9 Dicas Incríveis para sua Carreira de TI

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Qual caminho seguir na carreira de TI?

Esta é a principal pergunta de quem está iniciando e de muitos que já estão há tempos esta área. Eu mesmo estou há mais de 12 anos nesta empreitada e ainda me sinto perdido.

Antigamente trabalhar com informática era uma profissão top, glamourizada e profissionais de TI eram considerados seres intelectualmente superiores, mas isso era uma época em que ninguém tinha a menor idéia do que se tratava a informática e qualquer inovação tecnológica era vista como algo surpreendente e enigmático.

Hoje em dia as pessoas conhecem um pouco mais de tecnologia e o fato de você saber formatar um computador, instalar o Windows ou Linux, escrever alguns scripts não faz de você uma pessoa interessante, pois qualquer menino curioso consegue fazer isso e depois de fazer umas 10 vezes ele já um profissional da área e pode cobrar uma grana pelo serviço.

E quando você finalmente consegue virar ninja em determinado assunto, surgem novas tecnologias mais complexas como: Big Data, Cloud Computing, Virtualização, etc. Porém, esta sopa de letrinhas é chata e desinteressante, nem mesmo quem precisa disso se interessa ou quer saber sobre este assunto.

Carreira de TI não é mais tão Pop

carreira-de-ti-04

A TI hoje em dia inova tanto e tão rápido que não tem mais graça acompanhar, é algo tedioso que a cada ano se renova e complica.

As pessoas simplesmente desistiram de acompanhar e o fato de falar sobre suas certificações não tem a menor importância, ninguém sabe do que se trata, só sabem que daqui uns meses esta informação é passado e já surgiram dezenas de coisa muito melhores e inovadoras.

Não interessa o quanto você estude, quantas certificações você tenha ou o quanto é complexa a sua atividade em TI, você sempre vai ser o “Cara da Informática“, “Cara da TI“, “O Rapaz dos Computadores“, isso é tão real e perceptível que os jovens não estão mais se interessando por TI.

Triste este post não? Está ficando deprimido? Calma que já vai melhorar, eu acho…

Eu não vou negar, esta parte de os jovens se desinteressarem pela carreira de ti eu acho ótimo. Menos concorrência e um mercado enorme a minha disposição, pena que isso não seja bem assim.

Pois não são só os jovens que não se interessam pela profissão. As empresas, gerentes, diretores, o mercado não dão a mínima para TI, pois Tecnologia da Informação se tornou invisível, se tornou commodity e ninguém da valor até que:

  • O computador para;
  • O servidor trava;
  • O sistema gera erro;
  • Os dados que a empresa precisa são insuficientes;
  • O ransonware gera o caos;
  • Programadores sumiram e começam a ser disputados;
  • O software pirata ou o ERP baratinho não dão conta;
  • O concorrente que investiu em tecnologia começa a crescer;
  • Etc.

Pois bem, esta é a parte boa, o cara de TI não é mais tão pop, mas é cada vez mais necessário.

A popularização da tecnologia, a facilidade e rapidez com que ela evolui e é consumida pela população e pelas empresas gerou uma dependência da tecnologia e, quando de alguma maneira ela falha, trava ou deixa de atender as expectativas, o caos se instaura.

Em meio ao caos o Cara da TI surge como o salvador e solucionador de problemas.

Então não se preocupe, pois mesmo a TI não sendo tão legal como antigamente é uma profissão cada vez mais necessária.

Perguntas que todo profissional de TI faz

carreira-de-ti-03

Agora temos as questões que a maioria dos profissionais de TI não conseguem responder:

  • Fazer Curso Técnico, Faculdade ou Certificação?
  • Sistemas de Informação, Ciência da Computação ou Engenharia da Computação?
  • Qual área seguir?
    • Programação
    • Infraestrutura
    • Banco de Dados
    • Cloud Computing
    • Virtualização
    • Segurança
    • Cientista de Dados – Big Data
    • Suporte Técnico
    • Administração de Redes
    • Gerência de Projetos
    • Engenheiro de Nuvem
    • DevOps (Isso não é uma profissão, mas vou citar igual)
    •  Etc.
  • Qual Pós-Graduação fazer? Ou é melhor certificação?
  • Quais certificações eu faço?
  • Software livre ou software pago?
  • Microsoft ou Outros?
  • Qual linguagem de programação?
  • Amazon ou Azure?
  • Vmware ou Hyper-V?
  • Cisco ou HP, IBM, Juniper, etc.

Enfim, são várias dúvidas que todos nós temos… Os iniciantes por que não sabem o que fazer e os veteranos que cansaram da sua área ou enxergaram outro mercado promissor.

