Pacotão de dicas para carreira em Gerenciamento de Projetos

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Tá afim de umas dicas pra sua carreira em gerenciamento de projetos?

Depois de um bom tempo atuando como GP, em conversas com colegas, em eventos e interagindo nesse meio separo pra você alguns itens essenciais pra se dar bem!

# COMECE A FAZER

É isso mesmo. Ao invés de agir como a maioria e ficar reclamando, se lamentando ou achando desculpas, pegue e resolva as coisas! Ache um meio de solucionar os problemas que aparecem, desenvolva habilidades de lidar com empecilhos no meio do caminho. Mas faça! Tire do papel, planeje… Mas faça! Eu geralmente faço uma lista do que preciso resolver e monto um plano de ação. Na maioria dos casos funciona.

Imagem via Shutterstock

Imagem via Shutterstock

# MANTENHA-SE EM MOVIMENTO

Estude! Leia artigos da área de gerenciamento de projetos, leia artigos sobre gestão de pessoas, resolução de conflitos. Se envolva em grupos de discussão sobre o assunto, interaja com os outros profissionais da área! Escreva, compartilhe experiências sobre seus projetos, compartilhe o seu conhecimento! Muitas pessoas “guardam” o conhecimento somente para elas, não faça isso. COMPARTILHE! Quanto mais você transmite o que sabe, mais você aprende! Manter-se “ativo” no meio onde atua é uma bela forma de evoluir sua carreira e abrir boas oportunidades.

# CERTIFICAÇÕES

Ok, ok. Por mais que alguns digam que certificação não garante que você saiba algo ou que não garante que é um bom profissional, elas realmente fazem a diferença no mercado competitivo que vivemos atualmente! Não quer dizer que quem tem PMP é melhor do que os outros, claro que não. Mas em algumas empresas faz a diferença. Alguns contratos exigem profissionais certificados, alguns clientes exigem o mínimo de conhecimento comprovado na função de um projeto, entre outros casos. Se certifique! O PMI (Project Management Institute) possui algumas certificações e alguma com certeza se encaixa com sua experiência e conhecimento. Além dessas, faça certificações SCRUM, CobiT, ITIL, comprove seus conhecimentos. Afinal, o mercado abre portas para quem tem, né?

# QUALIFICAÇÃO

Como falei em um dos itens anteriores: ESTUDE! As mudanças acontecem a todo momento em todas as áreas. Não fique pra trás! Faça pós-graduação em gerenciamento de projetos se você realmente deseja atuar focado nisso. Especialize-se! Existem várias opções de instituições de ensino que possuem esse MBA, assim como também existem vários cursos direcionados na área. Faça cursos! Sempre faça cursos! Nunca é demais pro seu currículo e agrega muito!

# PARTICIPE DE EVENTOS

Frequente eventos! Algumas pessoas acham que é desnecessário ou que é chato, ou sei lá. Quem fala isso realmente não tem a menor ideia do que é fazer networking e trocar experiências. Eu, particularmente, adoro ir em eventos! No caso de gerenciamento de projetos, todo ano os capítulos do PMI do Brasil fazem seus eventos, geralmente são congressos onde vários palestrantes compartilham experiências reais na área, e também treinamentos baseados em boas práticas mundiais. Não tem desculpa, existem vários eventos gratuitos. Se você acompanhar o capítulo do seu estado vai ficar informado sobre essas ações!

# FERRAMENTAS

Aprenda a trabalhar com pelo menos uma ferramenta para gerenciar projetos! É o mínimo, né? Você acha que vai conseguir dar conta de vários projetos em alguma ferramenta pra te ajudar? Eu, particularmente, utilizo o Microsoft Project, na minha humilde opinião a melhor ferramenta para esse tipo de atividade. Além de utilizar na empresa onde trabalho, utilizo em projetos pessoais também! Claro, pra quem não gosta de ferramentas da Microsoft, também existem outras opções que podem ser utilizadas. Se você ainda não sabe exercer suas atividades da área de GP em alguma ferramenta, corre logo e faça treinamentos, desenvolva-se nisso!

# HABILIDADES DE LIDERANÇA

Desenvolva suas habilidades de líder! Nunca é tarde pra começar. Aprenda a ouvir, aprenda a lidar com situações complicadas, aprenda a resolver conflitos, lidar com egos. É isso que um bom líder faz. Ele aponta a direção para um time e ajuda a remar para ultrapassar obstáculos! Seja parte do seu time. Estimule, dê suporte. Quanto mais você trabalhar essas habilidades mais “humanas” melhor vai se sair na execução de projetos e seu time confiará mais em você.

Os itens se complementam no decorrer das ações e muitas vezes se misturam, pois são um “pacote” de habilidades que precisamos para lidar todo dia e ter condições de exercer um bom papel no gerenciamento de projetos de organizações. Existem muitos outros além desse básico que foi citado acima, mas acredito que seja um bom começo para quem está procurando orientação!

Quem quiser contribuir para a “lista” basta deixar um comentário abaixo.

Até a próxima!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Marília Balbé

Mais artigos deste autor »

Marília atua com Gerenciamento de Projetos, liderança de equipes de desenvolvimento de software. Habilidades em engenharia de software, levantamento de requisitos e análise de negócio. Influenciadora Microsoft, certificada Scrum Master. Hiperativa e eterna aprendiz. Folow me: @maribalbe


7 Comentários

Edil Genova
1

Olá Marília,

Sou estudante de Engenharia de Software e ainda não possuo experiências com projetos. Mas possuo o desejo de futuramente ter a certificação PMP e tornar-me um GP. Já estudo por conta a quinta edição do PMBOK.

Suas dicas foram muito importantes pra mim.

Obrigado por tudo! :D

Lucas Cunha
2

Querida colega, Marília Balbé
Sou praticante de todos os itens que você colocou no artigo, mas logo no inicio da minha carreira ficava meio perdido acredito que por conta de falta de experiencia mas aos poucos fui me encontrando e creio que com você também foi da mesma forma, à necessidade de evoluir e se tornar a cada momento um profissional melhor. Hoje aos 25 anos estou me despedindo da função de Gestor de TI como trabalhador assalariado e abrindo minha empresa de consultoria tudo isso com o apoio da minha atual diretoria e dos meus antigos gerentes desde os meus 16 anos de idade quando ainda era um simples técnico. O artigo está de parabéns e com certeza e uma das chaves para o sucesso de um bom profissional.

Bruno Farina
3

Ótimo artigo Marília! Preciosas e diretas dicas para utilizá-los no dia-a-dia no nosso trabalho.

Abraços

Marcelo Bastos
4

Marilia seu post foi perfeito. Eu sou da área de TI e atuei como arquiteto por muito tempo e relutei para me tornar GP. Hoje estou como GP e com certeza o mais difícil de lidar são as pessoas. Parabéns.

camila frota
6

Marilia, boa tarde.

Gostei muito do seu artigo e queria sua ajuda em umas coisas..
Estou começando agora na área, quero me aprimorar, estudar, ler, aprender.

Como estou começando agora em tudo isso, queria que vc me recomendasse algumas coisas para que eu consiga me dar bem na área. como por exemplo, livros, sites, pdf’s, as proprias palestras que vc havia dito, certificações, ou seja, tudo que for possível para que eu possa ingressar de cabeça em Projetos.

Obrigada desde já,
Beijos.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">