Certificação Profissional vale a pena?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Olá caros leitores!

Decidi escrever este post, após acompanhar algumas discussões que vem ocorrendo na lista itsmf-br (Yahoo). Nesta lista só tem feras como Roberto Cohen, Ricardo Mansur, e outros menos conhecidos (para mim), mas não menos conhecedores quando o assunto é TI.

Comecei de verdade a refletir este post no ônibus voltando para o trabalho após fazer a prova de certificação ISO 20.000 Foundation, o que me deixou muito feliz. Isto foi resultado de muito estudo e dedicação.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

Mas ao mesmo tempo em que eu estava cheio de felicidade com o “feito”, comecei a me questionar: “E aí, valeu a pena? O que esta certificação agregará para meu conhecimento? Quanto meu salário vai aumentar por causa disso?”

Para mim, o certificado é apenas a ponta de cima do iceberg, a cereja do bolo. O que me interessa na certificação é o aprendizado que acabo adquirindo sobre o assunto, que considero a parte debaixo do iceberg. O fato de ter que fazer uma prova para validar o conhecimento, me força a dar uma estudadinha a mais, sendo que normalmente não faria isto. Porém, nada ensina mais do que a prática. Não adianta ter a certificação sem a prática. Como diria Confúcio: “Se escuto esqueço, se faço aprendo”.

No processo de seleção para novos colaboradores que participo, ganha ponto quem tem certificação. Porém, após contratado a pessoa precisa render o esperado, caso contrário se torna igual “aos outros”. Resumindo, na minha visão a certificação abre portas e dá um know-how para o profissional. Mas é a prática e os resultados que irão definir qual caminho o profissional irá seguir: do sucesso ou insucesso. As certificações abrem portas, mas é o conhecimento e as habilidades do profissional que manterão estas portas abertas e abrirão outras.

Respondendo a pergunta que eu mesmo fiz: E aí, valeu a pena? O que esta certificação agregará para meu conhecimento? Quanto meu salário vai aumentar por causa disso? Valeu sim, pois foi mais um conhecimento adquirido em Gestão de Serviços em TI além do ITIL, e quando alguém falar em ISO 20.000, vou saber do que estão falando, e em alguns casos serei até referência no assunto pois outros não sabem do que se refere. Aumento salarial por causa disto? Não fiz a certificação esperando um “aumento” em curto prazo. Em longo prazo, este conhecimento adquirido, junto com o esforço do dia-a-dia, serei com certeza recompensado.

E você caro leitor, concorda comigo, discorda? Deixe seu comentário!

Um abraço e até mais.

Fonte: Blog Governança de TI

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Emerson Dorow

Mais artigos deste autor »

Experiência de 10 anos na área de TI. Coordenador de suporte de serviços de infraestrutura e cloud computing. Mantenedor do site http://www.governancadeti.com.

Certificado em ITILv3 Intermediate, Cobit v4.1 Foundation, HDI-SCM, Linux Professional Institute (LPI) Nível 1 e IBM Tivoli Monitoring Deployment V6.2 Professional. É graduado em Sistemas de Informação pela Uniasselvi Blumenau e pós-graduando em Governança de TI pelo Senac Florianópolis e MBA em gestão de TI pelo INPG.

Entusiasta de assuntos relacionados a gestão de serviços em TI, governança de TI, Gestão de Projetos, liderança, gestão de equipes e negócios.


21 Comentários

Diego
1

Fala Emerson,

Bom dia, parabéns pelo artigo.

Concordo plenamente com as suas palavras, a certificação é a ponta do iceberg e sem dúvida o ponto principal é o conteúdo adquirido durante os estudos para a preparação.

Abs !!

andre
2

concordo em genero e grau, so axo que as empresas deveriam qualificar mais o seu profissional, hj em dia no brasil quem tem quer ir atras e o propio assalariado. E certificacoes sao caras

Grazielle Oliveira
3

Bom Dia.
Concordo com você,hoje a certificação tem que ser pensada como um estudo,um conhecimento a mais que você correu atras de mais conhecimentos,
certificação pode ser um ponto a mais para seu curriculo,pode,mas o conhecimento obtido nos estudos ninguem paga.

Emerson Dorow
6

Olá caros leitores,
Acredito que estamos tendo um alinhamento sobre a importância da certificação. A prática é o que vale, mas ter uma boa teoria sobre o assunto ajuda e ajuda muito ao profissional desenvolver bem o seu trabalho.

Um grande abraço a todos.

Abs,

Emerson Dorow
#PTI

Felipe
7

Parabéns Emerson Ótimo Artigo e tenho Fé que um dia isso vire cultura no Brasil tentar se aprofundar mais e buscar excelência naquilo que faz!

Abraço

Felipe

Marcelo Costa AlmeidaMarcelo Costa Almeida
8

Emerson.