Infelizmente todas estas questões não tem uma resposta simples e direta, não é possível escolher uma ou outra opção e todas são opções válidas, qualquer uma pode te levar ao sucesso profissional que você almeja.

Baseado em minha experiência pessoal e de profissionais que eu conheço, quero te ajudar a direcionar sua carreira de TI da melhor forma possível. Por isso aqui vão 9 boas dicas para clarear sua mente:

1 – Defina seu Objetivo

Faça a si mesmo aquela velha perguntinha de recrutadores: Como você se imagina daqui a 5 anos?

Isso mesmo, faça esta e pergunta e pense muito bem na resposta e faça estas outras perguntas:

  • Você quer dinheiro? Quanto? Para que? Pretende conseguir este dinheiro como?
  • Sendo empregado? Assalariado? Quer ganhar quanto?
  • Quer fazer carreira em uma grande empresa? Começar como estagiário e chegar a Diretor?
  • Quer ser empresário, empreendedor? Abrir seu próprio negócio?
  • Um negócio local ou expansível a nível regional, estadual, nacional ou mundial?
  • Negócio online? Comércio ou serviço?
  • Quer ser concurseiro?
  • Quer um trabalho com horários flexíveis? Com ótimos benefícios?
  • Quer um trabalho que você sinta prazer em fazer e não perceba as horas passando?

Eu sei que é muita coisa, mas é de extrema importância. Este é o ponto onde a maioria erra na hora de iniciar sua carreira em TI.

Todo mundo escolhe algo legal, começa a estudar e vê no que vai dar, não faça isso!

Defina o objetivo e daí sim defina os meios para alcançá-lo, isso mesmo, faculdade, cursos, certificações, etc são meios para atingir o objetivo que você traçou.

Fazer o contrário é loteria e pode dar errado fazendo você perder muito tempo e dinheiro.

2 – Faça Faculdade

Muito bem, você definiu seu objetivo e onde quer chegar com a carreira de TI, agora precisa definir os meios para alcançá-lo.

Se você está “iniciando” no mundo da TI, faça faculdade. Ela vai te dar uma base para todas as áreas de TI, pois mesmo você escolhendo uma área específica você vai acabar utilizando um pouco de cada área:

  • Escolheu ser programador? Vai precisar saber de banco de dados, algo de redes, sistemas operacionais, hardware, servidores, etc.
  • Escolheu Infraestrutura? Precisa conhecer sistemas, banco de dados, redes, hardware, etc.
  • Escolheu segurança? Não é só instalar antivírus, vai ter que saber muito de infra, programação, redes, etc.
  • Acho que você já entendeu…

A faculdade é o único curso que vai dar a “base” de tudo e conhecendo este todo você vai poder alinhar seus objetivos e escolher qual caminho seguir.

É claro que se você pesquisar os milionários e grandes nomes da tecnologia vai ver que a maioria não terminou a faculdade, mas se você quer usar estes como modelo a seguir, tem que pesquisar a trajetória de vida deles.

Alguns deste “milionários” tinham a influência dos pais que trabalhavam com tecnologia, outros eram ricos e tiveram acesso a computadores em uma época que poucos tinham, alguns eram inteligentes e curiosos, aprenderam fuçando.

Tem os que programam desde os 10 anos de idade e principalmente tem os que são empreendedores desde criança, gostam de aprender, sabem negociar e vender seus produtos.

Praticamente todos que ficaram milionários sem estudar “formalmente” tinham algumas características ou habilidades que lhes beneficiaram.

Mas não fique desapontado, você pode desenvolver habilidades técnicas ou empreendedoras e também ter uma trajetória de sucesso, porém, vai exigir mais dedicação.

3 – Aprenda Inglês

carreira-de-ti-05

Se eu fosse dar somente uma dica, esta seria: APRENDA INGLÊS. Falar inglês vai lhe abrir as portas do mundo e elevar seu conhecimento a nível mundial.

  • Você vai ter acesso aos melhores materiais do mundo para qualquer área que você escolher seguir;
  • Vai ter facilidade em conseguir bolsas, intercâmbios, fazer MBA nas melhores escolas do mundo;
  • Terá acesso a todas as pessoas do mundo… Ótimo networking né?
  • Vai ficar por dentro de novas tecnologias e tendências no momento que ela está ocorrendo;
  • Poderá trabalhar em qualquer empresa, em qualquer lugar do mundo;
  • Seu currículo vai estar sempre no topo da pilha;
  • Vai ser muito mais fácil programar, entender de infraestrutura, segurança, etc.
  • Vai poder ensinar inglês para os seus filhos e garantir um futuro promissor desde o início da vida deles;
  • etc. etc. etc.

