Planejamento 2021: 5 dicas para ter um ano, de fato, NOVO

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Olá, Feliz 2021 para vocês!

Sabemos que ainda há muita incerteza no cenário político, econômico e social em nosso país. Muitas empresas adotaram aquela proposta do Governo Federal de redução jornada de trabalho para manutenção dos empregos. Só que essa estratégia terminou em 31 de dezembro de 2020 e agora a garantia de emprego está relacionada com o tempo pelo qual o profissional esteve submetido a essa redução (que variava de 30 a 90 dias). O que torna ainda mais incerta a situação de quanto tempo o profissional submetido a redução terá seu trabalho “garantido” em 2021.

controle-carreira-vida-profissao-futuro

A área de TI se mantém privilegiada, pois, com o trabalho remoto sendo a única forma segura de continuarmos a trabalhar, muitas empresas adotaram essa modalidade e com isso requer que o backend esteja forte para garantir um bom acesso aos sistemas, o bom funcionamento dos canais virtuais de comunicação, a rede então é indispensável para continuar a produção. Com isso, as vagas para teletrabalho continuam em alta (mas com uma velocidade de contratação mais lenta e salários nem tão atrativos assim). Você também tem essa percepção?

Mediante esse cenário, se torna cada dia mais fundamental pensarmos e projetarmos de modo estratégico esse ano de 2021 porque não há chances e nem tempo a perder.

Por isso, no texto de hoje, eu trago orientações de como você pode realizar o seu planejamento 2021 de forma objetiva, concisa, prática e estratégica o seu novo ano.

Dividindo o ano

Minha primeira orientação é para você dividir 2021 em quatro trimestres. Assim conseguiremos avaliar em períodos curtos a sua evolução e o desempenho dos resultados atingidos (ou não).

Se você adota o pensamento ágil, sabe que quanto mais cedo conseguirmos identificar que estamos fora da nossa rota, mais cedo também podemos replanejar e voltar pro jogo.

Definindo o objetivo central

Antes de sair definindo metas, recomendo que você avalie e defina o objetivo central de 2021.

É bem comum encontrar pessoas que começam a fazer o planejamento definindo áreas importantes e metas. Mas, sou avessa a essa forma de projetar o ano, pois, se você não tem o foco, aquela área que é a essencial para guiar as suas ações e aumentar a sua satisfação na vida, me diga, de que adianta sair enchendo o planejamento?

Nessa análise primordial é onde reside o pensamento estratégico, para isso, reflita e responda a essa pergunta:

O que, de verdade, precisa acontecer na minha vida este ano para aumentar de maneira significativa a minha satisfação e felicidade?

Ah, Carol que perguntinha difícil! Sim, concordo. Mas, ser difícil não significa ser impossível de responder.

Partindo da premissa que você tem um ano dividido em quatro trimestres para realizar as ações necessárias que trará mais satisfação e felicidade para você, acredito que fique mais fácil encontrar a resposta.

Definindo as áreas afetadas pelo objetivo

Quando você tiver claramente a definição do objetivo central do seu 2021, então você precisará compreender quais são as áreas envolvidas na sua vida que precisarão ser trabalhadas para realizar esse objetivo.

Exemplos de áreas: intelectual, profissional, finanças dentre outras.

Em tempo, considerando esse cenário de pandemia, a previsibilidade dos cientistas e da área médica é de que nós teremos que manter os cuidados durante todo esse ano para conter a contaminação. Ou seja, a vacinação é um caminho fundamental para o controle da Covid-19, mas não será do dia para a noite. E o tempo para imunização de TODA a população levará meses. Nós precisamos aprender com o que vivemos no ano passado.  Por isso, apenas sugiro que você avalie considerar envolver essas áreas:

  • Finanças: a reserva de dinheiro é essencial para minimizar os danos oriundos de uma possível demissão ou nova redução de salário, portanto, pensar em cortar custos opcionais, gastos desnecessários, e, por que não até mesmo adiar grandes dívidas pode ser alternativas que lhe ajudarão a economizar mais e aumentar a sua reserva.
  • Saúde: independente do seu objetivo sem saúde nada se constrói, absolutamente, nada! Portanto, sugiro fortemente que você considere essa área no seu planejamento. Cuidar da sua alimentação, incluir a prática diária de atividade física, um check-up médico, meditação, psicoterapia podem ser alternativas de ações para manter a sua saúde.
  • Solidariedade: vivemos em um país de extrema desigualdade social, com a pandemia isso ficou ainda pior (bem pior) e o Brasil retornou ao mapa da fome e caiu cinco posições no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ou seja, pensando enquanto sociedade brasileira nós estamos em uma situação bem trágica socialmente e nós, empregados com uma renda estável, precisamos desenvolver a empatia e contribuir com aquelas milhares de famílias que perderam por completo a sua renda, não possuem grandes chances de empregabilidade e estão passando fome. Contribuir com pequenas ações, pequenas mesmo, só aquilo que for possível a cada um de nós fará a diferença para melhor na vida dessas famílias. Doar apenas um quilo de alimento a uma ação social, doar R$10,00 para a campanha Ação da Cidadania ou qualquer outro projeto social que você conheça e seja perto da sua casa fará a diferença. A nossa indiferença e inação pode gerar um dano muito mais negativo e talvez caótico para todo o país. Precisamos ser conscientes e fazer a nossa ação cidadã em nosso país.

Obs.: Se você tiver mais interesse em entender sobre a importância de considerar as áreas Finanças e Saúde convido a assistir os vídeos em que explico detalhadamente lá no meu perfil. E sobre as ações sociais, em meu blog, publiquei um texto onde indico diversos projetos sociais que você pode conhecer e se desejar ajudar.

Quebrando as metas

Agora que você já tem a divisão do tempo (trimestral), o seu grande objetivo e as áreas afetadas que precisarão trabalhar para o alcance desse objetivo, indico que divida em pequenas metas. Mas, não ultrapasse de 2 por trimestre. SIM, só duas!!

Em um ano onde o cenário local e internacional é de incerteza profunda e crise, inflar um planejamento com dezenas de metas só trará um retorno para você: frustração por não conseguir realizar a grande parte.

Então, sejamos conscientes e tenhamos bom senso em projetar um ano com metas exequíveis.

Colaborar para evitar frustrações desnecessárias faz parte de um comportamento estratégico para aumentar as chances de sucesso.

Falando de comportamento, mude os seus

Nada acontece por magia.

Tudo o que acontece nas nossas vidas é consequência do nosso comportamento: seja mudando ou não, a nossa vida é apenas um reflexo de nossas ações (e até não fazer nada é ação).

Por isso, para atingir o seu objetivo central ao longo dos quatro trimestres do ano, perpassando aquelas áreas da sua vida, você precisará avaliar os seus comportamentos para identificar o que precisa adquirir, melhorar e excluir.

Ou seja, qual comportamento você precisa adquirir para conquistar o seu objetivo? Qual já tem e precisa melhorar para aumentar o seu desempenho? Qual você deve excluir porque não passa de autossabotagem?

Sei que de todas as partes essa é a mais difícil. Mas, sem ela não tem como conseguir mudar e fazer um ano novo, porque você estará agindo da velha maneira que não lhe trouxe a realização do seu objetivo até hoje. Logo, mude para que o ano possa, de fato, ser novo.

Para encerrar, quero dizer que estou à disposição de vocês para orientar e tirar todas as dúvidas. E se ficou difícil de projetar esse esquema sozinho para construir o seu planejamento 2021, me envie um direct lá pelo meu perfil do Instagram @vidacomcarreira que eu encaminho gratuitamente o template que desenvolvi com toda essa orientação.

Desejo um ano sensacional, novo e que você consiga identificar o que precisa mudar para alcançar uma vida mais satisfatória e feliz.

Até a próxima!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Carolina Souza

Mais artigos deste autor »

Mentora Estratégica de Carreira.

Formada em TI atuando no mundo corporativo desde 2003 nas áreas de Análise de Negócios, Requisitos e Gestão de Projetos. Atualmente graduanda em Psicologia.

Acompanhe as minhas orientações para gestão da sua carreira no meu perfil do Instagram @vidacomcarreira


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">