Quando eu fiz a prova da ITIL V3 Foudation também pairava sobre mim as mesmas indagações.
Mas o importante é nunca parar de estudar, estar sempre reciclando conhecimento, sempre se atualizando.

Um forte abraço.

Carmen Cepero
9

Parabéns pelo artigo!!
Ontem, após ter sido aprovada na certificação de ITIL V3 Foundation, surgiram as mesmas dúvidas. No começo tinha um motivo, depois o mesmo motivo convertiu-se em questionamentos. Seu artigo me ajudou a peceber que ainda que meus objetivos com a certificação não venham a se concretizar, o que valeu mesmo foi o conhecimento adquirido e a experiência neste tipo de prova.

Também acredito que uma certificação é um ponto a mais no currículo, mas se acontecer da pessoa apresentar uma lista de certificações que não possuem vínculo, poderá induzir o recrutador a pensar que o candidato não sabe o quer ou apenas faz certificações como esporte.

Muito obrigada!
Carmen Maria L. Cepero

Emerson Dorow
10

Olá Carmen!
Parabéns pela conquista. Coloque como meta você colocar em prática o conhecimento que de alguma forma isto irá ocorrer. Sucesso para você!

Abs,

Emerson Dorow

Djeison
11

Parabéns pelo Post, mas não me venha dizer que não esperava um aumento salarial com todo esforço realizado.
Essa justificativa ficou meio pra puxa saco.

Abraço.

PAULO
12

Sobre o reconhecimento isso vai depender muito da empresa no qual trabalhamos, e consequentimente dos problema que nós depararmos. Aumento de salário justo depende da região do pais no qual essas empresas operam. Só que mais me deixa feliz é o conhecimento adquiro.

Marcelo
13

Certificação pode fazer alguma “vista” mas não conta muito quando a vaga é para sênior. A capacidade de realização, ou seja, o resultado que o profissional efetivamente pode gerar, é o que manda. Infelizmente, hoje, a maioria das certificações em TI são fáceis de conseguir, e os empregadores sabem disso.

Um ponto: Para empresas que lidam com licitação faz diferença.

Outro ponto: Se tem-se dois candidatos, de igual curriculum e capacidade; o que for mais certificado se dará melhor.

Cláudio Pires
14

Parabéns, Emerson, pelo post. Apesar de ser um debate bem conhecido, sempre vale uma opinião bem pragmática como a sua. Não há posição certa, nem errada, só não valem as posições oportunistas: aquele que faz a prova decorando as questões ou aquele que não faz para não revelar suas fraquezas. Não se compra maturidade! É claro que, somado a isso, tem o custo excessivo de todo o ciclo de preparação, mas entendo muito bem o valor de uma certificação para aqueles que são auto-didatas e apaixonados pelo que fazem! Abs, @claudiocpires.

Gabriel Kalb
16

Ótimo post. Ainda não tirei minha certificação, mas pretendo tirar 2 esse ano. E concordo com sua posição.

Joao
17

Gostei do post e pensava da mesma maneira ate alguns anos atras, porem gostaria de agregar algo. Quando pensamos em agregar conhecimentos, fazer uma faculdade, umacertificacao ou qualquer outra coisa, a maioria esta focada em salarios maiores e em como atender as exigencias de mercado para se tornar cada vez mais competitivo.

Temos que ser empreendedores, usar os conhecimentos adquiridos para uso proprio, oferecer como servico, termos nosso proprio negocio, ou ainda, ser consultor de outros. O foco esta em empreender e nao em ser um eterno subordinado embusca de cargos e salarios mais alto.

O negocio é pensar grande!!!!

Paulo Pimentel
18

Concordo com você meu amigo parabéns pelo post.
Se puder postar dicas sobre onde se certificar, e bons materiais para estudo.
obrigado!!!

Deiner da Costa
19

Caro Emerson, concordo com sua opinião em seu post.
Foi-se a época em que um pedaço de papel comprovava seu conhecimento e eficácia em algum assunto. Hoje é a prática que efetivamente nos certifica ao conhecimento adquirido.
Existem algumas certificações que abrem portas de imediato para os profissionais de TI. Normalmente certificações no âmbito de atividades mais operacionais.
Enfim, muito bom o seu post.
Obrigado.

Emerson Dorow
20

Pessoal,
Tem uns cursos bem interessantes na tiexames. Já fiz alguns cursos deles e são muito bons.
Já ouvi falar da issoe, mas nunca fiz algum curso deles.

A certificação é importante para inicialmente dar uma diferenciação entre os profissionais, mas com o tempo somente permanecem os competentes.

Abs,

Emerson Dorow

Cássio Cipriano
21

Muito bom esse artigo… Eu ainda não possuo certificação no currículo, mas estou esperando só concluir um MBA de Gestão em TI para dedicar um tempo aos estudos visando uma certificação… A meu ver, é algo que agrega muito valor ao profissional e tem o mesmo peso de uma especialização ;)

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">