É indiscutível! Aprender inglês é a melhor coisa que você pode fazer para sua carreira e não tem problema se esta for a sua primeira decisão, mesmo antes de definir seus objetivos.

O inglês vai abrir sua mente e aumentar o leque de possibilidade para sua carreira.

Estude, APRENDA INGLÊS!

4 – Escolha o curso certo

O curso a qual me refiro é um mais extenso, técnico ou graduação:

  • Sistemas de Informação;
  • Ciência da Computação;
  • Engenharia da Computação.

E temos alguns cursos específicos:

  • Redes de Computadores;
  • Análise e desenvolvimento de sistemas;
  • Jogos Digitais;
  • Segurança da Informação.

Qualquer que seja o curso você vai gastar tempo e dinheiro, não é só tempo da sua carreira de TI, é tempo de vida que você vai gastar, portanto, pense bem antes de decidir.

E o mais importante, enfie a cabeça nestes assuntos, descubra o que lhe atrai mais, o que você gosta.

Citando o conselho da moda:

Você pode errar, mas se errar, erre rápido para que possa consertar rápido.

Se iniciar um curso, não fique esperando as aulas e o professor lhe mostrar o caminho, já se atraque a estudar as matérias do semestre, pesquise, pergunte para seu professor e pessoas que trabalham na área que você quer, pesquise, pesquise e pesquise.

Não faça como todos fazem e espere acabar o semestre ou ano para descobrir que você não gosta daquilo. Erre rápido!

5 – Vire Especialista

carreira-de-ti-06

Esta dica é muito importante. Independente das suas escolhas na carreira de TI, torne-se um especialista! O mundo está cheio de generalistas, pessoas que sabem um pouco de cada coisa ou até podem saber muito sobre vários assuntos, mas mesmo assim você nunca será melhor que um especialista.

O especialista sempre vai tirar sua vaga, seu negócio, seu cliente, pois ele sabe mais que você, como ele só faz isso ele tem mais experiência, ele já errou mais e sabe coisas que muitos não sabem.

Então se escolher uma determinada área, mantenha o foco, estude tudo que existe, faça trabalhos nas mais diversas situações e ambientes sobre o assunto.

Faça graduação direcionada ao assunto, faça os cursos tops, faça certificações, fique amigo dos caras da área, participe de grupos, eventos, domine o assunto como ninguém.

Se você for o ninja da sua área não tem erro, pois você:

  • Vai ter mais facilidade para trabalhar;
  • Vai ser melhor opção que a maioria dos concorrentes;
  • Vai ser mais valorizado que os profissionais da mesma área;
  • Vai aprender as novidades com mais rapidez e facilidade;
  • Vai poder cobrar mais caro;
  • Vai ter alto nível de empregabilidade;
  • Etc.

Enfim, ser especialista pode ser mais fácil que aprender um pouco de cada coisa e ter que ficar acompanhando todas a inovações que acontecem.

Mantenha o foco e se torne o melhor!

6 – Faça Certificação

Se você escolheu ser funcionário, vai ser necessário fazer certificação. Mesmo a TI não sendo mais tão popular o mercado está cheio de pseudos-entendedores de TI e currículo aceita qualquer coisa e todo mundo é fera no que a vaga exige.

Sendo assim, é preciso separar o joio do trigo e a certificação é uma boa opção, pois é a comprovação do seu conhecimento.

E se você seguir a dica 5 não terá problemas, basta ir galgando as certificações até receber seu certificado de “Expert”.

Dica extra: não faça certificações só para florear o currículo! Se o cargo que você almeja exige certificação é por que você precisa ter o conhecimento não apenas o certificado.

Eu sei que tem RH de empresas que exigem absurdos que muitas vezes são desnecessários para preencher vagas com salários pífios. Mas acredite, este filtro funciona e sempre vão aparecer profissionais que de certa forma “preenchem” os requisitos e estão dispostos a aceitar o salário.

Neste caso é um despreparo dos recrutadores das empresas, mas isso vem se corrigindo com novos softwares de RH e terceirização do recrutamento.

7 – Aprenda Inglês

Isso mesmo, de novo, APRENDA INGLÊS, tem empresas que acham mais fácil contratar um fluente e lhe ensinar o trabalho do que contratar um ninja que não fala inglês.

8 – Adquira experiência

Eu cometi um erro terrível na minha carreira de TI, que foi ficar na mesma empresa por muitos anos. Não cometa este erro, não fique em uma zona de conforto e mesmo que você ache que ainda tem coisas para aprender, saia.

