As 3 competências “Soft Skills” do Gerente de Projetos bem-sucedido

Existem diversas características profissionais consideradas essenciais para um Gerente de Projetos, como: entender de tecnologia, engenharia, construção, mídias digitais, saber lidar com pessoas, suportar pressão, gerenciar riscos e prazos apertados, etc. No entanto, algumas competências são mais importantes que outras, tornando-se um diferencial para o profissional que gerencia projetos.

E, por este motivo, este artigo aborda sobre as habilidades humanas, também conhecidas como “Soft Skills”.

carreira-vencedores-profissionais

As atuais competências desenvolvidas pelos gerentes de projetos

A competência do gerente de projetos está no equilíbrio entre o conhecimento, habilidade e atitude. Assim, um gerente de projetos deve desenvolver uma estrutura conceitual e prática capaz de direcionar seu comportamento. Sabemos que, além das competências intelectuais, nos gestores de sucesso em todos os tipos de projetos há elevado nível de desenvolvimento de competências gerenciais, principalmente o pensamento crítico; e, competências emocionais, destacando-se a influência, a motivação e a consciência. 

Quais são as principais competências requeridas para um gerente de projetos?

  1. Competências Intelectuais: Análise crítica e julgamento, visão e imaginação, perspectiva estratégica;
  2. Competências Gerenciais: Gestão de recursos, envolvimento e comunicação, empowering, desenvolvimento;
  3. Competências Emocionais: Autoconhecimento, resiliência, intuição, sensibilidade interpessoal, influência, motivação, consciência.

As características pessoais do gerente de projetos são consideradas como competências sociais subjacentes ao desempenho de gerentes de projetos. Conforme apresentado na tabela abaixo, tais competências integram dimensões que devem ser gerenciadas em qualquer tipo de projeto:

tabela-competencias-gerente-projetos

Além das competências intelectuais e gerenciais, o gerente de projetos deve ter autoconhecimento, bom relacionamento pessoal, resiliência, intuição, sensibilidade interpessoal, capacidade de influenciar pessoas, ser motivado, saber gerir conflitos e mudanças, trabalhar em equipe, ser líder inspirador e ter visão da organização como um todo.

Os gerentes de projetos influenciam positivamente o resultado do projeto quando têm desenvolvidas competências comportamentais, gerenciais e emocionais. 

Em relação às competências comportamentais, os valores éticos; a abertura e a confiabilidade são consideradas as mais relevantes.

Atentando para competências gerenciais, a promoção da melhoria contínua, as relações interpessoais e trabalho em equipe foram identificados em gerentes de projetos bem-sucedidos assim como a preocupação com a liderança de pessoas é uma competência gerencial frequentemente adotada por estes gerentes de projetos.

Referindo-se às competências emocionais, os gerentes de projetos bem-sucedidos exibem altos níveis de autoconsciência. Percebe-se que competências e habilidades interpessoais são fundamentais ao gerente de projetos, tendo em vista as inúmeras relações às quais o profissional está exposto.

As atitudes, os reflexos de nossos valores e as nossas crenças fazem diferença na ação gerencial, tais como:

  • Sensibilidade interpessoal;
  • Energia e iniciativa para resolver problemas;
  • Disponibilidade para ouvir e para receber feedback (de pares, liderados e líderes);
  • Interesse, curiosidade e criatividade;
  • Tenacidade e persistência;
  • Flexibilidade, adaptabilidade;
  • Demonstração de atitude aberta e receptiva às inovações;
  • Postura positiva que demonstre dinamismo;
  • Integridade e bom senso no trato com as pessoas;
  • Partilha do sucesso com a equipe de trabalho, com o reconhecimento público das contribuições;
  • Honestidade e ética nos negócios;
  • Compromisso com resultados;
  • Orientação para metas;
  • Automotivação, autocontrole e busca permanente de desenvolvimento.

Conclusão

Diante do cenário exposto, podemos considerar que o desenvolvimento de competências humanas (Soft Skills) é essencial não só ao gerente de projetos, mas para quaisquer outros profissionais em qualquer área de atuação.

E pra finalizar, lembre-se:

“Juntos chegamos mais longe e ninguém alcança o êxito sozinho”

Se você gostou do texto, compartilhe para que para que atinja outras pessoas. Se tem algum complementou ou dúvida, fique a vontade para deixar seu comentário abaixo. E lembre-se: eu ofereço um curso completo sobre gestão de projetos e preparatório PMP/CAPM no Site Campus, onde trato sobre softskills e muito mais. Confira!

Flávio Costa

Mais artigos deste autor »

Especialista em projetos de tecnologias com mais de 20 anos de experiência desde desenvolvimento de software, gestão de portfólios, programas e projetos, construção e formação de equipes de auto desempenho e transformação ágil.

Possuo mais de 30 certificações internacionais como especialista em gestão de projetos tradicionais, gestão de produtos, abordagens ágeis e negociação de diversas instituições renomadas como: Axelos, Project Management Institute (PMI), Scrum.Org e ScrumAlliance.

Responsável por liderar times na implantação de grandes projetos nos segmentos de comércio, varejo, engenharia, segurança pública e estatísticas geográficas sempre com foco no relacionamento interpessoal, gestão de mudança com alto valor estratégico.

Responsável também por liderar diversas iniciativas ágeis, desde preparação de produtos, construção de times e evangelização cultural ágil.

Possuo fortes habilidades softskills para negociação e influência que me permite atingir altos resultados e superar expectativas que não seriam possíveis sem o engajamento adequado do envolvidos de forma direta ou indireta quanto aos resultados dos projetos.

Atualmente sou Mentor pelo Project Management Institute (PMI) em gerenciamento de projetos e Mentor de negócios junto ao instituto Semear com o programa pontapé empreendedor que tem como propósito auxiliar jovens durante a construção de seus projetos, ajudando-os a dar os primeiros passos rumo a se tornar um negócio social, ong, empreendimento ou startup.

Competências complementares: Liderança e formação de equipes, técnicas de negociação, gestão de mudança transformacional, construção e manutenção de PMO tradicional, facilidor em transformação organização ágil (Business Agility) com utilização e experimentação de diversas abordagens ágeis como: Scrum, Kanban, eXtreme Programing (XP) e Feature Driven-Development (FDD).

Canal do Telegram:
. https://t.me/flaviocostaoficial

Podcast com dicas de carreira
. https://linktr.ee/PodcastdoFlavio


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">