com executivos, pessoas do comercial, suporte e atendimento para atender suas demandas e criar novas soluções
  • Senso crítico: por trabalhar com diversas áreas do conhecimento diferentes (não só as duas áreas do desenvolvimento web), o full stack precisa ter um senso crítico elevado e capacidade de tomar decisões inteligentes; é claro que isso vale para outras profissões, mas é extremamente importante para esse profissional

Essas são habilidades esperadas de um desenvolvedor full stack. E, como são habilidades (e não capacidades natas), podem ser desenvolvidas por qualquer um. Se você tem interesse nessa carreira, deveria considerar seriamente estas habilidades para o seu desenvolvimento profissional.

Quanto ganha o Desenvolvedor Full Stack?

3-desenvolvedor-full-stack

De acordo com o site Love Mondays, a média salarial do Desenvolvedor Full Stack é de R$ 4.850,00. Porém, isso vai depender muito do nível de conhecimento do profissional em questão. Na mesma fonte, há ofertas que prometem o salário de R$ 1.574,00 (estágio ou júnior) e outras que chegam a até R$ 10.940,00 (sênior).

Vale ressaltar que algumas outras características acabam não sendo consideradas nessas médias salarias. A possibilidade de crescimento profissional, a maturidade e cultura incentivada, o porte da empresa e os benefícios oferecidos são detalhes que podem fazer toda a diferença na hora de se escolher um novo emprego.

Além disso, vale ressaltar também que dominar uma habilidade técnica, que é o caso do Desenvolvedor Full Stack, é uma das portas de entrada para cargos de gestão – que geralmente oferecem remunerações maiores. Portanto, se você está de olho em bons salários, pode ter certeza que essa carreira trará muito desafios e boas recompensas financeiras. 

O mercado de trabalho para um Desenvolvedor Full Stack

4-desenvolvedor-full-stack

Praticamente todas as áreas relacionadas a TI estão com o mercado de trabalho aquecido. Isso não é diferente para os desenvolvedores, em especial os full stack. Com o crescente número de empresas com negócios que se apoiam totalmente em tecnologia, é normal encontrarmos diversas vagas para se trabalhar na área.

Como diversas companhias novas (as startups) estão atuando no desenvolvimento de soluções na web, o full stack developer está sendo muito procurado. Apesar de a analogia de que esse profissional vale por dois (o programador front e back-end) estar incorreta, é certo avaliar que ele pode ser mais valioso do que os seus concorrentes que só dominam uma das áreas do conhecimento.

Como as startups precisam ser inteligentes em suas contratações (ao menos nas fases iniciais), faz mais sentido chamar um profissional generalista do que um especialista, no caso do desenvolvimento web. É lógico que isso pode variar em alguns casos, mas é uma regra que têm se observado e que faz todo sentido, se pararmos para pensar. Além disso, há desenvolvedores full stack que dominam áreas do conhecimento bastante especializada, fazendo deles verdadeiras joias raras no mercado.

Como se tornar um Desenvolvedor Full Stack

5-desenvolvedor-full-stack

O primeiro passo é ter muita clareza sobre o que você quer para o seu futuro profissional. A promessa de altos salários ou atividades aparentemente prazerosas não devem ser os seus únicos atrativos. É preciso explorar essa forma de atuação, entender quais são as habilidades necessárias, as atividades desenvolvidas e avaliar se os seus objetivos profissionais estão alinhados com a carreira.

Se a resposta for positiva, a primeira dica é começar a desenvolver as habilidades que listamos alguns parágrafos acima. A principal delas é exatamente a capacidade de trabalhar tanto no front-end quanto no back-end. Sem deter esse conhecimento, você não conseguirá atuar como um Desenvolvedor Full Stack.

Uma sugestão é anotar as áreas de conhecimento do desenvolvimento web que você ainda não domina e se programar para estuda-las. Dessa forma, você eliminará aos poucos a gama de conteúdos que você não domina nessa área. Dessa forma, estará caminhando rapidamente para se tornar um excelente desenvolvedor full stack.

Sucesso!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">