Eu tive a sorte que a empresa era pequena e ao longo dos anos cresceu de forma exponencial, a minha sala era dividida com outras 4 pessoas e tinha um servidorzinho torre instalado na dispensa.

De uma hora para outra a empresa cresceu e eu tinha um pavilhão gigantesco para planejar e executar todo projeto de infraestrutura, tinha uma sala exclusiva para racks com vários servidores e dezenas de usuários a mais.

Foi uma ótima experiência, mas depois do projeto ser executado e totalmente funcional eu já deveria ter pensado em sair.

Lógico que esta era uma empresa pequena, não vou dizer que você deve executar alguns projetos e ficar pulando de empresa em empresa. Trabalhe de forma a gerar o melhor resultado para empresa e para você e depois busque novas experiências.

Se você tiver a oportunidade de começar em uma empresa grande, a experiência é maior e mais longa. Vão ter várias filiais, projetos novos o tempo todo, crescimento ano a ano.

Mas mesmo assim depois de 3 a 5 anos em uma empresa, convém mudar. É bom para você e bom para empresa ter novas cabeças e novas idéias.

Porém, se você está iniciando vai ter que se virar, procure estágios, não se importe com salário, trabalhe de graça se for preciso, mas trabalhe, ponha em prática o que você aprende.

Uma dica interessante é você comprar um computador parrudo ou até mesmo um pequeno servidor, que hoje em dia é relativamente barato, e montar um laboratório virtual com servidores e algumas estações (VMs). É excelente para aprendizado e testes antes de colocar serviços em produção.

9 – Desenvolva as Soft Skills

carreira-de-ti-02

Diante de todo este cenário que eu expus para você, o profissional de TI, além da parte técnica, vai precisar de outras Skills para lidar com os problemas.

Skills é a palavra da moda dos recrutadores, significa exatamente sua tradução “habilidades”.

Depois de todas estas dicas tenho que lhe dizer que para seguir na carreira de TI não basta você ser ninja especialista em algo, falar inglês e ter experiência na área.

Você precisa desenvolver suas Soft Skills. São habilidades não técnicas que vão fazer de você um profissional diferenciado, alavancar sua carreira de TI e gerar resultado para empresa.

A verdade é que no final não interessa nada que você estudou, o tempo que perdeu, o dinheiro que investiu, a experiência que você adquiriu se o seu trabalho não gera valor para empresa – RESULTADO.

Você não vai conseguir gerar resultado baixando a cabeça e simplesmente executando o que você estudou, vai ser preciso conhecer o negócio e participar dele como um todo.

Para isso que você precisa desenvolver algumas soft skills:

  • Pensamento crítico: É a capacidade de questionar as diversas ações a tomar e as melhores decisões;
  • Resolução de Problemas: Um das habilidades mais valorizadas pelo mercado é a capacidade de resolver problemas;
  • Gestão de Tempo: O trabalhador organizado é um profissional que não se perde no meio das diversas tarefas e prazos;
  • Trabalhar em Equipe: A capacidade de trabalhar em equipe é cada vez mais valorizada no mercado de trabalho;
  • Inteligência emocional: Uma boa dose de inteligência emocional é necessária onde se lida com muitas pessoas e com diferentes cenários;
  • Flexibilidade cognitiva: A flexibilidade cognitiva consiste em conseguir ir além do pensamento primário, automático, elaborando interpretações alternativas e saber adaptar-se às diferentes situações;
  • Capacidade de Aprender: O muno está mudando rapidamente e você precisa se adaptar e aprender rápido;
  • Comunicação: O profissional saber se comunicar é ótimo, e todo o seu trabalho deve estar claramente registrado para poder ser continuado por outro profissional.

Estas são só algumas soft skills, elas variam de empresa para empresa, mas dá para você ter uma idéia de como se desenvolver para ser um excelente profissional.

Conclusão

Estas dicas são baseadas na minha experiência profissional e carreira de TI, espero que elas possam te ajudar. Queria eu ter lido este post anos atrás quando iniciei minha carreira… As coisas teriam sido bem mais fáceis.

Guarde este post, imprima estas dicas, decore, sei lá, mas releia e tente entender e assimilar cada uma delas, pois costumamos ler estes artigos de dicas e absorver só as que nos interessam e mesmo assim em pouco tempo esquecemos.

Você deve ter percebido que coloquei estas dicas em uma sequência lógica, é praticamente um passo a passo do que você deve fazer para ter uma carreira de TI bem sucedida.

Resumindo, você tem que ser um ninja especialista em uma determinada área, ser fluente em inglês, ter experiência e ter ótimas habilidades pessoais.

Parece assustador, mas Carreira de TI é diferente de outras, pois é legal, desafiadora e se você gosta do que faz consegue fazer isso se divertindo.

Boa sorte e felicidade em sua carreira!

Publicado originalmente no meu blog Diário de TI

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Demian dos Santos

Mais artigos deste autor »

Analista de Infraestrutura com MBA em Segurança, COBIT, ITIL, ISO 20000, tenho mais de onze anos de experiência em Infraestrutura, Gestão de TI , Segurança da Informação e Tecnologia de Negócios. Sendo mais direto, eu resolvo problemas de TI para que eles não afetem o negócio e busco soluções em tecnologia para o negócio gerar mais resultado.


9 Comentários

Glêdson Tavares
1

Perfeito, estou a 1 ano numa multinacional como assistente de TI, pretendo passar 5 a 7 anos aqui me qualificando e virar um especialista, para assim procurar uma melhora profissional, esse post já está entre os meus favoritos aqui.

Obrigado!

Elias
2

Adorei esse post, me motivou bastante, tenho 19 anos e estou ingressando na Areá, e estou em duvida no que fazer, vcs que possivelmente são mais experiente que eu, tem alguma dica, alem dessas citadas? para ajudar esse NOVATO…rsrsrs

Emanuel Blutsa
3

Prezado Demiam dos Santos,
Em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo seu artigo dizer que é excelentissimo matérial ,é muito gratificante saber que ainda existem profissionais que estão dispostos a partilhar os seus conhecimentos ao longo de sua trajéctoria no mercado de T.I.
Trabalho como T.I á 5 anos e digo que ainda existem imensas duvidas ainda por serem esclarecidas, , por esse uma carreira, com um mercado bastante dinamico obriga-nos a cada diz nos reveintar ,dizer que este post ajudou esclarecer imensas duvidas, por esse motivo pretendo addicionalo ao meu networking, por favor indique-me um dos vossos contactos , se for possivel.

Abraços

ANDERSON
4

Muito Bom Mesmo!

Estou FAZENDO MEU, 2° Período em GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
estou gostando muito… Gostando definir Algumas áreas que vou Fazer. SISTEMA DA INFORMAÇÃO, SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E ANALISTA DE SUPORTE E REDES.

Juliana
5

òtimo texto. é exatamente como me sinto e muitas dos questionamentos que tenho.Apesar de amar TI, projetos e segurança vejo, percebo que as empresa exigem mais do profissional mas não estão disposta a investir ou pagar salários adequados, princialmente sendo mulher.

Luiz Gustavo
6

Certamente, foi um dos melhores artigos que eu li no PTI.
Compartilhar o conhecimento/experiência profissional é sempre bem vindo.

Obrigado Demian!

Altair
7

Ótimo tópico !
Pra vcs que trabalham com ti, estou iniciando em um escritório pequeno pra dar assistência na área de TI, e é o seguinte:
Tenho 21 anos, praticamente cru na área, não que eu não saiba nada mas não me considero “entendedor do assunto”. Sou só eu na area aqui, então não tenho pra quem chorar a não ser o google. Vou começar na faculdade de ciências da computação em 2018, tenho apenas técnico informatica não concluído e mais algumas coisas por curiosidade.
RESUMINDO
To com desafio grande na mão de reestruturação de servidor e inovações pro escritório e estou ME CAGANDO de medo! Entusiasmado, mas com medo. Quando começaram também se sentiram assim ou to na área errada?

Luis Marcos Leite
8

Parabéns pelo artigo. São boas dicas. Se me permitem, aproveito a oportunidade para sugerir ao jovem Elias que pretende ingressar na carreira de “Carinha da TI” (brincadeirinha…rs) e aos demais que estão em dúvida em que sub-área ingressar, que leia a série de artigos “Profissionais TI” para puder conhecer melhor cada curso/profissão e quem sabe definir. Segue o link : http://ogestor.eti.br/category/tecnologia-da-informacao/profissionais-ti/

Luis Fernando
9

Parabéns pelo post, atualmente estou desempregado, mas tenho bastante bagagem, trabalhei em uma multinacional como Analista de Suporte, em um provedor de internet e na Prefeitura como Operador de Sistemas, quando fiquei desempregado pensei em mudar de área, mas vi que tinha que melhorar meus conhecimentos e outras habilidades, gosto muito da área web, mas atuo praticamente em qualquer outra se necessário, gostaria que você me desse algumas dicas para entrar no mercado de trabalho novamente.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">